Ana Cristina Vargas encerra a trilogia das vidas do espírito Layla com a história de coragem de uma beduína em meio ao deserto

quarta-feira, junho 06, 2012

Boa tarde, leitores!
Confiram o lançamento da editora Vida & Consciência: Encontrando a Paz, de Ana Cristina Vargas.
Deserto do Egito, aproximadamente ano 700 da era cristã. Menina inteligente, sagaz e livre, Eshe enfrenta a vida com sua inocente sabedoria em um clima de amor e bem viver. Suas aventuras, até tornar-se uma mulher de personalidade forte e inabalável confiança em si e em Deus, são narradas, de modo intenso e envolvente, por Ana Cristina Vargas em 'Encontrando a paz', lançamento da Editora Vida & Consciência que completa a trilogia de algumas encarnações do espírito Layla na Terra. 

Layla já foi, em 600 a.C, a bela jovem Dalilah, cuja vida foi retratada no livro Em busca de uma nova vida. Depois se tornou, em 28 d.C., a corajosa e intensa Verônica, protagonista do romance Em tempos de liberdade. Agora a experiência da beduína Eshe encerra o ciclo de encarnações de sua mentora espiritual.

Quando muito jovem, Eshe e seu irmão mais velho Daros perdem seus pais de forma súbita, o que a encoraja a ser ainda mais forte. Morando em uma tribo beduína no meio do deserto, ela aproveita todo o encanto de ser livre. A menina, muito independente, em suas caminhadas encontra uma casa de pedra grande e suntuosa, instigando sua curiosidade para descobrir o que era aquele mundo tão diferente das simples barracas onde morava. Assim ela acaba conhecendo Muna, uma senhora que está muito doente e não sai de seu quarto escuro. Já na tribo, a garota enfrenta grandes problemas quando seu irmão Daros lidera uma rebelião contra o chefe Pepe, que já se encontra muito doente, levando parte da tribo e deixando as mulheres idosas e crianças para trás. Enquanto Eshe floresce em sua adolescência, é obrigada a lidar com o abandonado e desamparo. Aliada a Muna e seu empregado Anísio, a garota luta pela sobrevivência e encara desafios para manter a paz e o equilíbrio.

O livro convida a uma profunda reflexão sobre nossos atos e pensamentos. Com um enredo, a história acompanha esta pequena garota cheia de garra, ensinando que se deve sempre lutar por seus sonhos. Seu exemplo de simplicidade, alegria e aceitação é marcante e nos mostra que, para sermos felizes, precisamos de liberdade interior, fé e amor a nós mesmos, aos outros e à vida.

Sobre a autora – Ana Cristina Vargas nasceu em Pelotas (RS) e, na mesma cidade, formou-se em Direito pela Universidade Federal de Pelotas (UFP). Atua nas áreas do direito civil e de família. É fundadora e atual presidente da Sociedade de Estudos Espíritas Vida, em Pelotas. Aos 17 anos iniciou o estudo da doutrina espírita e deste então a psicografia faz parte de sua vida, mas foi no ano 2000 que começou a psicografar os livros de seus mentores espirituais José Antônio e Layla. A autora é também orientada pelos mentores espirituais no estudo dos assuntos ligados ao comportamento humano, alem de oradora e médium atuante que desenvolve diversas tarefas na área social e doutrinária de sua cidade.

Título: Encontrando a paz
Autora: Ana Cristina Vargas, pelos espíritos Layla e José Antônio
Número de páginas: 360
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 36,00
ISBN: 978-85-7722-208-7



Para mais informações, acesse o site da editora
Adicione-a no twitter e curta a página da editora no Facebook


Você também pode gostar

2 comentários

  1. Alôooo queridíssima... quanto tempo hein. Ai amiga, to trabalhando tanto (mas gostando tanto tb) que ando numa preguiçite que vou te contar. Mas, estamos ai....heheh
    Como vc tá?? Novidades?
    Tu sempre com posts super legais. Novidades mesmo esta. Eu não li nenhum livro da trilogia, não faz muito o meu estilo, mas é bom conhecer a autora, ainda mais ela que é gaúcha...hehe
    Um beijo amiga, manda notícias.

    TeLa
    Penseira Literária

    ResponderExcluir
  2. GiselaMenicucciBortoloso7 de junho de 2012 14:46

    Acho que posso gostar do livro, sempre quis ler sobre este tema, mas acabo me desviando, pois não é muito a minha praia.
    um abraço
    Gisela - Ler para Divertir

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto