Resenha: Obsessão - Maya Banks @QuintaEssencia1

sexta-feira, junho 07, 2013


Gabe, Jace e Ash são três dos homens mais ricos e poderosos do país. Eles estão acostumados a conquistar tudo o que querem. Tudo. Para Gabe, tudo significa realizar uma fantasia particular com uma mulher que era um fruto proibido - e que agora está pronta para ser colhida...
Quando Gabe Hamilton viu Mia Crestwell entrar no salão na inauguração de seu hotel sabia que iria para o inferno pelo que tinha planejado. Afinal, Mia é irmã de seu melhor amigo. Contudo, não é mais uma menininha. E Gabe já esperou muito tempo para colocar seus desejos em prática. 
Gabe já fez parte das fantasias de Mia há muito tempo, desde que era apenas uma adolescente com uma "paixonite" pelo melhor amigo de seu irmão. Mas o que pode acontecer 14 anos depois? Mia sabe que Gabe é como um sonho inalcançável, mas sua atração só fez aumentar ao longo do tempo. Agora ela é adulta, e não há motivo para não agir de acordo com seus desejos mais secretos.


Se você é um daqueles que ainda não se rendeu à literatura erótica por achar tudo "farinha do mesmo saco" é porque ainda não leu Maya Banks. Acredita que todos os livros do gênero repetem a mesma fórmula e que suas narrativas são cansativas e repetitivas? Não desanime! Maya Banks irá lhe provar o contrário.

Não estamos falando de uma escritora novata, marinheira de primeira viagem. Maya Banks é conhecida pelos seus romances de banca publicados aqui pela Harlequin. E graças à Quinta Essência tivemos acesso a esse trabalho primoroso.

Como fã incondicional do gênero posso afirmar que, Obsessão entra para a categoria dos melhores romances eróticos do momento. A narrativa de Maya é fluida e muito agradável. Seus personagens são apaixonantes e a maneira como ela nos surpreende ao longo da narrativa é fantástica. 

Em Obsessão somos apresentados ao casal Gabe Hamilton e Mia Crestwell. Gabe é amigo de Jace, irmão de Mia e mantém uma admiração secreta por Mia há muitos anos. Quatorze anos mais velho, Gabe espera Mia completar seus 24 anos para se revelar suas intenções. 

Mia também nutre o mesmo interesse por Gabe, mas jamais se pronunciara por achar que Gabe a desprezaria. Após a morte de seus pais, seu irmão Jace sempre estivera presente,  e devido a essa superproteção não passava pela mente de Mia qualquer aproximação com um dos seus melhores amigos.

Gabe é empresário e dono de uma grande rede de hotéis juntamente com Jace e Ash, amigos desde a época da faculdade. Gabe já fora casado e passara por uma decepção devastadora e fora, justamente Jace e Ash que estiveram ao seu lado durante o período mais difícil de sua vida. Devido ao fracasso de seu casamento Gabe é um cara completamente desiludido e frio no que diz respeito a relacionamentos. Para se assegurar que nada mais sairia do controle, todos seus relacionamentos eram tratados como um negócio, lavrados e registrados por um rigoroso contrato onde ele deixaria bem claro suas regras.

Tudo permaneceria o mesmo até o momento em que ele e Mia decidem expor suas fantasias reprimidas. Durante um evento organizado pelas empresas de Gabe, ele e Mia se aproximam e tem a difícil tarefa de conter seus impulsos e fantasias mais sórdidas. Num ritmo intenso de muito erotismo, Maya Banks apresenta uma história que irá mexer com a imaginação dos leitores.

Maya não faz rodeios. Utiliza-se de um vocabulário direto para descrever os momentos de intimidade do casal. Apesar de sua objetividade, sua descrição não soa vulgar. Ora, nada que um casal não faça entre quatro paredes. Por isso, nada de prejulgamentos. Leia-o de mente aberta.

Como havia dito anteriormente, Obsessão se destaca por fugir dos estereótipos. Nossa protagonista não é mais uma virgem que foge do macho alfa e contém todos os seus desejos, ou que passe o livro inteiro divagando entre o certo e errado no que diz respeito aos seus desejos sexuais. Mia é uma personagem adorável. Forte, decidida e sem reservas. Entrega-se ao desejo completamente. 

Gabe é incrível! Extremamente possessivo e ao mesmo tempo muito carinhoso. É um forte concorrente a tomar o lugar do meu queridinho mor “Gideon Cross” da série Crossfire, escrito por Sylvia Day. (Nunca imaginei que isso pudesse acontecer! Ou seja, Maya Banks me enfeitiçou completamente!)

Como todo bom romance erótico que se preze Obsessão traz todos os elementos necessários para agradar o leitor. Personagens cativantes e bem construídos, uma narrativa que intercala erotismo e romance na mesma medida deixando de lado os clichês e estereótipos que desfavorecem qualquer história. Confesso que, ao iniciar a leitura duvidei que Maya pudesse sustentar a leitura até o final. Pois sabemos que romances que priorizam o sexo por sexo e que introduzem determinadas práticas sexuais tendem ao fracasso. Felizmente, Maya não seguiu a mesma linha.

Algumas cenas poderão chocar uns e refestelar outros. No meu caso fico com a segunda opção. Mas o que diferencia Obsessão dos demais livros do gênero, com certeza será abordagem da autora em relação ao comportamento de Gabe. 
Maya conseguiu delinear muito bem a personalidade sádica e perversa de Gabe sem recorrer a um determinado trauma para justificar suas escolhas e práticas sexuais. 

Obsessão é um livro extremamente erótico que versa com o que há de mais romântico. Não há como não se apaixonar por Gabe e admirar a personalidade marcante de Mia. Os demais personagens secundários também se destacam na trama. Jace e Ash curtem um “Ménage à trois” e dessa forma, Maya deixa um fio condutor para provavelmente ser explorado nos demais volumes da série. 

Com um final memorável Maya Banks encerra o primeiro livro da trilogia conquistando facilmente seus novos leitores. Eis me aqui, ansiosa pelos demais livros da série Breathless. 
Leitura recomendada com direito a muitos confetes para Maya Banks!





FICHA TÉCNICA
Título: Obsessão - Série Breathless - Livro 1
Autor(a): Maya Banks
Editora: Quinta Essência 
ISBN: 8580447909 
Número de Páginas: 384 
Ano: 2013 
Edição: 1 


Você também pode gostar

11 comentários

  1. Hahahahaha Bela resenha! Acho que vou me empolgar nos coments... Eu li o livro, acabei ontem... Mas vou reler as ultimas 150 páginas antes de resenhar. Bem, no começo minha relação com Gabe foi difícil... Achei ele perverso, egoísta, frio e as práticas sexuais dele não condizem com minhas preferências... Acho um tanto exageradas, mas aprendi a respeitar desde a trilogia Luxúria. Porém Gabe vai além... Vc definiu bem aqui: "Maya conseguiu delinear muito bem a personalidade sádica e perversa de Gabe sem recorrer a um determinado trauma para justificar suas escolhas e práticas sexuais." O Gabe faz porque gosta, ele é assim é ponto... Logo ele nunca vai mudar, nem com aquele final... O que muda nele é o sentimento, a forma como encara e sustenta seus sentimentos. Isso é fantástico... Aquele final, clichê sim, mas PERFEITO, me conquistou... Chorei duas vezes Zilda... Uma de raiva e frustração por me colocar no lugar da Mia na cena que se passa em Paris e chorei novamente no final, de alegria... Pela forma como tudo termoinou... E sabe, na cena que chorei de raiva e frustração, percebi o lado do Gabe tb... Mesmo sentindo o que senti digo, ele sofreu mais que ela... Porque Mia é personagem feminina de livros eróticos mais forte que conheci até o momento... Seguida de Eva claro... Gideon continua sendo o meu queridinho desse batalhão de livros eróticos. E gosto de Gabriel tb, mas não considero o livro dele erótico... Então... Agora, não curtir ménage ou outras práticas BDSM, que aliás foram muito bem exploradas e descritas nesse livro, justamente por não ser um trauma e sim um simples gosto. Gabe e eu no começo foi difícil, mas depois, estudei, relevei, analisei e aplaudi de pé! Maya Banks arrasou... Gabe é bonito, gostoso, bom de cama e quando resolve deixar de ser egoísta ai a coisa engrena! hahahahahaha Excelente resenha, desculpe o texto longo! Mas adorei!

    ResponderExcluir
  2. Hohoh, isso sim é quente!
    Esse livro me chamou bastante atenção, mas foi apenas pela capa, quando vi que era erótico já fiquei no "aguardo", mas sem saber exatamente o que esperar. E como tu comentastes, um livro que é romântico, legal, acho muito importante essa mistura. Ah, e que papo é esse de “Ménage à trois” (tive que copiar da resenha, por favor, não é plágio, haha). Achei interessante, ainda não li nenhum livro que explorasse esse ato, tema, sei lá. Bem, digamos que eu fiquei curiosa para ler o livro, mas esse papo de mais um na relação, aí sim eu quero ver! Só lendo para eu comprovar se gosto ou não.
    Por favor, não pense que tenho mente de titica, puramente fechada, é que ainda (e nem sei se quero, literariamente falando) não me deparei com um ato desse. Mas confesso que fiquei curiosa, descrever um ato desse...
    Vim aqui e já perdi minha inocência.
    Tcs... tcs... tcs...

    ResponderExcluir
  3. Oi Zilda!
    Belíssima resenha amiga, explorando bem os pontos do enredo para as amantes do gênero. Me decepcionei com alguns eróticos que li, mas pelo visto esse tem um quê a mais.
    Beijos... Elis Culceag.
    * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  4. Oi amiga!!
    Que livro é esse??
    Eu meio que desisti do gênero, desde janeiro que não leio nada.
    Mas agora você me deixou morrendo de curiosidade, acho que irei ler, pelo que vc diz ela supera os outros livros do gênero.

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  5. Oie...\o/
    Flor não acredito que ele conseguiu te dividir com o Gideon Cross....minha nossaaaa deve ser incrivelmente bom mesmo. Mas não sei se ainda posso me separar ou deixar um pouco de lado o Cross, ele tem me feito muito bem, mesmo com todos os problemas estou apaixonada por ele...shuahsa...só eu mesmo, assim por causa de um personagem de livro...shauhsua....mas já sei que quando eu resolver seguir em frente sera com a leitura desse livro...ótima resenha Zilda....\o/....mas ainda chocada por o Gabe ser um forte candidato a ser substituído pelo Cross...beijokas elis!!!!

    ResponderExcluir
  6. Vamos ser sinceros: Você manda muito bem nas resenhas, você escreve de uma maneira que transmite sinceridade, continue assim. Bjs, sucesso!

    http://likelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Zilda, apesar de todos os elogios, e que é uma autora que surpreende eu não tenho interesse em ler esse livro, mais não é pela autora, admiro muito uma autora que consegue ser "diferente" que temos visto por aí em tantos livros eróticos, mais é porque não curto muito esses livros..
    Mais adorei ler sua resenha e conhecer um pouco de Maya Banks e este livro, quem sabe um dia eu resolvo ler.. ^^

    beijos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nenhum romance erótico porque é um gênero que não chama muito minha atenção, mas preciso confessar que esse parece ser ótimo!

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Uau!
    Preciso ler esse livro. Nunca li livros desse gênero e estou ansiosa pra começar.
    Adorei a resenha! ^^

    http://pensamentos-em-in-stantes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ha eu li , sabe até a parte de Paris estava legal . Mia é uma personagem muito legal , mas cara ninguem normal perdoaria oque ele fez ela passar em Paris . Depois disso para mim historia perdeu o gosto..

    ResponderExcluir
  11. Eu estou perdidamente apaixonado por essa historia apenas pelas resenhas que eu venho lendo. Não tem como não me interessar pela trilogia. O problema é que a minha lista de livros está cada dia maior. Adorei o seu blog e já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto