AVISO! A leitura prejudica seriamente a ignorância

segunda-feira, outubro 01, 2012

Brasileiro lê pouco mesmo e isso não é novidade. A tradição de ler não está enraizada no nosso país. Embora tenhamos uma lista de grandes escritores isso não está no nosso sangue, mas feliz daquele que trouxe o hábito de ler de casa. 
















Além de ser a melhor maneira de incentivar a leitura você não corre o risco de perder esse hábito na escola, mas isso se vê cada vez menos no Brasil.
Não é com todo mundo que acontece o que diz na bela frase de Henry Thoreau: "Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um único livro."
No Brasil não existe um lugar para se formar leitores. Nem na escola nem na Universidade.

No Brasil isso já é problema que não se conseguiu resolver e pelo jeito se está longe disso.
Uma pesquisa realizada anos atrás mostrou que o desinteresse pela leitura está ligado a razões econômicas e culturais. Os membros da classe A reveleram que 50% tinham o hábito de ler, já na B este indice caiu 13% chegando aos 37%. Na classe C e D registrou-se um percentual de 27% e 21% respectivamente.

Tem como melhorar tudo isso em casa, na escola ou nas empresas?

- Nas escolas
Lá a coisa está cada vez mais difícil. Os próprios professores que tentam incentivar não são leitores. Os que tem autoridade para isso indicam bons livros, principalmente os maravilhosos clássicos, mas esses livros do século 18 que são indicados para jovens de 16 anos não são adequados para aquele momento. Trabalhar com clássicos numa turma de 40 jovens não dá. E sabe o que piora? Vários educadores e especialistas culpam a escola pela repulsa dos jovens aos livros, ou seja, depois de um jovem entrar em contato com vários clássicos, mas que no momento não lhe dizem nada, pode tornar impossível levar um jovem a ler novamente ou fazer com que eles voltem a procurar livros fora de escola.

- Nas empresas 
As empresas podem patrocinar e doar livros e material escolar onde isso falte.
Comunicar os funcionários sobre atividades culturais e educacionais.
Realizar eventos com o objetivo de arrecadar livros para bibliotecas escolares próximas da empresa;
Oferecer para escolas assinatura de jornais e revistas.
Reunir os filhos dos funcionários na empresa para atividades variadas com livros e leitura.

- Em casa
Este é o lugar mais fácil, simples e eficaz. Tenha livros, gibis e revistas na sua casa e inclusive, principalmente dentro do banheiro. Você não gosta de ler, mas quer incentivar seu filho? Leia alguma coisa, mas não fique falando dos benefícios daquilo que você não conhece, pode ser pior e será. Seja exemplo e não venha com aquele papo do "faça o que eu digo, não faça o que eu faço" seu filho vai fazer o que você faz e ponto.
Saiba o que seu filho gosta, hoje até quem anda de skate escreve livros. Se você usar meia hora do seu dia para sentar com seu filho para ler já é um grande negócio.
Leia um pouco, saia, volte e invente uma desculpa para sair de fininho se não conseguir fazer isso.Existem milhares de receitas, mas saiba que em casa o serviço é melhor e mais bem feito. E você pode ficar atento ao que seu filho lê.

Sobre ler ao nos comparar com nossos vizinhos sul-americanos adivinhe em que posição estamos?
Pois é somos os últimos.



Você também pode gostar

3 comentários

  1. eu adoro ler e isso eu aprendi em casa , meu pai também adora , e tento passar isso para os meus filhos , incentivo , leio pra eles, compro livros para a idade deles, mas infelizmente nem todo mundo é assim , e não sabem o eu tão perdendo ler é maravilhoso ...
    bjos
    onossonude.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Essa discussão vai longe, Zilda! Uma população pensante é a
    maior arma contra a corrupção. Talvez por isso mesmo, nosso ensino está cada
    vez pior...


    Acredito que para gostar de ler é necessário
    criar o hábito da leitura, acostumar-se à linguagem literária. Requer prática,
    como qualquer atividade, mas uma vez que se desenvolva o hábito, a leitura torna-se
    um prazer.


    Concordo plenamente com o que disse sobre os clássicos, são
    importantíssimos, mas os jovens também devem ter acesso a livros que despertem
    seu interesse, que falem de seus conflitos, seus sonhos... Livros com temas
    voltados à faixa etária são a melhor maneira de incentivar a leitura.


    Estou, inclusive, montando uma palestra para crianças,
    mostrando a diferença entre alfabetização e "saber ler", os benefícios do hábito
    da leitura, o que acontece quando lemos... 
    Para se apaixonar pelos livros, basta ler.


    Meu pai fez isso por mim, eu faço pelo meu filho e a escola
    dele tem trabalhado isso com as crianças.


    Por um mundo menos ignorante! rsrs


    Beijocas.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o aviso! Cadê as escolas e educadores além dos pais incentivando a leitura? 

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto