Não sei ler...

terça-feira, outubro 04, 2011
































Toda a gente conhecia o velho Emídio. Carregava sacas cheias de livros de feira em feira. Derramava-os no chão e apregoava histórias belíssimas, novelas e romances deleitosos, a emoção ao virar de cada página. Uma rapariga aproximou-se e perguntou se ele lhe podia aconselhar um livro. Queria uma história arrebatadora que lhe apressasse o coração. O velho disse-lhe baixinho: A menina quer uma história comovente? Então aqui a tem uma: Não sei ler nenhum destes livros.

Você também pode gostar

6 comentários

  1. Que lindo Zilda!
    Fiquei encantada com esse conto! Mostrei ele até para minha mãe! es

    Beijão
    http://manialiteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Zilda!

    realamente ele deu algo comovente!

    Bjs ^^
    Ensaios de uma Leitura

    ResponderExcluir
  3. Que coisa comovente!! E triste ao mesmo tempo, as palavras significam tanto pra mim que é difícil pensar em alguém que viva sem elas.

    Gabi

    ResponderExcluir
  4. Ual, isso que é uma resposta chocante... Belo post!!!
    Att.,
    Luks

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto