Tudo Aquilo Que Nunca Foi Dito, de Marc Levy

terça-feira, agosto 23, 2011


“Usando sua sensibilidade natural, Marc Levy se baseia na sua própria experiência para desenvolver seus personagens e histórias” – Le Figaro





Com mais de 23 milhões de livros vendidos e traduzidos em 42 línguas, o autor francês mais lido no mundo, Marc Levy, volta a cativar os leitores em seu oitavo livro. Em Tudo Aquilo Que Nunca Foi Dito, Levy aborda a relação conflituosa entre um pai e uma filha. Poucos dias antes do seu casamento, Julia recebe um telefonema do secretário de seu pai. Como ela já tinha previsto, Anthony Walsh - empresário brilhante, mas pai distante - não poderá comparecer à cerimônia.

A ausência de seu pai em momentos importantes de sua vida da filha não é novidade para Julia. Mas pela primeira vez, a personagem tem que reconhecer que ele tem uma boa desculpa: Anthony Walsh morreu. A ironia amarga da situação, com Julia forçada a adiar o casamento para enterrar o pai, faz aquela parecer mais uma das peças pregadas pelo destino na difícil relação entre os dois. Mas, no dia seguinte ao funeral, ela descobre, na forma de um enorme pacote deixado na porta de sua casa, que aquela não tinha sido a última surpresa de seu pai – e parte na viagem mais extraordinária de sua vida, uma oportunidade para que os dois digam um ao outro, enfim, tudo aquilo que nunca foi dito.

MARC LEVY nasceu em 16 de outubro de 1961, na França. Aos 18 anos, entrou para a Cruz Vermelha, onde passou seis anos. Paralelamente, estudou administração e computação na Université Paris-Dauphine. Em 1983, criou uma empresa de computação gráfica. Aos 29 anos, perdeu o controle acionário da companhia, saiu do ramo e recomeçou do zero, fundando uma companhia de design de interiores, que se tornaria um dos maiores escritórios de arquitetura da França. Aos 37 anos, teve a ideia de uma história, com o intuito único de que seu filho a lesse quando chegasse à idade adulta. Descoberta por uma editora francesa, a história, E Se Fosse Verdade?, foi publicada, se tornou um grande sucesso e foi adaptada para o cinema, em filme estrelado por Reese Witherspoon e Mark Ruffalo. A partir daí, decidiu virar escritor em tempo integral.

Para quem é fã dele não pode perder: Levy vai estar na Bienal, dia 11 de setembro, às 15h30.

Você também pode gostar

0 comentários

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto