|Resenha| Procura-se um marido - Carina Rissi @VerusEditora

sexta-feira, janeiro 25, 2013


Alicia sabe curtir a vida. Já viajou o mundo, é inconsequente, adora uma balada e é louca pelo avô, um rico empresário, dono de um patrimônio incalculável e sua única família. Após a morte do avô, ela vê sua vida ruir com a abertura do testamento. Vô Narciso a excluiu da herança, alegando que a neta não tem maturidade suficiente para assumir seu império – a não ser, é claro, que esteja devidamente casada. Alicia se recusa a casar, está muito bem solteira e assim pretende permanecer. Então, decide burlar o testamento com um plano maluco e audacioso, colocando um anúncio no jornal em busca de um marido de aluguel. Diversos candidatos respondem ao anúncio, mas apenas um deles será capaz de fazer o coração de Alicia bater mais rápido, transformando sua vida de maneiras que ela jamais imaginou. Cheio de humor, aventura, paixão e emoções intensas, Procura-se um marido vai fisgar você até a última linha.


Quem foi que disse que chicklit é leitura pra mulherzinha certamente não teve a oportunidade de conhecer Carina Rissi. Autora de Perdida, seu primeiro livro publicado pela editora Baraúna e recentemente por Procura-se um marido pela editora Verus, Carina nos presenteia com sua magnífica escrita.

Procura-se um marido conta a história de Alicia, neta de Seu Narciso, dono de uma fortuna incalculável. Alicia tem 24 anos e curte a vida da melhor maneira possível entre viagens ao redor do mundo e um porsche vermelho que é o seu grande xodó. Alicia nunca soubera encarar a vida com responsabilidade já que tinha seu vô Narciso sempre por perto para lhe salvar de enrascadas. Alicia só não esperava ser surpreendida pelo destino de uma maneira tão repentina. Após sofrer um aneurisma, võ Narciso morre e deixa Alicia sobre os cuidados de Clóvis, seu advogado e agora tutor de Alicia. 

Alicia sente-se totalmente perdida já que contava com seu avô para tudo. Ela vivera com seu avô desde a morte de seus pais quando tinha apenas 5 anos de idade. A partir daí, ela teria que aprender a conviver sem sua proteção. Como se isso não bastasse, vô Narciso deixa um testamento onde Alicia não poderia usufruir de toda sua fortuna graças a sua falta de responsabilidade. Como seu tutor, Clóvis ficaria responsável por todos os bens de Alicia. 

Sem grana pra nada Alicia é obrigada a aceitar o emprego numa das empresas de seu avô, a L&L Cosméticos como assistente de secretária. O pesadelo de Alicia estava apenas começando. Inconformada em fazer parte da classe assalariada o que resta a Alicia é obedecer aos mandamentos de seu avô. A condição imposta por seu avô para reaver a sua fortuna era arranjar um marido e se manter casada por um ano. Sendo assim, Alicia vai à busca de um marido de aluguel para reaver sua fortuna. Apesar de parecer um plano arriscado ela decide colocar um anúncio no jornal. 

Ainda que contrariada Alicia começa a trabalhar na empresa de seu avô como uma simples assistente de secretária. Joyce, a secretária é o cão chupando manga e torna a vida de Alicia um verdadeiro inferno. Em meio a tantas mudanças o que Alicia não imaginava é que pelos corredores da L&L ela encontraria a pessoa que poderia ajudá-la a reaver sua fortuna e sua dignidade. Max é um cara lindo, de porte atlético e muito dedicado ao seu trabalho. O primeiro contato dos dois é um pouco desastroso e ambos sentem-se atraídos ainda que negue isso o tempo todo. 

O que Alicia não contava era que Max respondesse ao anúncio para marido de aluguel. E como ela não tinha outras opções, visto que todos os outros candidatos não se enquadravam em seu perfil, só restaria a ela confiar em Max. Obviamente, que Alicia não contava que sua vida estaria prestes a mudar ainda mais. A partir desse momento, a vida de Alicia passa por uma grande transformação. 

Procura-se um marido é um verdadeiro conto de fadas às avessas. A personagem principal tem que fazer o caminho inverso. De princesa a gata borralheira, Alicia vai ter que aprender a viver como uma simples assalariada e a conviver com as adversidades. Acostumada a viver com luxo, agora ela não tem grana nem para o ônibus. 

Como todo chicklit as cenas hilárias e o perfil “mocinho gostosão” compõem o perfil de Procura-se um marido. Porém há uma grande diferença de outros livros do gênero que já li. A personagem principal Alicia não é uma simples menina rica, mimada e fútil. Aqui, Alicia é uma jovem decidida, firme, segura, (tirando sua estranha fobia por borboletas) e que apesar de se encontrar numa grande enrascada não fica se lamentando o tempo todo. Normalmente isso é muito comum nos livros do gênero. E o humor deve ser equilibrado para não parecer mais uma história clichê de uma mocinha que busca um verdadeiro amor. O humor descrito por Carina Rissi é inteligente, bem aplicado em situações comuns sem tornar os personagens caricatos. 

A primeira coisa que me veio na mente foi a quantidade de páginas que o livro possuía. Imaginei que a autora pudesse se perder em algum momento. Ledo engano! A história é bem amarrada e me senti completamente hipnotizada pela narrativa de Carina. A história é viciante e só larguei o livro após 6 horas ininterruptas de leitura. Depois fiquei me lamentando o porquê de ter lido tão rapidamente. Ao mesmo tempo em que desejamos saber o final do livro temos aquela sensação de que tudo o que é bom dura pouco. O livro poderia possuir facilmente 999 páginas sem que eu notasse a diferença.

A história ainda conta com personagens fascinantes. Mari, a melhor amiga de Alicia está presente em todos os momentos da amiga. Na alegria e na tristeza, na riqueza e, principalmente na pobreza. A amizade entre elas é muito bonita. 

Max tem o perfil característico do gênero do livro. Jovem, bonitão, bem resolvido e cheio de amor pra dar. Alicia é uma personagem incrível. Podemos acompanhar todo seu crescimento durante a narrativa. A mocinha não fica se lamentando, ela simplesmente vai à luta. Tem horror ao transporte público e pavor de borboletas. Suas tiradas são sensacionais e a diversão é garantida. Mas nem só de risos é feito um chicklit. Acredite! A autora descreve uma relação de afeto e cumplicidade incrível entre Alicia e seu avô Narciso. O diálogo entre os dois são carregados de muita emoção. 

Procura-se um marido é um livro MARAVILHOSO! A escrita de Carina Rissi é impecável. A editora Verus está de parabéns pelo trabalho gráfico. A capa do livro é linda e retrata perfeitamente a figura de Alicia. Recomendo a leitura a todos que gostam de histórias bem escritas. Procura-se um marido merece no mínimo 10 estrelas, e Carina Rissi todas as honras pelo seu grandioso talento. Literatura nacional de primeiríssima qualidade!




FICHA TÉCNICA
Título: Procura-se Um Marido
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus Editora
ISBN: 9788576861980
Ano: 2012
Páginas: 474
Adicione no SKOOB


Você também pode gostar

30 comentários

  1. Boa noite Zilda,

    Confesso que tenho vontade de ler esse livro e já vi boas criticas em relação a ele....depois da sua resenha a vontade só aumentou...parabéns...abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

     

    ResponderExcluir
  2. Oi Zilda!
    Estou doida pra ler esse livro, e a cada nova resenha fico mais a fim. Às vezes eu faço igual a você, "como" o livro rápido demais e depois fico órfã dele porque acabou. 
    \o/ Eu quero! Bjs... Elis Culceag.

    ResponderExcluir
  3. Mais um grande elogio a esse livro. E mais vontade de ler. 
    Porque, senhor, porque os livros dela são tão caros?
    ahauahuahua
    Amei a resenha!
    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela resenha Zilda! Já li Procura-se Um Marido e curti bastante. A escrita da Carina Rissi é encantadora! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, zilda.

    Confesso que pensei a mesma coisa ao ver o número de páginas (rs), mas pelo visto a autora soube como fazer as coisas acontecerem, né?!
    Fiquei tentada a ler esse livro, além de achar a capa um amor.

    Beijos,Samantha MonteiroWord In My Baghttp://wordinmybag.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Zilda, parabéns pela resenha!!!
    Eu não tinha nenhuma dúvida que queria ler este livro, quero muito, e fico feliz que você tenha lido e gostado tanto!!

    Bjkas amore!!

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pela resenha, muito boa realmente. 
    Já adicionei na minha lista de leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Primeiramente obrigada pela visita....
    Eu já seguia seu blog =]
    Este é um livro que de tanta propaganda boa eu fiquei com vontade de ler.
    Adoro livros nesta temática, assim que tiver oportunidade vou lê-lo =]

    beijos
    Ida
    http://livrosumvicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Amiga!!
    Estou louca para conhecer os livros da autora e este parece ser muito bom. Vejo todo mundo falando super bem dele.
    As capas são lindas né.
    Bela resenha*

    Bjinhs*

    ResponderExcluir
  10. Oii!! Obrigada pela visita ao meu blog. Eu já seguia o seu blog, mas será um prazer acompanhar de perto a partir de agora. Obrigado por prestigiar meu trabalho seguindo meu blog. Tenho ouvido falar muito bem da autora Carina Rissi. Estou curiosa pra ler os livros dela. Beijos
    Sabrina Gonçalves
    jardimdeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Este livro deve ser excelente!!! Já ouvimos falar dele e adoraríamos lê-lo!!!! E está em nossa  listinha para compras kkkk
    Beijinhoss

    ResponderExcluir
  12. Oi querida. Eu não sou muito fã de chicklit, mas pelo que vc escreveu esse vale a leitura, não é? Gostaria muito de conhecer mais do livro e ter a oportunidade de conhecer a escrita da autora. 
    Só por ser nacional já me interessa! Eba!
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, Zilda. Obrigada pela visita ao meu blog.
    Já estou seguindo o seu também! Adorei.
    ChickLit não é a minha praia, mas pela sua resenha parece ser um bom livro do gênero.

    Beijos.
    http://navirj.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Amei a sua resenha, os livros da Carian parecem ser muito bons, "Perdida" está me esperando para leitura e agora quero ler este também!! Ja estou seguindo de volta!!

    Abraços, 

    Alisson
    http://contandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Amiga.... que resenha linda!!! Certamente já li elogios deste livro por aí, mas sua opinião é sempre mais confiante..Coloquei este livro no carrinho no Sub hoje de manhã, tomara que chegue logo.
    É bom ver que a literatura nacional tem excelentes destaques como este, que emociona e conquista os leitores.. 
    To louquinha pra ler...hehe

    Beijinhoss

    TeLa
    Tem Promo nova no blog - http://www.penseiraliteraria.com.br/2013/01/promocao-indicacao-nanquim.html

    ResponderExcluir
  16. Eu li Perdida e me apaixonei pela narrativa da carina,ela escreve muito bem,prende o leitor e não fica nos clichês,adoro as mocinhas dela,decididas,donas de si,inteligentes e muito bem humoradas.

    Adorei a resenha e não esperava nada menos da autora,louca para poder ler.

    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/o-que-chegou-essa-semana-30/

    ResponderExcluir
  17. Oi, Zilda.
    Obrigada pela visita.
    Eu não gostava muito de ChickLit, mas ultimamente tenho me surpreendido com eles.
    Eu adorei a história desse livro, a Carina realmente parece ter talento. Mas eu preciso ler Perdida antes hehe
    Beijinhos!
    http://fulanaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Eu já ouvi falar muito neste livro e fico doida para ler. Está na minha lista de desejados, e assim que possível vou adquirir e conferir. Ótima resenha Zilda. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  19. gente sou muito afim de ler esse livro, ainda mais agora.

    ResponderExcluir
  20. Oi Zilda!
    Adoro mocinhas que vão à luta, mesmo que nunca tenham feito isso antes rsrsrs... tô doidinha pra ler esse livro.
    Beijos... Elis Culceag. 

    ResponderExcluir
  21. Parece ser um livro maravilhoso!!

    Beijo,www.estanteseletiva.com

    ResponderExcluir
  22. Oi Zilda,

    até que eu gosto de chicklit, mas apenas os que, como esse, não são bobinhos demais. Confesso que não tinha muita vontade de ler o livro, mas após conhecer a trama através da sua resenha, fiquei super interessada! E não tem nada melhor do que ler um livro divertido e bem escrito! Parabéns pela resenha!

    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Apesar de gostar do tema e achar a história interessante, eu tenho minhas ressalvas com esse livro e não é pelo gênero e sim por sempre ser descrito como perfeito. Ainda não li uma resenha que argumentasse sobre algum ponto negativo ou se aprofundasse mais e como eu tenho um pé atrás com  chick lit ainda não me aventurei.

    Beijos
    www.leitoraincomum.com

    ResponderExcluir
  24. Quero muito ler o livro, ainda mais por ser da editora Verus, uma das minhas preferidas.
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi, Zilda!!

    Que delícia de resenha! Amei demais!
    Muito obrigada, lindona!! <3

    Beijoooos

    Carina Rissi

    ResponderExcluir
  26. Oi Zilda, nossa que ótima resenha, e olha que comprei este livro tem pouco tempo..
    lendo sua resenha e vendo que vc leu durante 6 horas seguidas, eu fiquei imaginando, nossa esse livro é viciante mesmo, e eu adoroooo isso nos livros..
    é muiito bom!!!
    Estou a procura do primeiro livro desta autora, mais não estou encontrando para venda...

    Beijos Mila
    Resenha O ultimo Beijo (Esse tb foi viciante para mim ^^)
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Que lindo esse livro *-*

    Vou colocar ele agora mesmo na minha lista de livros desejados *-* 
    Gostei muito do tema, super fofo :)
    Parabéns pela resenha, ficou ótima!
    Beijinhos
    Renata 
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  28. Oie!!
    Vc so aumentou minha curiosidade, todos estao falando bem deste livro.
    Essa capa é linda né.
    Bjinhs*

    ResponderExcluir
  29. adorei...mais uma para minha lista de leitura....

    ResponderExcluir
  30. Eu amo esse livro, simplesmente demais.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto