Destaque: Relato autobiográfico sobre os sonhos revela a importância do apreço em vez do apego

quarta-feira, junho 13, 2012

Médico veterinário por profissão e estudioso dos fenômenos espirituais por opção, Leonardo Rásica há muito atenta a seus sonhos. “Quando não os escuto, eles gritam, irritados. Por isso sempre procurei lhes dar a devida importância”, relata o autor de 'Sinais da espiritualidade', lançamento da Editora Vida & Consciência, em que registra as descobertas advindas de seus próprios sonhos e que contribuíram para a compreensão de valores como a paciência e a tolerância, o livre-arbítrio e a responsabilidade e a supremacia do apreço em vez do apego.


Nessa narrativa autobiográfica, Rásica resgata a fase de vida, quando descobriu a importância da valorização da dimensão espiritual, a sintonia com a natureza e a harmonia entre pessoas, comunidades e povos, em que a competição dá lugar à cooperação, e o individualismo, ao altruísmo. “Houve, porém, um intervalo de tempo em minha vida em que eu me encontrava surdo para o que os sonhos me diziam”, lembra. Para despertar sua consciência, seus sonhos lançaram mão de um recurso extremo: Íside, sua orientadora espiritual, que o ajudou a compreender o significado da realidade à sua volta.

Rásica volta a 1997, quando conhece a escritora Hilda Hilst e passa a visitá-la semanalmente em sua morada em Campinas, à caminho de seu sítio em Lindóia. Na véspera de ano-novo, hospeda-se em sua casa. Hilda já estava dormindo, quando chega Luís e com ele conversa. Mas o homem desaparece na manhã seguinte, levando-o a crer que tudo não passou de um sonho. As palavras do misterioso visitante já o tocaram.

Depois, quando vende seu sítio, as visões passam a ser mais frequentes e, em sua maioria, são desagradáveis. A natureza, que até então estava em sintonia com os antigos donos do local, não está satisfeita com os novos moradores e que tragédias iriam acontecer. Após este pressentimento, a vizinhança passa a se desmantelar, com assassinatos entre irmãos, sequestros e antigos moradores abandonando o local.

Os acontecimentos a sua volta são atordoantes. Até que Íside aparece em seus sonhos e, de forma simples e direta, mostra que os fatos estão muito além de seus pressentimentos. “O apreço é o que nos permite apreciar a vida. Já o apego, pelo contrário, nos impede de apreciá-la, pois cria o medo fútil e irracional diante do inevitável: o fim de um ciclo”, explica. Com um texto envolvente, permeado de detalhes, Sinais da espiritualidade é um partilhar de lições e descobertas que conduzem o leitor a respostas às suas mais enigmáticas indagações sobre a vida.

Sobre o autor – Leonardo Rásica nasceu na cidade de São Paulo em 1972. Formado em Medicina Veterinária, especializou-se em Produção Animal pela Universidade Autônoma de Barcelona (UAB). Dedica-se também aos estudos espirituais, especialmente relacionados aos sonhos e fenômenos associados, temas abordados em outros livros de sua autoria, como Fantasmas do tempo e Luzes do passado, publicados pela Editora Vida & Consciência. Tem pesquisado acontecimentos espirituais relacionados ao holocausto da Segunda Guerra Mundial junto com uma associação de pesquisadores e sobreviventes de Nova York, tendo se tornado membro honorário e seu representante na América do Sul.

Título: Sinais da espiritualidade
Autor: Leonardo Rásica
Número de páginas: 216
Formato: 16 x 23 cm
Preço: R$ 32,00
ISBN: 978-85-7722-191-2
Compre aqui: | Site da editora | Saraiva |




Para mais informações, acesse o site da editora
Adicione-a no twitter e curta a página da editora no Facebook




Você também pode gostar

0 comentários

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto