"Senta a marreta" na E.L.James! Ou não.

segunda-feira, dezembro 03, 2012

Não se assustem com o título dessa postagem. É que após ser anunciada como personalidade do ano pela bíblia do mercado editorial americano Publishers Weekly não se fala em outra coisa. Alguns discordam, outros não, mas o que realmente importa?


















Em meio a gritos anunciando o fim da civilização e "o que eles estavam pensando?" Publishers Weekly nomeou E.L. James como a "personalidade do ano."

É bom que saibam que tal premiação nunca foi dada a um autor. Anteriormente, foram premiados o fundador da Amazon, Jeff Bezos, e, no ano passado, o chefe da Pinguim dos EUA, o executivo David Shanks. É bom lembrar que a trilogia Cinquenta Tons de Cinza já venderam mais de 35 milhões de cópias só nos EUA. Para o Publishers Weekly isso é indiscutível, já que E.L.James impulsionou o mercado editorial e fez com que o gênero literário em questão se tornasse um nicho tão lucrativo fortalecendo o surgimento de outros livros do gênero.

A notícia foi recebida com horror na América. "É o fim da civilização", bradou o New York Daily News, descrevendo os livros de James como "terrível" e lamentando "a onda de horror literário."
"Em que o Publishers Weekly estava pensando?" acrescentou o Los Angeles Times. Alguns leitores comentaram no site Publishers Weekly: "Eu quero morrer. Ou matar. Ou simplesmente comer um pouco de bolo até esta dor literária ir embora", escreveu um.

O "pornô para mamães" como fora apelidado divide opiniões e apresenta alguns números:   30% dos seus compradores são realmente homens. Apenas 35% de seus leitores são mulheres com crianças em casa, de acordo com a análise do Bowker Market Research. 
Ou seja, tem muito homem por aí querendo saber o que esse tal de Grey tem de tão diferente. 

Após tanto burburinhos, pedradas e insultos não podemos esquecer que no Brasil E.L.James conquistou inúmeros fãs. As leitoras ficaram ensandecidas por Cristhian Grey e seus badulaques eróticos. Por lá, pode até ser que o povo esteja indignado, mas eu quero saber a opinião de vocês.
Que atire a primeira pedra quem não concorda com a premiação. Ou arremesse flores para a mamãe "safadhenha".

3,2,1...Valendo!

Você também pode gostar

6 comentários

  1. Aiii eu amei o Christian, então eu apoio a premiação.......hehehe
    Inclusive, nas férias, quero ver se convenço o meu namorado a ler... Quem sabe né? kkkk ( falou a "safadhenha")


    Beijosss flor


    TeLa

    ResponderExcluir
  2. Acho a premiação um pouco exagerada , mas amo a serie , adorei os livros.

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não li 50 tons de cinza, portanto não posso opinar com relação a qualidade da escrita (embora amigos me falaram que é horrível e tal.)
    Porém, acho que com relação ao mercado editorial, ela deu uma impulsionada nas vendas sim. Não só virou modinha, mas foi por todo mundo!!! Então... realmente ela foi uma das personalidades do ano de 2012.

    Agora, no quesito qualidade... é complicado...

    ResponderExcluir
  4. Li o primeiro livro e achei chato e sem graça. Eu não sei qual a finalidade do prêmio e ele pode até ser merecido em questões de números financeiros, mas não pela qualidade, em minha opinião.

    Acho deprimente quem usa a quantidade de livros vendidos como justificativa que o livro é ótimo. Muitos paulistas têm carros e nem por isto está é a melhor opção para se andar pela cidade, por exemplo.

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga!

    Eu gostei dos livros, não vou dizer que sou fã, ou hoo eu amei o livro.

    Sabe que eu vi muita gente no ônibus lendo os livros dela, e numa dessas eu vi um senhor de idade lendo. Fiquei de boca aberta. Acho que de certa forma ela conseguiu atingir o que ela queria quando escreveu os livros.
    Este premio não entendi muito bem pelo que é,,,

    Tem meme para vc no blog!! http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/


    bjinhos*

    ResponderExcluir
  6. Não apoio! (Olá, estou aqui pela primeira vez haha) *-*

    Enfim, não concordo que um livro que se trata de sadomasoquismo (ou seja lá o que ele gosta) tenha tanta fama assim, qual é? As pessoas não pensam no que lêem?

    É incrível como que a imoralidade tem chegado à casa das pessoas... na minha opinião é preciso abrir os olhos!

    Quando você lê algo, você se alimenta da alma do autor, então se você lê algo "podre" você esta se alimentando de coisa podre...

    Sem falar da péssima qualidade da escrita... cenas que são dificeis de ser imaginadas .-.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto