[Resenha] As Bem Resolvidas(?) Quem manda aqui sou eu! - Luis Eduardo Matta

segunda-feira, fevereiro 27, 2012

Olá,caros leitores!
Apresento-lhes a resenha de As Bem Resolvidas(?) Quem manda aqui sou eu!, de Luis Eduardo Matta publicado pela editora Vermelho Marinho. Espero que curtam!
Vamos à resenha!



Sinopse: Chris, Alê e Isa são bonitas, ricas e populares, além de amigas inseparáveis. Vivem a vida que todas gostariam de ter: estudam na melhor escola da cidade, frequentam lugares badalados e vestem as mais desejadas roupas. Tudo parece perfeito. Isa conhece Rogério, o novato da escola, e logo se encanta por ele. Alê só tem olhos para PH, seu namorado sem noção, e Chris, coitada, é colocada no meio de toda essa confusão. Para complicar tudo, Bu Campello, a patricinha mais implicante do mundo, não medirá esforços para sabotar a vida social das “amigas”. De confusões com namorados a festas sofisticadas e bailes funks, acompanhe a rotina dessas garotas incríveis que fazem de tudo para conseguir o que querem. Mas será que elas sempre conseguem? Se delicie com essa divertida história cheia de intrigas, dramas, vinganças, romances, inveja, conquistas e claro, muita badalação. E aí, preparada para entrar no mundo das bem resolvidas?

Título: As Bem Resolvidas (?) – Quem Manda Aqui Sou Eu
Autor: Luis Eduardo Matta 
Editora: Vermelho Marinho
Adicione no SKOOB
Mais informações sobre o autor, acesse o seu site
Acompanhe As Bem Resolvidas(?) nas redes sociais:
Onde comprar: 






Avaliação: 




 
Primeiramente, preciso narrar como conheci o livro de Luis Eduardo Matta. Como de costume,ao visitar blogs amigos me deparei com uma resenha do livro em questão. A capa e o título da obra me fascinaram de imediato. Logo, a sinopse e a resenha despertaram-me um enorme interesse em conhecer o livro de Luis Eduardo Matta. Imediatamente, entrei em contato com o autor solicitando parceria. Para minha felicidade, Luis respondera cordialmente que aceitaria selar parceria com a Cachola Literária. Enfim, estou muito feliz de compartilhar com vocês mais uma resenha de um livro nacional maravilhoso.

As Bem Resolvidas (?) Quem manda aqui sou eu! é um livro que aborda temas sérios como o bullying e tão corriqueiros como a insolência e prepotência de jovens de classe média e alta,ou simplesmente conhecidas nas estatísticas como classes A e B. Infelizmente, tais modelos retratados no livro de Luis Eduardo são muito comuns na sociedade em que vivemos, onde o desigual é tratado de forma tão banalizada. Filosofias à parte vamos adentrar na narrativa.

Inicialmente, somos apresentados a três adolescentes da ilustre sociedade carioca, são elas: Christianne de Bettencourt, Alessandra Penteado e Isabel Nogueira, mais conhecidas como Chris, Alê e Isa. Notem que, é imprescindível o destaque aos seus sobrenomes porque ninguém na alta sociedade é considerado "alguém" sem um sobrenome. Chris,Alê e Isa são o retrato bem definido do esteriótipo de garotas bem resolvidas. Elas frequentavam as melhores festas, vestem as melhores grifes e possuem muito dinheiro.Apesar de todo esse glamour aparente, nem tudo é tão perfeito quanto parece.

Chris é a mais segura das amigas, pelo menos é o que ela tentava demonstrar, não somente para as amigas mas para todos que a rodeavam. Alê é filha de Ione Penteado, editora da renomada revista de moda Dona. Alê era a que mais fazia sucesso com os rapazes, mas não podia usufruir dessa vantagem, pois ela namorava com Pedro Henrique Ambrósio, ou simplesmente PH.
PH era um rapaz totalmente sem noção, muito ciumento e que fazia de tudo para importunar Alê com seus ridículos ataques de ciúmes. O namoro de Alê e PH era muito instável e sustentava-se entre muitas idas e vindas, alguns momentos de paz e constantes desentendimentos. Fato que já era costumeiro, já que ambos atavam e desatavam o namoro frequentemente.

Isabel Nogueira,ou simplesmente Isa era a mais tímida do grupo. Vestia-se com muita discrição e sonhava com um príncipe encantado. Apesar do sonho infantil que alimentava Isa não era o tipo de garota boba e inocente que encontramos em outras narrativas, até porque Isa fazia parte do grupo das Bem Resolvidas(?) pelo menos é o que aparentava ser.
A narrativa é muito bem elaborada nos apresentando pontos referenciais sobre o cotidiano de jovens cariocas ricos e indiscutivelmente bem relacionados.Entre muitas taças de champagnhe e cardápios condizentes ao núcleo em que vivem.

Chris,Alê e Isa estudavam na Escola Internacional e voltavam das férias receosas pelo que as esperavam. Teriam que conviver mais um ano letivo com a desagradável presença de Bruna Matilde Campello da Silva,ou melhor para toda sociedade carioca,apenas Bu Campello. Ela não era rica de berço,eis um fato importante para que, ela não usasse o sobrenome Silva. Pois sabemos o quão é vergonhoso ter esse sobrenome no meio em que Bu Campello vivia.Imagina se uma jovem rica e influente carregaria um sobrenome que para ela denotava pobreza. Mesmo camuflando um de seus sobrenomes, Bu Campello era uma garota desprezível e inescrupulosa. Ela fazia parte do Bonde das Mocreias, assim chamado por Chris,Alê e Isa.

Imagino que muitos hesitariam em ler o livro por achar que se trata de mais um livro Chick-Lit onde três garotas tentam se afirmar, utilizando-se de sua influência e dinheiro para preencher seus dias com coisas torpes e sem sentido.Ou simplesmente,o assemelhariam à uma versão brasileira de Gossip Girl.Definitivamente, não se trata nem de uma coisa nem de outra. As Bem Resolvidas(?) é um livro que narra muitas questões que fazem parte do nosso cotidiano.Ainda que, não sejamos protagonistas dessa vida tão fácil e glamourosa, cada um de nós já leu ou assistiu algum caso onde adolescentes ricas ditam regras estapafúrdias e que desrespeitam qualquer indivíduo que não faça parte do seu núcleo social.

Com uma linguagem simples,atual e intimista, As Bem Resolvidas(?) aproxima o leitor de um mundo em que a aparência fala mais alto, onde o dinheiro dita as regras e quem normalmente, manda ou pelo menos tem mais destaque é aquele que está disposto a fazer tudo sem se preocupar com sua moralidade.
Talvez, alguns se enganem em julgar o livro pela capa considerando-o apenas um livro para menininhas. Não se enganem!Repito novamente!

O autor insere na narrativa cenários lindíssimos como a Lagoa Rodrigues de Freitas. Podemos identificá-la na belíssima capa do livro. O autor também faz referências a badaladas ruas da Zona Sul da cidade, como os bairros do Leblon,Ipanema,Gávea, etc.
A narrativa é muito envolvente e faz com que não nos desgrudemos do livro por um só minuto.A leitura é prazerosa e flui naturalmente. Todos os momentos vivenciados por Chris,Alê e Isa que se digladiam constantemente com a inescrupulosa Bu Campello são extasiantes.
Luis Eduardo Matta soube escrever uma ótima estória onde amor e ódio se misturam. Sentimos vontade de retribuir cada perversidade que Bu Campello protagoniza. Os sentimentos de raiva,ciúme,inveja são conflitantes e dão um toque primoroso à narrativa.

São muitos os pontos positivos a destacar: o livro possui uma diagramação perfeita, desde a capa até a divisão dos capítulos,onde a imagem de um sapato alto é a representação que os divide. No decorrer de toda a leitura, pude notar apenas uma única falha,onde o pronome oblíquo lhe fora repetido por duas vezes. Porém, não fora impedimento para que o parágrafo fosse compreendido.
O livro é narrado em 1ª e 3ª pessoa, intercalando-se nas vozes dos personagens centrais. A estória insere temas recorrentes ao nosso cotidiano, como: o bullying, a ética nas instituições escolares, a inversão dos valores morais,a estrutura familiar e sua respectiva desfragmentação.

Em suma, recomendo a leitura de As Bem Resolvidas(?) Quem manda aqui sou eu! para todos que apreciam um bom livro que mescla humor e leve suspense ao mesmo tempo. As Bem Resolvidas(?) é o primeiro volume de uma série. Em seguida,conheceremos As Bem Resolvidas(?) Amiga não fura olho. No final do livro, o autor expõe algumas perguntas que só serão respondidas após o lançamento do próximo livro da série.Tais perguntas, só nos deixam ainda mais ansiosos pela continuação da narrativa.

Gostaria de agradecer ao autor pela possibilidade de ler e resenhar um livro tão bem elaborado.Todos os dias ratifico a importância da leitura de livros nacionais e me surpreendi com o talento de Luis Eduardo Matta. Sinto-me agraciada por ter a oportunidade de ler e resenhar livros de altíssima qualidade. Tenho um imenso prazer de divulgar e incentivar a leitura de bons livros, especialmente se forem nacionais. Que vocês possam apreciar e se divertir com As Bem Resolvidas(?) Quem manda aqui sou eu!.Aguardamos ansiosamente por "Amiga não fura olho" que tem previsão de lançamento para o mês de março ou abril.

E aí pessoal! O que acharam?
Deixem seus comentários!
Bjs!!!
 

Você também pode gostar

29 comentários

  1. Confesso que nunca ouvi falar nem na obra nem no autor..
    Mas parece ser bem legal, principalmente para mulheres.
    Nao faz meu tipo de leitura..
    Parabéns pela resenha!

    Abraço
    papos literários
    http://paposliterarios.blogspot.com/ 

    ResponderExcluir
  2. Oii Zilda *-*
    Já li uma resenha desse livro antes falando super bem dele...
    Quero ler :D
    A capa é liiiiiinda, o titulo tb e a sinopse entao, nem se fala (fiquei curiosa -.-)
    Lembrou mesmo Gossip Girl, rs (as aparencias enganam ne?! ;P)Adorei a resenha.
    Beijos, Lara E.
    http://naspaginasdeumlivro.blogspot.com/ 

    ResponderExcluir
  3. Oi Zilda! Eu não conhecia esse livro mas pela sua resenha parece ser um livro muito bom até pq vc falou que trata de temas vividos em nosso cotidiano.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Zilda!
    O livro parece interessante, com um tema bem atual. A discussão da ética,  valores morais e estrutura familiar (ou a falta disso tudo) é importante e oportuna, espero que o livro traga uma boa mensagem a esse respeito. Beijos...Elis.

    ResponderExcluir
  5. Oi Zilda! Se não me engano, acho que não é a primeira vez que eu vejo esse livro na blogsfera. Lembro vagamente no título. Mas o livro parece ser muito interessante mesmo! 


    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  6. Oi Amiga!
    Como sempre, você fez uma bela resenha!
    A capa deste livro me chama muita atenção e achei muito interessante o livro, parece ser ótimo!

    Bjinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pela resenha, Zilda. Ficou muito boa, mais uma vez! O livro me dá uma vaga lembrança do filme "As Malvadas", não sei se é só impressão, mas achei parecido. Teve uma frase em sua resenha que gostei:  "Apesar de todo esse glamour aparente, nem tudo é tão perfeito quanto parece."  A vida é assim em toda a sociedade. Muitas vezes criamos "mascaras" (como o texto do Kleberson) para ocultarmos aquilo que está passando conosco. Não queremos demonstrar que há algo errado conosco. Preferimos "sofrer" a parecermos fracos, segundo a sociedade. Parece um ótimo livro. Não o conhecia ainda. Realmente a literatura brasileira precisa ser melhor valorizada por nós, brasileiros (igual ao post no Entre Páginas de Livros). Quanto a seguinte frase, que se encontra em sua resenha, também tenho um comentário a fazer: "Talvez, alguns se enganem em julgar o livro pela capa considerando-o apenas um livro para menininhas. Não se enganem!Repito novamente!" Há muito preconceito por parte de muitos leitores quanto ao livro ser só para mulher ou só para homem. Eu tinha este preconceito. Mas no momento em que criei o blog e vi como realmente funcionava a questão do tipo de leitura, aprendi (e acho que todos os blogueiros aprendem) que temos de ler de tudo um pouco. Em tudo o que lemos aprendemos algo novo. Se um homem ler um livro que é, dito, para mulheres, ele vai acabar aprendendo algo. Há livros "para mulheres" que são escritos por homens. Eaí? Hoje vejo como meu pensamento era errado e gostaria que todos os leitores pudessem rever sua opinião quanto à isso.

    Mateus Noremberg - Livros Preciosos

    ResponderExcluir
  8. Amigaaa
    Aiii coisa boa ler a sua resenha...hehehe, Já que influenciei um pouco nesta escolha.
    realmente o livro destaca muitos pontos do cotidiano, prinicpalmente nas rodinhas adolescentes da alta sociedade. Que bom que gostou, eu também gostei e não vejo a hora de ter minhas perguntas respondidas neste segundo volume da serie... Só nos resta aguardar..
    Ahh, e ele é lindo né.... FATO, bem feminino.
    Saudade imensa de você querida..

    Beijaçoooo

    Tela

    ResponderExcluir
  9. Resenha excelente, detalhada! :) Adoro tuas resenhas hihi confesso que quando li a sinopse achei exatamente que o livro fosse sobre menininhas, mas a sua resenha me disse o contrário! bem interessante, hein (: só a capa que achei clichê '-' mas é isso, Cachola Literária sempre fantástico *-* beijão

    ResponderExcluir
  10. Zilda que resenha maravilhosa!
    Não conhecia o livro, mas já coloquei ele na minha listinha.
    Fiquei com muita vontade de ler.

    BjO

    http://the-sook.blogspot.com/ 

    ResponderExcluir
  11. show de resenha! bem detalhada, mas sem spoilers.
    não sei se o livro faz mto o meu tipo, mas para o gênero sem dúvida é interessante! bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi, que legal!

    O autor tambem mandou o livro para mim, mas ainda nao li.
    Realmente a capa é muito linda e a história parece ser otima!

    André Luizwww.viajandonoslivros.com

    ResponderExcluir
  13. territoriodascompradorasdelivr27 de fevereiro de 2012 21:09

    Oi amiga, gostei demais da resenha e de sua história com o livro!
    Eu já tinha visto o livro e não tinha me enteressado muito, mas adorei os temas que ele aborda, professoras gostam sabe?kkkk
    Mais um ponto pros autores nacionais né?


    Território das
    garotas         


    @territoriodg


    Bjss *-*           
     

    ResponderExcluir
  14. Oi amiga,
    Sua resenha ficou grandinha mesmo rs, nossa amiga já me vi ai em uma personagem rs, bem que você me disse hein.
    Nossa realmente olhado bem rápido parece aqueles livros comuns, mas pelo que li na sua resenha não é.
    Se trata de um livro até que emocionante e bem diferente, a não vejo a hora de ler, já vou colocar na minha lista hein, amei sua resenha, como sempre está de parabéns.
    Ah concordo com você no incentivo de leitura de livros nacionais tem uns ótimos mesmo.
    Beijos de sua amiga que te adora muito.
    http://marifriend.blogspot.com@Storiesandadvic 

    ResponderExcluir
  15. Amoreeee, que resenha é essa?? Posso falar um palavrão??
    Eu já tinha visto a capa e a sinopse desse livro, e já estava de olho grande nele, mas agora com essa resenha, jesuisssss!! Eu quero já!!!!

    Parabéns, não me canso nunca de ler o que você escreve!!!

    Bjkas

    ResponderExcluir
  16. Oi flor, adorei a resenha, o livro parece bem interessante =D.

    ResponderExcluir
  17. Este livro será minha próxima leitura, se eu já estava ansiosa para lê-lo, agora com a sua resenha a ansiedade aumentou ainda mais. Pelas resenhas que venho acompanhado do livro, como você bem colocou, não deve ser um livro fútil, mas sim que tem a intenção de mostrar algo maior.
    Parabéns pela resenha flor!Bjs
    Daiane
    nouniversodaliteratura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi Zilda!
    Não conhecia o livro, mas me pareceu ser bem divertido! Outra coisa que me atraiu é que o "cenário" do livro é o Rio. É bom ver livros nacionais em que as histórias realmente se passam por aqui.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  19. Menina, esse livro me parece ser muito bacana!  achei a resenha emocionante e está na minha lista de 2012! Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  20. Oi Zilda tudo bem?
    Primeiramente parabéns pela resenha, mesmo, descreveu com clareza os pontos fortes do livros e deixando sua opinião, um texto muito bem elaborado. Gostei mesmo!
    Eu gosto de autores brasileiros, também gosto de assuntos que envolvem a sociedade, porém não sei se conseguiria ler, geralmente esse tipo de protagonista me irrita rsrsrsrs
    Mas ele não foi descartado =D pois sua resenha deixou uma grande expectativa!

    Beijos até mais^^
    http://www.natocacomacoruja.com/ 

    ResponderExcluir
  21. Adorei a resenha flor!! Desculpe eu sumi um pouco daqui né rsrs mas agora volteiiii! e como sempre suas resenhas são ótimas! 

    beijão s2

    ResponderExcluir
  22. GabrielaLaganowskiReis28 de fevereiro de 2012 18:31

    Excelente resenha, mas não é o tipo de livro que eu goste ou leria... Acho que para pessoas mais novas seja mais indicado!

    ResponderExcluir
  23. A sinopse do livro já havia chamado a minha atenção, e a sua resenha só fez aumentar a minha curiosidade
    *bye*
    loucaporromances.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Já havia ouvido falar desse livro. Sou fã de autores nacionais, esse é um dos livros que eu adoraria ler *=* 

    Parabéns pela bela resenha.

    ResponderExcluir
  25. Gostei demais da resenha, bem explicada mostrando o que o livro  realmente traz. Com certeza quero ler! oO

    ResponderExcluir
  26. AH ME DÊ ESSE LIVRO... Gente e a sua resenha? Muito boa mesmo.
    O que me impressionou foi um homem escrever algo como Chick-Lit, curti bastante.

    ResponderExcluir
  27. Oi Zilda, confesso que sem ler a resenha eu não me interessaria pelo livro, pois como vc disse nos faz pensar que é uma cópia nacional de Gossip Girl, mas gostei muito da sua resenha, não é um livro que eu correria para comprar, mas se tiver a oportunidade com certeza irei ler...
    BjOs!!!

    ResponderExcluir
  28. qual é a moral do livro?

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto