Lançamentos de Março- Grupo Editorial Pensamento

quarta-feira, março 07, 2012

Confiram os lançamentos do mês de março do Grupo Editorial Pensamento: "O cristão e a Casa Mal-Assombrada" e "J. Edgar Hoover- Um aventura em HQ".



Fenômenos parapisíquicos são tema de “O Cristão e a Casa Mal-Assombrada”, lançamento da Editora Pensamento

Obra mostra como o jornalista americano Gary Jansen, católico desde a infância, passa a questionar radicalmente sua fé quando se vê desafiado por fantasmas e obrigado a transformar suas crenças.

“Existem mais coisas entre o céu e a terra, Horácio, do que sonha a tua vã filosofia”. É assim que o americano Gary Jansen, editor da Crown Publishing Group, editora especializada em livros sobre religião e espiritualidade inicia O Cristão e a Casa Mal-Assombrada, que chega às livrarias de todo País pela Editora Pensamento. 

O autor cita Hamlet para adiantar as experiências sobrenaturais relatadas na obra. Filho de católica praticante, Jansen nunca acreditou em fantasmas, mas se surpreendeu em 2001, quando voltou a morar na casa onde passara sua infância. Baseado em uma história real, o livro relata o drama do autor ainda jovem ao se deparar com vários fenômenos paranormais que aconteciam na casa. Movido por sua fé, em um primeiro momento, o rapaz se recusa a acreditar na presença de almas penadas rondando seu lar, mas suas convicções são colocadas em xeque conforme os fatos vão se sucedendo. 

O autor muda completamente sua visão sobre o mundo espiritual e, principalmente, os ensinamentos da religião sobre os espíritos quando fatos estranhos começam a invadir os ambientes da casa. Barulhos misteriosos, aparelhos que ligam e desligam sozinhos, o comportamento do filho pequeno que chora ao entrar no quarto e até mesmo arrepios na espinha que o acometem quando está em alguns ambientes da casa jogam por terra todas as suas crenças e despertam um novo olhar sobre a própria fé. 

Quanto mais se informa sobre o assunto, procurando ajuda até mesmo na Bíblia e na biografia de vários santos católicos, mais o jovem percebe que estes escritos também são repletos de citações mencionando espíritos e fatos extraordinários e inexplicáveis que não são provenientes do mundo material. O relato não segue uma narrativa linear – ao contrário, vai e volta no tempo - estabelecendo ligações entre fatos, datas e acontecimentos, desde a infância do protagonista na casa, até seu momento atual, quando vive com a esposa, o filho pequeno e o segundo, prestes a nascer. 

Crença e mundo invisível 

Ao lidar com o invisível, o autor percebe que ninguém precisa enxergar espíritos para se convencer de sua existência. Ao refletir sobre o funcionamento do próprio corpo, cheio de ligações e órgãos que trabalham em silêncio, de forma independente e harmoniosa, Gary Jansen questiona se não é possível que exista também um mundo invisível, com anjos, demônios e almas boas ou más, que possa influenciar no universo físico. 

Com texto neutro, O Cristão e a Casa Mal-Assombrada limita-se a narrar acontecimentos e as percepções do protagonista sob a luz de sua própria fé, que é colocada em conflito diante dos fatos. Não faz apologia a crenças ou doutrinas e atrai leitores que apreciam realismo fantástico. 

Nem por isso, o autor abandona a religião ou deixa de acreditar: pelo contrário, ele apenas descobre um novo modo de olhar e percebe que, muitas vezes, nossas atitudes cotidianas, por mais banais que sejam, têm consequências que mal conseguimos imaginar.
 
O Cristão e a Casa Mal-Assombrada
de Gary Jansen
Tradução de Denise de C. Rocha Delela 
168 Páginas; Preço: R$ 28,00 
Capa: Brochura; Formato: 16,0 x 1,9 x 23,0 cm 
 Editora Pensamento, 2012














Depois dos cinemas, a biografia de J. Edgar Hoover ganha versão em quadrinhos
Agora no Brasil, publicado pela Editora Seoman, livro traz a história do personagem que inspirou o filme J. Edgar, estrelado por Leonardo DiCaprio

Depois da estreia do filme J. Edgar, dirigido por Clint Eastwood e estrelado por Leonardo DiCaprio, nos cinemas brasileiros, a história clássica de J. Edgar Hoover, o polêmico diretor do FBI, ganha versão em quadrinhos, elaborada pelo premiado cartunista e ilustrador Rick Geary. Diferente do longa, J. Edgar Hoover, publicado pela Editora Seoman, além de trazer a história deste famoso personagem, a obra relata o que houve de mais interessante nos EUA, e no mundo, durante mais de 50 anos. 

J. Edgar Hoover, ao longo de sua vida, tornou-se o homem mais poderoso da América e seus artifícios, ao mesmo tempo, implacáveis e heróicos, contaram com a admiração do mundo. Durante 55 anos servindo o povo americano, J. Edgar assumiu vários papéis como combate do crime, exterminador de comunistas e protetor da moral. Agora, nas mãos do famoso cartunista Rick Geary, a vida desta grande personalidade torna-se um amplo e atual guia histórico do século XX, ao retratar a eleição de oito presidentes norte-americanos e tudo o que aconteceu na época. 

A história em quadrinhos deste destemido líder americano que teve um papel fundamental na segurança americana chega às livrarias de todo o país, este mês. Esta nova adaptação, ao contrário dos livros tradicionais, resume os textos de um mesmo personagem do texto original, de forma a agradar tantos os fãs de HQ quanto os de literatura clássica.


J. Edgar Hoover – Uma biografia em HQ
Rick Geary
112 Páginas; Preço: R$ 19,90
Formato: 14,6 x 21,6 cm
Editora Seoman, 2011


















Para mais informações,acesse: http://www.pensamento-cultrix.com.br/



Você também pode gostar

1 comentários

  1. Amo lançamentos, pena ter pouco tempo para os livros.
    Beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto