Romances de Mônica de Castro prestam tributo ao protagonismo feminino

quarta-feira, março 07, 2012

Olá!
Conheçam um pouco mais sobre Jurema das Matas, novo livro de Mônica de Castro publicado pela editora Vida & Consciência.




Em seu mais recente lançamento, a escritora espiritualista Mônica Castro faz uma homenagem a uma das entidades mais importantes da Umbanda, a cabocla Jurema, responsável por transmitir coragem e energia a quem necessita.
Em Jurema das Matas, romance lançado em janeiro deste ano e que já está entre os mais vendidos, Mônica de Castro narra as quatro encarnações que a precedem, mostrando o quanto a simplicidade e a franqueza são fundamentais para que as pessoas não se iludam com falsos valores de conquista e de poder. Da trajetória sangrenta e sofrida, surge uma criatura dócil e infinitamente sábia, com imensurável amor pela humanidade a quem se dispõe a ajudar.
O espírito de Jurema ensina a suportar as dificuldades e dá coragem para enfrentá-las. Por seu exemplo, Jurema representa muito do papel feminino na sociedade, assim como outras importantes mulheres de seus romances.

Outras protagonistas - Uma das marcas dos livros psicografados por Mônica de Castro é a presença de mulheres como personagens principais, em histórias que misturam amor e paixão, traição, mentiras, inveja, orgulho, preconceitos, intrigas, descobertas e superações. Muito do sucesso da autora pode ser atribuído à sensibilidade de identificar os sentimentos femininos que ajudam a melhorar o mundo. Seu romance de estreia, Uma história de ontem, conta a história de Rosali que, abandonada pelo homem que ama, luta para criar seu filho sozinha e vencer o preconceito da sociedade carioca do início do século vinte.

Em A atriz, o foco é a conturbada relação entre Amelinha e sua mãe.Gêmeas é a fantástica história de Beatriz e Suzane, gêmeas idênticas separadas ao nascer, que, anos depois, voltam a se reencontrar. A trilogia integrada por Sentindo na própria pele, Com o amor não se brinca e Lembranças que o vento traz narra a saga da escrava Tonha e sua relação com a família de Clarissa. Segredos da alma mostra como a escritora Vivian tem de enfrentar o preconceito de uma sociedade machista na Londres do século dezenove. Greta conta a história da babá que perde o emprego após um acidente fatal com a criança que cuida e se vê obrigada à entregar-se a prostituição. Já Giselle se passa no século quinze na Espanha e narra como a amante do inquisidor, ao descobrir o amor, tenta mudar de vida.

Ao todo, são quinze romances que se consagraram como best-sellers, pois captam a essência da espiritualidade humana, indo ao encontro dos que estão em busca de algo mais, além do aqui e agora, pois suas mensagens são sobre o poder da fé, do autoconhecimento e do amor, como caminhos seguros para a transformação do ser. “Acredito que nós todos podemos trabalhar pelo aperfeiçoamento da moral humanidade para construir um mundo melhor”, afirma a escritora.
Para mais informações sobre cada um dos romances lançados por Mônica de Castro, clique abaixo nos respectivos títulos

Sobre a autora – Apaixonada por literatura desde criança, Mônica de Castro começou a psicografar após o nascimento de seu filho, quando a inspiração do espírito de Leonel a incentivou a escrever seu primeiro romance, em 1999. Até hoje são 15 histórias emocionantes, que figuram na lista dos best-sellers e trazem temas polêmicos que ressaltam a espiritualidade e a necessidade do conhecimento que vai além da vida. A autora doa 10% de seus direitos autorais para o Centro Espírita que frequenta, contribuindo para a divulgação dos ensinamentos espiritualistas. Formada em Direito pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Mônica assume como responsabilidade a divulgação de mensagens que possam promover o bem e estimular o aperfeiçoamento ético e moral da humanidade.

Mais informações sobre os livros da Editora Vida & Consciência estão disponíveis no site: www.vidaeconsciencia.com.br

Você também pode gostar

1 comentários

  1. Bom Dia, flor do dia!!
    Que post interessante para preceder este dia Internacional da Mulher. Afinal, pelo que li, as obras da autora são de grande envolvimento das mulheres e suas "lutas".. 
    Não conhecia a autora, porém me interessei por alguns livros citados no seu post, entre eles Segredos da Alma.. gostaria de ler..
    Saudade flor

    Bjãooo

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

CURTA NOSSA PÁGINA

Assine nossa Newsletter

Google+