Despensamento...

domingo, junho 19, 2011

Um canto de minha cabeça é como uma despensa. Lá guardo coisas deliciosas, prazerosas, que sempre lanço mão quando preciso. Minhas memórias são como biscoitos recheados que se destacam um do outro e relevam o cremoso chocolate do centro. Mas há aquelas lembranças tais quais produtos com validade vencida. Nos esquecemos daquela latinha de ervilha ou de atum, cujo fim não fora decidido ao longo dos meses. Abrir latas com data ultrapassada é como revirar pensamentos desagradáveis: tudo ali desperta náuseas. Importante não desperdiçar nenhuma experiência e deixar de lado coisas que ficam guardadas “no fundo do armário”, sem serventia aparente e levadas ao descaso. Ali, só vêm a ocupar desnecessariamente espaço, causando falsa impressão de opulência. Ser rico de lembranças e memórias que não acrescentam, é como ter uma despensa cheia de futilidades. As saudades são como guloseimas com as quais queremos nos fartar. A felicidade como um gostoso bolo de baunilha. Fatos corriqueiros como grãos de feijão e arroz que são despejados rotineiramente sobre as nossas mesas. A angústia, tal como o vinagre, traz seu azedume. As paixões como compotas de geléias de frutas. A criatividade como o açúcar, usado para tantos fins. O pão é como a fé, que deve estar presente diariamente. No fundo da despensa não cuidada, podem se acumular arainhas e formigas. São como preocupações pequenas, que tornam-se incômodas e vão crescendo com o tempo. Necessário se faz uma faxina vez ou outra para renovar os ares. Aliás, a criatividade não aplicada é como açúcar entregue às formigas. Quão importante é nossa despensa! Precisa ser cheia de coisas nutritivas, saudáveis, assim como nossa mente deve ser envolvida por bons pensamentos e idéias positivas. Caso contrário, só entulharemos com o imprestável. Afinal de contas, despensa é despensa, é algo que não se dispensa. Giancarlo Kind Schmid -inspirado no fragmento "Despensa" Obras escolhidas de Walter Benjamin.

Você também pode gostar

0 comentários

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto