11/01/16

HarperCollins Brasil lança ‘Mil Pedaços de Você’, primeiro livro da trilogia Firebird

 
‘Mil Pedaços de Você’: uma história eletrizante sobre a busca pela verdade, na qual o amor é o maior mistério de todos.
 

Uma garota parte em busca do assassino do pai em uma viagem por outras dimensões. “Mil Pedaços de Você” é uma incrível história de ficção cientifica, com pitadas de romance e alta dose de aventura. Primeira parte da trilogia Firebird, o livro tem a assinatura da consagrada Claudia Gray e chega ao Brasil pelo Agir Now, selo voltado para jovens adultos da editora HarperCollins Brasil. A trama leva o leitor a passeios por universos paralelos, em situações vividas por personagens recheados de fragilidades, tornando a leitura um misto de torcida, reflexão, além de muita surpresa a cada página. Segundo a crítica do site americano Booklist, “a autora equilibra ação eletrizante com romance apaixonado ao levar o leitor para uma conclusão chocante, que o deixará ansioso pela continuação”. A grande pergunta no contexto da obra é: entre todas as infinitas possibilidades do universo, o amor pode ser aquilo que perdura? O segundo livro da série tem previsão de chegar ao Brasil ainda em 2016.

Na história, Marguerite Caine cresceu cercada por teorias científicas revolucionárias criadas por seus pais, dois físicos de renome internacional. A maior obra dos dois é o Firebird, um aparelho que permite que pessoas viajem para dimensões paralelas usando versões de si mesmas em outros mundos, o que promete mudar o rumo da ciência para sempre. Mas quando o pai de Marguerite é assassinado e o principal suspeito é o pupilo do casal, o lindo e enigmático Paul, ela se vê em meio a uma caçada pelo homem que acabou com sua família. Marguerite não sabe se é capaz de matar, mas para vingar a morte de seu pai, está disposta a descobrir. 

Com a ajuda de outro estudante de física, o divertido Theo, Marguerite se apossa de uma versão anterior do dispositivo e começa uma busca implacável por Paul. A cada nova dimensão, porém, ela encontra novas pistas sobre a morte do pai e começa a se questionar sobre o que acreditava. Em uma procura frenética, ela sempre encontra outra versão sua em vidas completamente diferentes como: uma grã-duquesa na Rússia czarista; uma órfã baladeira em uma Londres futurista; uma refugiada em uma estação no meio do oceano. Mas também encontra Paul e, a cada vez em que o vê, suas certezas sobre a culpa dele diminuem.

Título escolhido pelos brasileiros
Antes da publicação no Brasil, a editora deixou para os leitores a missão de escolher, entre três opções, o título em português para a obra. Em seis dias, a campanha de votação do melhor nome para o livro alcançou cerca de 20 mil pessoas, e rendeu mais de 800 curtidas, além de compartilhamentos nas redes sociais da Agir Now. Sob o título vencedor “Mil pedaços de você”, a história da garota que persegue o assassino de seu pai por múltiplas dimensões promete conquistar os fãs brasileiros.

SOBRE A AUTORA:

Claudia Gray é o pseudônimo da escritora de Nova Orleans Amy Vincent. Ela trabalhou como advogada, jornalista, DJ e garçonete antes de virar escritora em tempo integral. A autora começou a carreira com a série Noite Eterna, pela qual ganhou o título de bestseller author do New York Times.

FICHA TÉCNICA: 
MIL PEDAÇOS DE VOCÊ (SÉRIE FIREBIRD) 
ISBN: 9788569809098
Número de páginas: 288 
Preço de capa: R$29,90 
Preço eBook: R$ 19,90

08/01/16

Vem aí: "Nunca Jamais" - o novo livro de Colleen Hoover em parceria com Tarryn Fisher


Os fãs de Colleen Hoover já podem começar a roer unhas e sonhar com mais um livro repleto de fortes emoções porque em fevereiro tem lançamento chegando nas livrarias em parceria com Tarryn Fisher.
A editora Galera Record divulgou em suas redes sociais a capa do livro "Nunca Jamais". 

Colleen Hoover já é conhecida por grandes sucessos como "Métrica", "Um caso perdido" e o mais recente "O Lado Feio do Amor". 

Eu AMO essa mulher e já li praticamente quase todos os livros lançados aqui no Brasil. Estou muito ansiosa por esse próximo lançamento e tenho certeza que não sou a única que está contando os dias para esse grande dia.

Dá só uma olhadinha na capa e sinopse.


Charlize Wynwood e Silas Nash são melhores amigos desde pequenos. Mas, agora, são completos estranhos. O primeiro beijo, a primeira briga, o momento em que se apaixonaram... Toda recordação desapareceu. E nenhum dos dois tem ideia do que aconteceu e em quem podem confiar.
Charlize e Silas precisam trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu com eles e o porquê. Mas, quanto mais eles aprendem sobre quem eram, mais questionam o motivo pelo qual se juntaram no passado.
 

E aí, curtiu? Já leu algum livro da autora? Qual é o seu favorito? Conta pra gente!

06/01/16

Olhos Vendados promete surpreender fãs de livros policiais


Conhecida em todo o mundo por apreciadores de suspense e mistério, Faye Kellerman estreia no país pela HarperCollins Brasil
Autora de 26 livros - a maioria na lista dos mais vendidos do jornal The New York Times - Faye Kellerman chega às livrarias brasileiras pela primeira vez com o aclamado Olhos Vendados. Com os personagens que a tornaram um sucesso mundial, o detetive de homicídios Peter Decker e sua esposa, Rina Lazarus, a autora apresenta uma nova trama na categoria que vem crescendo no Brasil. Repleta de mistério, a publicação tem sido amplamente elogiada pela crítica especializada internacional. O jornal Washington Post define a obra como “uma maravilhosa companhia por várias horas”. Já para o Publishers Weekly, “Kellerman conecta com habilidade investigações criminais, fazendo a trama se mover naturalmente, sempre cheia de suspeitos”.

Com ação e suspense de tirar o fôlego a cada nova página, a obra traz a nova missão de Decker: desvendar um crime no rancho Coyote. Tudo tem início quando o detetive de homicídios é acordado às 3h da manhã, o que raramente não acontece, a não ser que o caso seja feio ou excêntrico – ou ambos, como este parece ser. Trata-se de um crime na propriedade do programador bilionário Guy Kaffey. Ele foi assassinado cruelmente junto com a esposa e mais quatro funcionários. Quando se dá conta que sua mulher, Rina Lazarus, pode ter uma pista crucial para a investigação, Decker percebe que muito mais pode estar em jogo.

Faye Kellerman faz parte do catálogo de autores globais da HarperCollins Publishers e tem livros traduzidos para diversos países, como Hungria, Espanha e Polônia, além dos Estados Unidos. As histórias do casal Peter Decker e Rina Lazarus podem ser lidas de forma independente, pois a cada livro um novo caso é desvendado. E a autora estreante no Brasil já chega com novidades. Mais um thriller está à caminho: seu próximo livro será lançado ainda em 2016.

FICHA TÉCNICA: 
Páginas: 368 
Preço sugerido para livro físico: R$39,90 
Preço sugerido para livro digital: R$29,90

SOBRE A AUTORA: 
 
Faye Kellerman é graduada em matemática e odontologia pela UCLA. Seu primeiro trabalho como autora, The Ritual Bath, de 1986 foi logo aclamado pela crítica e apresenta o casal Peter Decker e Rina Lazarus que, segundo a People Magazine, formam o melhor casal de histórias de mistério. Em seu tempo livre, gosta de cuidar do jardim, costurar e correr – se as costas não incomodarem muito. Ela tem quatro filhos e vive entre Los Angeles e Santa Fé com o marido, Jonathan.

04/01/16

Eu sumi, eu sei! Mas agora estou de volta e pra ficar!


Oi geeente!!!
Quanto tempo, hein! Saudade master de vocês!


Vocês devem estar se perguntando por onde andei e o que posso dizer é que estive ausente por motivos de doença. Bem, não sei se estou preparada para falar a respeito, mas confesso que vou pelo menos tentar. 

O ano de 2015 foi um ano bem difícil, mas punk mesmo foi o que me ocorreu por volta de agosto até meados de setembro. Só duas pessoas souberam do ocorrido: minha miga Mari e meu fofolete Erick, duas pessoas que moram no meu coração a muito tempo. Conheci os dois através do blog e até hoje mantemos contato (ainda que eu suma sem dar notícias - desculpa aí, eu sei que vocês compreendem!) Mas o negócio é o seguinte: falar sobre o que sinto nunca foi tão difícil. De uns tempos pra cá eu passei por traumas irreparáveis que só me fizeram ficar ainda mais deprimida, neurótica e estressada, como se isso fosse possível, já que eu não conheço pessoa mais estressada que eu. Mas até aí tudo bem, certas coisas a gente vai levando do jeito que dá. O problema é que dessa vez está sendo muito difícil encarar de frente os problemas e principalmente, a frustração de um plano interrompido.

Quem me conhece sabe que sou extremamente metódica e perfeccionista e que não faço absolutamente nada sem planejar. Tudo na minha vida é meticulosamente calculado, mas não pensem que foi sempre assim. Antigamente, digo isso lembrando da época da adolescência e do início da fase adulta eu não planejava nada. Era tudo no "supetão" mesmo, sabe. Mas desde que passei a sofrer com a síndrome do pânico e o transtorno compulsivo de ansiedade as coisas mudaram e muito. Passei por um longo período de crises que devoravam toda a minha energia. Antes de levar a terapia a sério levei muito tempo me entupindo de medicações fortes e totalmente danosas ao meu organismo. 

Tudo teve início lá em 2010, um ano após eu dar início ao blog. Foi um dos períodos mais difíceis da minha vida. A medicação piorou e muito o meu quadro causando cegueira temporária e mais. Fiquei sem andar e falar por aproximadamente dois meses, ou seja, a depressão era só a ponta do iceberg.
Parece que foi ontem, mas o tempo passou e algumas coisas ainda insistem em marcar território. A depressão, por exemplo, tem sido controlada graças a terapia. Obrigada, Denise! Por ser esse anjo na minha vida!

Fazer essa retrospectiva não é nada legal, mas é preciso para justificar os meus rompantes e sumiços aleatórios. Como eu estava dizendo entre agosto e setembro do ano passado tudo desmoronou novamente. Depois de oito anos de muitas dúvidas, incertezas e questionamentos decidi me dar uma nova chance como mulher. Alguns já sabem que eu tenho um anjo em minha vida chamado SAMARA, minha filha de 9 anos, razão pelo qual agradeço a Deus todos os dias por estar viva. Depois de todos esses anos decidi ser mãe novamente e decidi não tomar mais remédio e...aconteceu. Parei de tomar remédio e após um mês certinho tive a notícia que eu seria mãe novamente. Tudo foi muito planejado, pensado, meticulosamente calculado para dar certo. Mas, dessa vez, não foi bem assim que aconteceu. 

Fiz o teste no dia 25 de julho tendo a certeza de que o resultado seria positivo e, realmente eu estava certa. Depois da confirmação era para ser um momento de festa e comemoração, mas as coisas desandaram. Após a primeira ultrassonografia o indício que de as coisas não estavam indo bem já davam sinais. Daí pra frente foi só sofrimento. Foram 22 dias perdendo sangue intensamente até o momento de um início de hemorragia. No dia 21 de setembro eu perdia meu bebê. Pensem na maior tristeza da vida de alguém. Quem já passou por isso sabe do que estou falando. Enfim, foi difícil, está sendo porque a tristeza, a solidão, a sensação de perda não passa, não tem fim.

Muitos que já passaram por situação semelhante já me disseram que o tempo irá curar essa imensa ferida que se formou dentro de mim. Eu sei. Tenho fé que Deus sabe de todas as coisas. Mas o tempo tem passado lentamente pra mim e, por isso, tenho tido tanta dificuldade para lidar com a situação.
Lembro que na virada do ano eu só agradeci a Deus, não pedi absolutamente nada. Agradeci por ainda estar aqui, ao lado da minha família, por ter a oportunidade de estar ao lado da minha filha Samara que tem sido ainda mais carinhosa do que ela já é normalmente.
Agradeço a Deus todos os dias por ter recuperado a visão, a fala, a saúde física e só peço a ele que me dê forças para recuperar a minha saúde emocional. 
Bem, depois de desabafar e falar sobre algo tão doloroso quero agradecer a todos pela paciência. Peço desculpas pelo sumiço e desejo de coração que vocês compreendam e não me abandonem.

A Cachola irá continuar porque ela é um cantinho muito importante e especial. Quero continuar compartilhando com vocês minha leituras e agora, um pouquinho sobre o meu dia-a-dia como mãe e dona de casa. Lá no Instagram eu já venho fazendo isso ainda que de maneira sutil. Além dos livros lidos quero compartilhar dicas de decoração e organização do lar. Não quero e não vou mudar o segmento do blog porque não é essa a intenção. É lógico que com essa reestruturação perderei alguns seguidores. Mas mesmo assim isso não importa. Quero falar sobre livros que verdadeiramente me interessam, ainda que eu esteja nadando contra a corrente. Isso vale pra tudo. Pra um produto de limpeza, um serviço prestado por uma empresa, entre outros assuntos que estejam diretamente ligados ao meu cotidiano.

As resenhas ainda serão o foco principal do blog, é óbvio, levando-se em consideração que o intuito do blog é falar sobre livros. Quero retomar as minhas leituras respeitando o meu tempo e meu estado emocional. Chega de cobranças absurdas. A Cachola foi e sempre será um lugar de distração, um lugar para falar daquilo que nos faz bem, daquilo que agrega. Vamos juntos iniciar um ano de muitas realizações! Quem quiser papear me segue lá no Twitter: @ZildaPeixoto 

2016 está apenas começando. Desejo sinceramente que seja um ano de muitas conquistas, renovações e sucesso. Que tenhamos boas histórias pra contar.

Até mais.

 
Me acompanhe também nas redes sociais: 
Facebook ♥ Twitter ♥ Instagram ♥ Skoob ♥ Google+

04/11/15

|Nova Parceria| José Gomes


Oi,gente!

Tudo bem com vocês? Por aqui tá uma loucura. Estou fazendo algumas mudanças na casa, colocando em ordem as coisas depois de ficar mais de um mês na casa da mamis, enfim...ando mortinha e quase sem tempo. Pretendo logo logo colocar tudo em ordem por aqui. Por enquanto, quero lhes apresentar nosso mais novo parceiro: José Gomes - autor de O Sucesso do Abandono.


Uma surpreendente história baseada em fatos reais sobre a vida do próprio autor que, aos quatro anos de idade é abandonado pela mãe num vagão de trem. Ele é levado a uma instituição de menores, no interior de São Paulo, onde vive até próximo de completar quatorze anos de idade. Depois é transferido para a FEBEM-SP, na capital. Aos dezessete começa a viver em pensões para rapazes e depois, segue sua vida sozinho. Uma história de superação pois, apesar de todas as adversidades, ele consegue se formar numa universidade pública, ter bons empregos e abrir seu próprio negócio. Uma narrativa que descreve em detalhes suas experiências vividas, com vários ingredientes: abandono, suicídio, mortes, frustrações amorosas, tristezas, alegrias e vitória de um órfão; permeada pela literatura brasileira, música e gastronomia.


Sobre o autor
José Gomes nasceu na cidade de Bom Sucesso, no interior do Paraná e reside em São Paulo. Formado em Letras pela Universidade de São Paulo, com Pós-Graduação em Economia de Empresas pela própria universidade. É microempresário.