|Resenha| Toda Sua - Silvia Day @editoraparalela

terça-feira, setembro 25, 2012


Gideon Cross entrou na minha vida como um relâmpago na escuridão…
Ele era inteligente, bem-sucedido, rico e muito lindo. Fiquei obcecada por ele como nunca tinha ficado por ninguém, por nada. Ansiava por seu toque como uma droga, mesmo sabendo que aquilo acabaria me destruindo. Eu tinha meus problemas, e ele fez com que viessem à tona muito facilmente.
Gideon sabia. Ele também tinha seus problemas. E nós acabaríamos sendo o espelho que refletia os traumas – e os desejos – mais secretos do outro.
Seu amor me transformou, e eu rezava para que nosso passado não nos separasse…


ATENÇÃO: O livro Toda Sua contém conteúdo adulto.Esta resenha possui trechos inadequados para menores de 18 anos.


No embalo da febre literária que vem agitando o mercado editorial, Toda Sua é mais um livro erótico que chega para enlouquecer os fãs do gênero. Toda Sua é o primeiro volume da série Crossfire publicada pela editora Companhia das Letras através do selo Paralela.
Sylvia Day não é uma autora iniciante. Escritora de romances dos mais variados gêneros, a autora já teve outras publicações consagradas na lista do New York Times com três pseudônimos diferentes. Ou seja, Sylvia disse a que veio e lança sem sombra de dúvidas um dos melhores romances eróticos dos últimos tempos. Definitivamente, o livro entra para o rol dos favoritos do ano.

Toda Sua conta a história do relacionamento sexual, amoroso e possessivo entre Gideon e Eva. Os personagens são intensos, inseguros e controversos. Gideon é lindo, moreno, alto, olhos azuis, sexy e bilionário, dono de praticamente todos os estabelecimentos de Manhattan. Um homem com H em "caixa alta e negrito" capaz de conduzir uma mulher a orgasmos múltiplos. 

Eva é linda e dona de um corpo escultural. Apesar de possuir uma família rica, ela  busca sua própria estabilidade financeira e independência. Sua mãe a sufoca de todas as maneiras com sua proteção exagerada. Eva fica muito irritada, mas entende o motivo pelo qual sua mãe se preocupa tanto. Ela esconde um passado traumático que será revelado mais adiante. Eva sai da tranquila cidade de San Diego onde mora com sua família para viver uma nova vida em Manhattan. Ela vai trabalhar como secretária numa agência de publicidade no edifício Crossfire. 

Para encarar essa nova fase de sua vida, Eva tem como seu fiel companheiro Cary, o amigo bissexual que trabalha como modelo. Cary é lindo e amigo de todas as horas. Ele irá dividir o apartamento com Eva na grande Manhattan.

O livro tem um início bem tranquilo e descreve superficialmente um pouco sobre Eva e Cary. Mas, a narrativa ganha força a partir do momento em que Eva e Gideon se esbarram nos corredores do edifício Crossfire. A partir daí, uma explosão de orgasmos saltos aos olhos do leitor. É isso mesmo! O casal passa a protagonizar fortes cenas de sexo e isso perdura por toda a narrativa. A história descreve o relacionamento explosivo dos personagens e prende o leitor até o fim.

A autora descreve detalhadamente as cenas de sexo selvagem e “animalesco” do casal tornando a narrativa ágil e envolvente, O foco principal da narrativa são as transas do casal. O livro aborda sutilmente os traumas vividos por Gideon e Eva. O passado traumático de cada um é pouco abordado. Logicamente que, isso é intencional para que no próximo volume da série tais pontos sejam esclarecidos.

Há quem diga que Toda Sua é uma “cópia” ou “adaptação” melhorada de Cinquenta Tons de Cinza. Eu não posso falar a respeito com propriedade, pois ainda não li o Best Seller do momento. O que posso afirmar é que Toda Sua é um livro erótico perfeito para quem curte o gênero.

É importante frisar que o livro tem conteúdo adulto, por isso, a autora não abriu mão do vocabulário “escancarado”. Não podemos considerar a linguagem vulgar porque o livro é direcionado ao público adulto, logo, as leitoras mais recatadas devem se preparar para bater de frente com “f*da”, “p*u”, trepar, “boc*ta” e muito mais. É por esse motivo que o livro é o que é. Não existe nada sublinhar. A linguagem utilizada por Sylvia corresponde às expectativas do leitor em relação ao tema abordado.

A autora soube criar personagens marcantes mesmo sem explorá-los a fundo no primeiro livro da série. Toda Sua é um livro “quase” perfeito, se não fosse por um deslize quase imperceptível. Na construção dos diálogos entre os personagens as (“ ”) aspas foram utilizadas de forma inadequada. Sendo assim, o travessão seria a pontuação mais adequada na construção do discurso direto.

Esse é o primeiro livro que faz uso desse recurso e por isso não me agradou. Por isso, Toda Sua não leva a nota máxima. No mais, o livro contém pouquíssimos erros ortográficos. A diagramação do livro é simples. A capa do livro é bonita, mas simplória demais. Acho que deixou a desejar, pois a história possui diversos elementos que poderiam ser utilizados na composição de uma capa mais bonita.
Analisando todos os aspectos do livro, Toda Sua é um livro extraordinário. Para quem curte o gênero, o livro é um verdadeiro banquete.

Li o livro de uma vez só numa madrugada. Resultado: Noite em claro. Mente perturbada. Rá! Não estou exagerando, minha gente!
Agora, o que resta é segurar a ansiedade e esperar por Profundamente Sua, o segundo volume de Crossfire.
Leitura super recomendada!


FICHA TÉCNICA
Título:Toda Sua 
Autora: Silvia Day
Série: Crossfire
Editora: Paralela
Compre: Submarino | Saraiva 
Adicione no Skoob

Você também pode gostar

19 comentários

  1. Super louca para ler esse livro, já falaram tão bem dele pra mim que eu estou curiosa, mas ainda tenho que acabar de ler Cinquenta Tons de Cinza, então esse ficará para o mês que vem...

    ResponderExcluir
  2. ADOREI sua resenha!!! Eu já queria ler, por conta das comparações com 50 tons, mas agora eu VOU ler! De acordo com sua resenha, Toda Sua parece ser mais erótico do que 50 tons, apesar de ambos conterem vocabulário escrachado. O que não me convenceu em 50 tons foi a proposta. Como assim? O livro teoricamente é erótico e deveria abordar BDSM, mas isso quase não acontece. Na verdade, achei o livro pouco erótico apesar do vocabulário. Por isso minha esperança se renovou com sua resenha em relação a Toda Sua, um livro que me parece mais erótico, com mais cenas de sexo do que de blá blá blá. 
    Excelente resenha moça!Beijos,Nica

    ResponderExcluir
  3. Zilda, sua resenha ficou ótima, como SEMPRE! :P

    Foi a primeira resenha que li desse livro...Não sabia nem do que se tratava rsParece ser bem "intenso" mesmo né kkkkkTambém não gosto muito de aspas para indicar os diálogos! Parabéns pela ótima resenha *-*Lara E.http://naspaginasdeumlivro.blogspot.com/ 

    ResponderExcluir
  4. Estou lendo agora a série Cinquenta Tons. Essa série Crossfire, com certeza, é beeeem mais hot!
    Adorei a resenha, Zi. Perfeita!

    Beijocas,

    Lu
    @LuPiras80:twitter
    www.equinocioaserie.com

    ResponderExcluir
  5. Olá Zilda, gostei muito da sua resenha, mas ela deu um nó na minha cabeça, ela foi muito positiva sobre o livro, enquanto outras resenhas que eu li falam muito mal dele, então não faço ideia se devo comprá-lo ou não, talvez sim, afinal eu nunca li um livro erótico, então mesmo que seja ruim não vai fazer muita diferença, é só partir para o próximo.
    Abraços.
    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. ótima resenha Zilda!! livro bom hehehe

    beijos
    Adorei os quotes ^^
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/ 

    ResponderExcluir
  7. GabrielaLaganowskiReis25 de setembro de 2012 19:02

    Que é isso Zilda... A resenha saiu a altura do livro... Adorei... Já tenho meu volume aqui comigo e ainda não li, mas não vai tardar!!! Adoro livros do gênero, e não é alinguagem que faz a trama... Vou ler e me esbaldar com certeza. Amei o trcho da sua resenha: Um homem com H em "caixa alta e negrito" capaz de conduzir uma mulher a orgasmos múltiplos. hahahaha

    ResponderExcluir
  8. Oi Zilda!
    Noooossa! Se essas são as mais tranquilas imaginem só as mais quentes! Fiquei muito curiosa com a leitura. Muitas pessoas são bem preconceituosas com literatura erótica, mas não tenho esse problema. Leio qualquer livro que atrair minha atenção e esse definitivamente conseguiu.
    Bela resenha! Beijos*

    http://luahmelo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Zilda!
    Coitado do bloquinho de Post-it!!!
    Sei bem o que é ficar perturbada após 10 horas de leitura ininterrupta  o.O
    Ainda bem que valeu muito à pena. Quero ler esse livro.
    Beijos... Elis Culceag.

    ResponderExcluir
  10. A resenha ficou mega-hiper-super legal.
    Mas não sei, hummmmm, ainda não estou na pegada de ler livros assim.
    Eu já tenho os dois 50 tons, mas até agora nada de lê-los.

    Quem sabe agora começo a me animar, vamos ver...

    Bjkassssss


     

    ResponderExcluir
  11. Ai ai... o que posso dizer...hehe
    Acho super bacana essa onda de literatura erótica... não tenho preconceitos e adorei 50 Tons, então acho que vou adorar este também. Sua resenha está maravilhosa amiga, me deixou ainda mais curiosa pela leitura. Já vi que a coisa é alucinante.

    Beijoss mil

    Estela

    ResponderExcluir
  12. Oi,

    já tinha ouvido falar desse livro e queria muito lê-lo!! Sua resenha só aumentou minha vontade!! 

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Antes desse livro ser lançado, fiz uma mega expectativa a respeito, pois, ouvi dizer que era muito melhor que 50 tons de cinza. Mas não sei, para mim faltou algo. A princípio achei que a decepção se deu por causa de minhas grandes expectativas, então reli o livro, mas nada!!!! Definitivamente, esse livro não é um de meus prediletos, tirando apenas a parte erótica, que é indiscutivelmente excelente, mas é só. Espero que nos demais livros a trama melhore, e que não fique somente no sexo e em brigas oriundas da insegurança e ciúme dos personagens.

    ResponderExcluir
  14. Para tudooooo...o que é isso....=O....que resenha maravilhosaaaa....será que preciso dizer que agora quero ter esse livro....caramba ainda bem que tenho uma amiga que tem ele pra me emprestar...shaushau...e amiga se esses são os quotes leves, to boba pra ver os pesados...shaushua...e vou te dizer, só aquela frase no início dizendo que é para maiores de 18, fará as vendas aumentarem horrores....tudo que é proibido é mais gostoso...shaushausha....até a proxima flor...me visita: A Magia Real

    ResponderExcluir
  15. Zilda! A tua resenha está fantástica, bem explicada e argumentada. Mas ainda assim não sou fã desse gênero, todos os livros que li até agora me deixam com a impressão que se não houvesse o sexo, não sobraria nada. Aí como tenho tantos livros pra ler ainda, acabei pegando implicância.

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  16. Querida Zilda, com uma frase dessas: "...sem sombra de dúvidas um dos melhores romances eróticos dos últimos tempos" a gente acaba se tornando refém. Através de sua resenha percebi que o livro é quase um Zéfiro rs. Não sou pudico e se a história pede palavrão então ele deve estar lá. Na verdade só não gosto de palavras chulas escritas de maneira gratuita, não sei se este é o caso, mas você me deixou com a pulga atrás da orelha. Quero ler este livro também.

    ResponderExcluir
  17. eu gosto bastante de romance erótico , e esse que quero ler loucamente 

    ResponderExcluir
  18. UAL, que erotismo UASIUSAIISAUIAS Vou ler, quero ver o que vou achar da leitura (: Essa ondinha tá pegando na literatura né? Já basta a distopia que estourou bizarramente na literatura, agora é literatura erótica. Qual será a próxima "tendência"? KKKKK Beijão Zi, sua diva! ;*

    Ewerton Lenildo - @Papeldeumlivro:twitter - papeldeumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. S2
    To apaixonada por essa trilogia!!!!Bjs
    Niii
    http://amordelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto