|Resenha| O Eterno Barnes - Salustiano Luiz de Sousa @talentoslitbr

segunda-feira, junho 03, 2013


Doutor Barnes, um famoso neurocirurgião, começa a desenvolver na Universidade onde trabalha uma pesquisa científica tentando transformar os dados do cérebro em arquivos de dados, codificando-os de modo que possam ser copiados.
Com o avanço da pesquisa, acaba conseguindo copiar para o computador todos os dados de memória que formam o ser humano, como suas experiências, suas emoções, suas recordações, enfim, sua vida. Deslumbrado com a descoberta, começa a perceber que estes arquivos possuem uma estrutura totalmente diferente e uma sinfonia divina, e começa a ficar obcecado pela ideia de que seja possível copiar cérebros de um paciente para outro. Ao contrário do que deveria ocorrer, Barnes, cada vez mais, esconde suas pesquisas, pois seu objetivo passa a ser implantar seu próprio cérebro em outro paciente, mais jovem e sadio, pois está acometido de uma séria doença. Busca, desta forma, alcançar a tão almejada eternidade. Para isto, não mede as consequências de seus atos, que passam a ser justificados pela ambição que lhe domina. Conseguirá Barnes o seu intento?


Após um longo período letárgico, eis que termino a leitura de um dos livros mais maçantes que li durante o ano. A premissa do livro é interessante, mas o autor optou por conduzir a história por um caminho tortuoso e muito cansativo.

Narrado em terceira pessoa, o livro conta a história de Barnes, um neurocirurgião renomado que se dedica integralmente à pesquisa que promete mudar a sua vida. Barnes acredita ser possível transferir os dados de um cérebro para outro, perpetuando assim a sua própria existência. Apesar de todo seu conhecimento científico Barnes precisará da ajuda de James, um engenheiro que tem como tarefa decifrar todos os dados criptografados da pesquisa.

Extramente ambicioso Barnes ignora completamente a ética profissional. Capaz de tudo para conseguir a tal sonhada eternidade, ele não medirá esforços para alcançar seu objetivo. Como todo cientista que se preze, Barnes é um homem totalmente cético. O tempo de Barnes é curto já que um câncer no estômago o corrói por dentro aos poucos. Dessa forma ele precisa concluir a sua pesquisa o mais rápido possível para tornar-se eterno.

O Eterno Barnes é um livro que demonstra ser bem interessante desde a sinopse, mas que se perde completamente ao longo de sua construção.

Apesar de o livro contar a história de Barnes e de como ele conduzirá a sua descoberta científica, o livro possui histórias paralelas que envolvem todos os outros personagens que estão diretamente ligados ao personagem principal. Em certos momentos Barnes passa de personagem principal para secundário para a inserção dos demais personagens na trama.

Seguindo um ritmo lento a narrativa de Salustiano torna-se cansativa e enfadonha. A história em si poderia seguir um caminho bem mais interessante se, o autor não inserisse tantos pensamentos aleatórios e filosóficos ao longo da narrativa.

Para quem curte uma boa história de suspense talvez possa se interessar pela história, mas acredito que certas referências poderiam ter ficado de fora. Tive a impressão que estava lendo um compêndio tamanho a gama de informações e fragmentos utilizados na narrativa. De Confúcio a Vinícius de Moraes, de Fritjof Capra à Machado de Assis, entre inumeráveis outros filósofos, autores, artistas, etc. Também podemos identificar uma crítica plausível à religião no que diz respeito a eternidade do espírito.

Acho interessante tal colocação e aprecio uma abordagem filosófica, mas nada que possa prejudicar a fluidez da narrativa. Infelizmente, no caso de O Eterno Barnes tal recurso fora utilizado demasiadamente tornando a narrativa densa e prolixa.

A diagramação do livro é simples. A capa possui ilustrações em baixo relevo que representam células do DNA. Encontrei pouquíssimos erros de grafia ao longo da narrativa. Nada que prejudicasse o entendimento da leitura.

O Eterno Barnes é o tipo de livro que alterna entre o que há de bom e ruim: excelente escrita X termologia excessivas, personagens bem construídos X divagações desnecessárias. Após tantas divagações e filosofias vãs, eis que me pego a pensar: Ler ou não Ler. Eis a questão. Caso queira se aventurar desejo-lhe uma boa leitura.

* Livro cedido em parceria com o autor Salustiano Luiz de Souza.





FICHA TÉCNICA
Título: O Eterno Barnes - Viver para sempre pode custar caro
Autor: Salustiano Luiz de Sousa
Número de páginas: 248
Editora: Novo Século

Selo: Novos Talentos da Literatura Brasileira


Você também pode gostar

11 comentários

  1. Oii Zilda essa é a segunda resenha que leio desse livro, a primeira foi mais positiva, acho que deve ser um livro legal...mas ainda não me interessei a ponto de querer ler...parabéns pela ótima resenha...estava ansiosa por lê-la, para saber a sua opinião a respeito.

    BjOs!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. É, gostei da resenha, mas confesso que gostei do livro. Talvez eu estivesse num momento de ler essas divagações, talvez em outro momento eu não iria gostar. Eu curti justamente pelo lado filosófico do livro.
    Sua resenha como sempre está ótima!! A parte do ler ou não ler, eis a questão foi tudo!! rs

    Bjkasssssss


    Alessandra Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga!
    Eu ainda não tinha visto este livro, ele parece ser interessante, um assunto diferente, masnão faz muito seu estilo.
    Pela sua resenha ele me parece um livro pesado e maçante, acho que eu iria demorar séculos para ler.
    As referências parecem ser boas, mas cansativo.

    Adorei sua resenha!!!

    Tem resenha lá no blog.
    Beijos*

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha, mas o livro acho que não faz meu estilo!! Passa a impressão de ser uma leitura cansativa e meio enjoada.

    ResponderExcluir
  5. Entãooo...o que dizer? Tu chegou a ler a minha resenha né?
    Concordo com tudo, tudinho... pra mim o livro foi massacrante de se ler, tamanha infinidade de conceitos filosóficos. Achoq ue o autor deixou a história de lado e passou a filosofar, o que comprometeu muito a narrativa, a ideia da história é genial, mas o autor poderia ter pego um caminho diferente pra conduzir a trama....enfim, acontece...
    Adorei a resenha amiga...super sincera e bem embasada...

    Beijãooo

    TeLa
    Penseira Literária

    ResponderExcluir
  6. Oi Zilda, como falei em minha resenha, o livro tem uma premissa ótima, o autor escreve bem, mas acho que ele se perdeu um pouco na narrativa. Acho que só agrada mesmo a quem curte muito livros de ficção. Adorei sua resenha, bem completa e bastante sincera.
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  7. Humm tenho lido tantos livros mais ou menos nesses últimos tempos que agora eu só quero ler aqueles que forem bons do início ao fim, kkk.
    Um ótimo início de semana!
    Bjus

    Rafa
    Rafaelando.com

    ResponderExcluir
  8. A história parece bem interessante e a pouco tempo vi um filme com o enredo parecido e achei legal.
    Gostei da sua resenha, mostrando os pontos positivos e negativos da obra.

    ps: tem post novo lá no escuta essa
    http://escutaessa.blogspot.com.br/2013/06/lancamentos-literarios-harlequin.html

    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  9. Oi Zilda,
    Olha não leria este livro, não gosto de livros que te cansam, ou com narrativa enfadonha, até porque eu leria umas páginas e já ficaria com sono, este é o pior livro para mim...
    Talvez eu até abandonasse..
    Mais fez uma ótima resenha, muito sincera e adoro isso..

    Tem resenha nova no Daily
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Não coloco muita fé nesse livro. A capa não me agrada nem um pouco e a história também não parece tão legal.
    Ótima resenha. Foi super sincera em relação ao que achou do livro.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Oieee

    Dificil receber um livro em parceria que não agrada muito mas enfim parabéns por ter chegado até o final sendo a que a leitura foi dificil!

    Beijos

    Andressa
    http://livrosechocolatequente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto