|Lançamentos| Grupo Editorial Record - Julho/2013

segunda-feira, julho 15, 2013

Olá, pessoal!

Sempre que o Grupo Editorial Record libera a lista de lançamentos eu tenho uma síncope. Vai me dizer que você também não fica aflito(a) diante de tantos lançamentos maravilhosos? Bem, eu fico e já corro para o Skoob para atualizar a minha lista de desejados. E que tal fazer o mesmo?



A BIBLIOTECÁRIA, de Logan Belle

A jovem Regina Finch acaba de chegar a Manhattan para trabalhar na Biblioteca Pública de Nova York. Mas o que parecia ser a promessa de uma rotina tranquila em meio a clássicos da literatura logo se revela um irresistível jogo de sedução quando ela conhece o envolvente Sebastian Barnes, investidor da instituição e um dos homens mais cobiçados da cidade , que fica obcecado pela beleza da bibliotecária . A até então ingênua Regina se entrega a um crescente e selvagem desejo que parece consumi-la mais a cada dia , uma paixão que despertará na jovem sensações jamais imaginadas. 






SANGUE E CHAMPANHE, de Alex Kershaw

O livro reconstrói a vida e a época de Robert Capa, o mais famoso fotojornalista do século XX. Capa teve suas fotos mais emblemáticas publicadas nas principais revistas do mundo, fundou a legendária agência Magnum e foi o primeiro a conferir à própria profissão uma aura de glamour e fama. Kershaw narra uma jornada emocionante que conduz o leitor da Budapeste fascista à Indochina francesa, passando pela Berlim nazista e os horrores da Guerra Civil Espanhola e da Segunda Guerra Mundial. Baseada em longas entrevistas com amigos e contemporâneos do grande fotógrafo, além de arquivos secretos soviéticos e do FBI, e outros materiais até então inéditos, esta biografia é tão empolgante e atraente quanto o próprio biografado.


1356, Bernard Cornwell

Setembro de 1356. Por toda França, propriedades estão sendo incendiadas e pessoas estão em alerta . O exército inglês — liderado pelo herdeiro do trono , o Príncipe Negro — está pronto para atacar , enquanto franceses e seus aliados escoceses estão prontos para emboscá-los. Mas e se existisse uma arma que pudesse definir o desfecho dessa guerra iminente ? Thomas de Hookton, conhecido como o Bastardo , recebe a tarefa de encontrar a desaparecida espada de são Pedro, um artefato que teria poderes místicos para determinar a vitória de quem a possuísse. O problema é que a França também está em busca da arma , e a saga de Thomas será marcada por batalhas e traições , por promessas feitas e juramentos quebrados . Afinal, a caçada pela espada será um redemoinho de violência , disputas e heroísmo .



À SOMBRA DAS ESPADAS, de Kamran Pasha

No final do século XII, Jerusalém está dividida, marcada pelo conflito entre o islã e o cristianismo. Encurralados no litoral da Palestina, os cruzados tentam resistir enquanto o vitorioso exército muçulmano liderado por Saladino marcha sobre a Cidade Sagrada. Mas a chegada de Ricardo Coração de Leão, rei da Inglaterra, renova as esperanças cristãs de retomar a Terra Santa, e o caos se instaura novamente. Em meio à guerra brutal e implacável, Saladino encontra alento e amor proibido nos braços de Miriam, uma bela judia com um passado trágico. Mas quando o rei Ricardo captura Miriam e se apaixona por ela, os dois homens mais poderosos da Terra enfrentam-se numa batalha pessoal que determinará o futuro da mulher amada por ambos e de toda a civilização.



A CASA, Danielle Steel

A advogada Sarah Parker tem uma vida profissional bem-sucedida e muito intensa, porém no campo pessoal vive sem grandes emoções. Sua rotina se resume ao trabalho e aos encontros de fins de semana com o namorado Phil. No entanto, após receber uma inesperada herança de um cliente cujo testamento ajudou a preparar, tudo pode mudar. A mansão onde ele morava a atrai de forma incompreensível e, nela, Sarah vislumbra algo maravilhoso. Danielle Steel captura com brilhantismo a corajosa escolha de uma mulher ao se entregar a um sonho — e a tudo que pode receber em troca.






A IMAGEM QUE O CIGARRO LHE DEU, de Luciana Carlos Gomes

Neste livro, Luciana Carlos Gomes destrincha a vida de seu pai, José Carlos Gomes. De jornalista de sucesso, autor da famosa coluna “Teen Age”, no Correio da Manhã, a um dos destaques de uma campanha antitabagista do Ministério da Saúde, em 2000, José Carlos Gomes passou por muitas reviravoltas dramáticas. Ele morreu aos 64 anos, em decorrência de uma trombose provocada pelo consumo excessivo de cigarros. O livro é um poderoso retrato de família e o relato franco e pessoal de uma filha que viu o pai ser consumido pelo vício.





O 4º ASSASSINO, de Matt Rees

Quando Omar Yussef chega ao apartamento do filho, Ala, no Brooklyn, onde vive uma comunidade palestina, depara-se com um corpo decapitado. A vítima era um dos amigos que morava com o filho. Por ser o principal suspeito e se recusar a dar um álibi, Alan é preso. Ansioso por provar a inocência do filho, Omar começa a investigar o caso seguindo pistas que remetem aos Assassinos, uma seita xiita medieval. Quando eram adolescentes em Belém, Ala participou de um clube com esse nome. Omar está convencido de que há uma conexão, mas o que ela significa? Ao aprofundar-se na investigação, ele acaba desvelando uma conspiração fatal de proporções internacionais.





É ASSIM QUE VOCÊ A PERDE, de Junot Díaz

É assim que você a perde é uma leitura viciante, que flui como uma conversa, uma confissão, na qual o narrador é um homem que não consegue evitar seus deslizes, que repetidamente se rende às tentações da carne. A primeira que ele ama também é a primeira que ele trai. Ao relembrar essa história Yuniur, um imigrante latino refém de seu sangue quente, dá início a uma inebriante expiação do desejo. Tudo começa com a menina Magda, traída por ele apesar de ser seu primeiro e verdadeiro amor, e culmina na mais recente traição do personagem que é simplesmente chocante, perturbadora, tanto para o leitor quanto para Yuniur — que fica abismado com sua própria canalhice.




O QUE FEZ MINHA MELHOR AMIGA, Lucy Dawson

Alice está cansada de ver sua vida social sendo tomada por fins de semana em casamentos e chás de bebê . E quando ela conhece a impulsiva Gretchen, sua vida ganha novos ares e fantásticas possibilidades. Porém , antes que Alice se dê conta , a nova amiga vira seu mundo de cabeça para baixo . Mas Gretchen não é o que aparentava ser e esconde um terrível segredo , que pode colocar muita coisa a perder e ensinar às duas bem mais do que elas desejaram saber sobre os desencontros das amizades femininas.







Rua da padaria, de Bruna Beber

A poeta mais badalada de sua geração faz aqui um comovente retorno às suas raízes, à sua infância, à saudosa rua da padaria - onde, na já longínqua década de 1990, tudo acontecia. Era lá que se pedia informação, que ficava o moço do bicho, que o ônibus passava. Bruna Beber cresceu na Baixada Fluminense numa época sem internet, sem celular, sequer TV a cabo tinha.
Para se divertir, as crianças precisam inventar. Aqui está retratado, em verso e prosa, uma doce era na qual se malhava o Judas, as bolinhas de papel causavam alvoroço na aula e mexer na macumba das esquinas do bairro era uma excitante tentação. E no meio de tudo isso, Bruna ainda faz um recorte para nos apresentar um romance em 12 linhas. É muito amor.



O JUGO DAS PALAVRAS, de Artur da Távola (poesia)

O jugo das palavras, testamento literário de Artur da Távola, reúne textos que o autor deixou inéditos em livro. Nesta obra da maturidade, são as paixões do poeta — a música, os amigos e os amores, a reflexão incessante sobre a vida — que movem sua poesia, mas o leitor encontra sobretudo o compromisso extremo com a literatura e seu fazer.











O EVANGELHO SEGUNDO HITLER, de Marcos Peres

Este é um romance notável de um leitor obcecado por Jorge Luis Borges a ponto de imputar-lhe uma infâmia que nem o próprio teria inventado: a de ter engendrado, com sua imaginação infernal, o fermento profético que possibilitou Adolf Hitler e o nazismo. O evangelho segundo Hitler faz aquilo que o borgiano Pierre Ménard fez com o Quixote de Cervantes: reescreve produzindo diferença.








O GRANDE GATSBY, de F. Scott Fitzgerald

Clássico da literatura e obra-prima de F. Scott Fitzgerald, O grande Gatsby é o retrato definitivo da próspera sociedade americana posterior à Primeira Guerra Mundial. Jay Gatsby, um milionário adepto a festas grandiosas e extravagâncias, nutre um antigo amor por Dayse, casada com o rico e insensível Tom Buchanan. Quando Gatsby se muda para a mansão ao lado de sua amada, Nick Carraway, vizinho de Gatsby, passa a observar os acontecimentos desse mundo de caprichos, riqueza e tragédias, tornando-se assim um dos narradores mais expressivos da literatura mundial.






A CADERNETA DE VICTOR FRANKENSTEIN, de Peter Ackroyd

Nesta releitura da obra-prima de Mary Shelley, o promissor cientista Victor Frankenstein desafia as convenções religiosas de sua época em busca de uma forma de deter a ação implacável da morte . Quando passa a frequentar um círculo de pensadores , o cientista se sente impulsionado a realizar a maior experiência de todas: ressuscitar um cadáver por meio de correntes elétricas. Porém , seu experimento apresenta consequências inesperadas quando a criatura se rebela contra seu criador e jura uma implacável vingança , colocando em perigo todos aqueles que Frankenstein ama .





NOVELELETAS, de João Vereza

Ousadia é a marca de Noveleletas, livro de contos vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2012/2013. Na era das fórmulas e da repetição, Vereza inova na linguagem e foge da chamada “literatura ajornalistizada”, nos transportando à região das Minas Gerais de Guimarães Rosa, Lúcio Cardoso e Cornélio Penna. Em seus relatos, Noveleletas nos traz não a verdade, mas a simulação da verdade. Fantasia e expansão do real que são, desde a primeira linha, o contrato sobre o qual a ficção se ergue.








O PARADOXO DA SERPENTE, Sílvio Fiorani (Ensaio)

Por que as epístolas de Paulo continuam atuais? O que Sócrates, Platão e Aristóteles têm a ver com o Cristo? Quais os antecedentes da atual crise moral da Igreja? Por que a sua concepção de Deus é herética? Por que o evangelho de João ignora a instituição da eucaristia e consagra a estranha “comunhão” dada por Jesus a Judas? Baseado nessas questões, o autor expõe a evolução do pensamento cristão desde seu passado grego até hoje. O paradoxo da Serpente é um livro necessário para se entender o cristianismo e prima pela leveza e qualidade literária, o que faz sua leitura prazerosa e acessível.



Editora Verus



PERDIDA, de Carina Rissi

Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam.
Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke.
Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...
Perdida é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página.




Viagem ao fundo do mar, de R. A. Montgomery

Nesta história, você é o personagem principal e deve tomar todas as decisões. Você vai encontrar perigos, obstáculos e encruzilhadas. Use sua inteligência e sua perspicácia e determine que direção tomar. A decisão errada pode acabar em tragédia – mas uma boa escolha pode levar você à glória!

Em Viagem ao fundo do mar, você é enviado às profundezas do oceano para buscar a cidade perdida de Atlântida. Será que ela existe mesmo, ou tudo não passa de uma lenda? Cabe a você descobrir, embarcando numa jornada repleta de criaturas estranhas, grutas escuras e até lutas pela sobrevivência!

E aí, pessoal! Quais lançamentos lhe interessaram? 

Você também pode gostar

9 comentários

  1. Nossa, são muitos livros!

    Estou com muita vontade de ler A Bibliotecária, 1356, A Casa (Amo Danielle Steel), O Que Fez Minha Melhor Amiga e Perdida.

    Beijosss

    Lana
    Hunters Culture

    ResponderExcluir
  2. SEGUIDOR: WILLIAN

    Excelente, alguns gêneros eu não curto muito, mas gostei da maioria, principalmente os de ação e polêmicos.

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga!

    Destes eu estou louca para ler "A bibliotecária", acho que ele tem tudo a ver comigo. rsrs

    Beijos*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Quero ler perdida ^^
    Adorei os lançamentos..

    beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nossa quero todos meu deus !!!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que livros liiindos! haha A bibliotecária e Perdida já entraram para minha lista de desejados *o*

    bjs, Laila Lizzy


    www.escritoriando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei os livros, Perdida da Carina Rissi está na minha lista, já li Procura-se um Marido e adorei!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Que legal que a Verus vai "re-lançar" Perdida, pois é um livro muito bom! Adorei uns 4 ou 5 lançamentos da Record, estão ótimos!
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oiii Zilda, então somos duas que ficamos doidas pelos lançamentos da Record, cada livro um melhor que o outro, na hora de solicitar então é um desespero só.

    BjOs!!!

    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto