Resenha: Easy - Tammara Webber @Verus_Editora

terça-feira, agosto 13, 2013


Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor.


Ser breve tem sido uma das tarefas mais difíceis quando o assunto é New Adult. Esse gênero que veio pra ficar e que vem deixando muitos leitores de cabelo em pé. Falar sobre o que nos agrada é ainda mais difícil do que falar do que nos desagrada. Pois ficamos numa situação bem complicada quando a vontade que temos é de esboçar em poucas linhas apenas interjeições e elogios inflados de amor a respeito do livro. Se existe uma frase que expressa muito bem essa sensação seria: _ Gente, que livro lindo! Maravilhoso! Perfeito! Sensacional! etc e blá-bla-blá. Mas de fato não seria justo e muito menos apropriado recomendá-lo com alguns adjetivos. Por isso quero expressar minha satisfação em falar de mais um grande sucesso publicado recentemente pela editora Verus. Escrito por Tammara Webber, Easy é a prova real que bons livros vêm surgindo para solidificar a ascensão deste gênero que vem conquistando mais leitores todos os dias. 

Easy conta a história sobre a perspectiva de Jaqueline, uma jovem musicista, linda e inteligente que namora Kennedy, líder da fraternidade. Seu relacionamento com Kennedy durara três anos e durante todo esse tempo, Jack acabou se tornando uma sombra do namorado. Frequentar uma universidade estadual estivera longe dos seus planos, já que sua escolha era seguir a carreira como musicista em uma orquestra, mas seguir Kennedy era a única coisa na qual Jack tinha como meta. Por esse motivo, quando Kennedy decide dispensá-la sem a menor consideração, Jack se encontra num beco sem saída. 
Após o término do namoro, Jacqueline descobre que sua vida social se resumia a companhia de Kennedy. E como se não bastasse Jack sofre uma tentativa de estupro de Buck, um colega de fraternidade do namorado. 

A vida de Jack tomará um rumo muito diferente do que ela almejava. Graças a Lucas, um aluno que cursa a mesma matéria que Jacqueline na universidade, que o ato em si não fora consumado. Sentindo-se completamente desamparada Jaqueline se isola por duas semanas das aulas. Após curtir uma fossa daquelas, Jack retorna a universidade para tentar retomar a sua vida pós-Kennedy. Prestes a ficar reprovada em Economia, coisa que jamais seria possível visto que, Jaqueline possuía excelentes notas. Jacqueline tem a difícil tarefa de recuperar suas notas e conviver com a presença de Lucas fazendo-a relembrar dos momentos de terror que passou nas mãos de Buck. A partir daí, Lucas passa a ser notado por Jack por todos os lados por onde anda.

A história de Jacqueline e Lucas começa a ficar interessante a partir desta troca de olhares e daí por diante a narrativa ganha dimensão. Primeiramente vamos esclarecer alguns pontos que não podem ser deixados de lado. Em primeiro lugar: Deixem as comparações de lado, por favor! Belo Desastre e Easy são completamente diferentes.Quem não curtiu Belo Desastre, poderá AMAR Easy e vice-versa. Portanto, muita calma nessa hora!

Travis e Lucas não têm absolutamente nada que em comum, a não ser seus corpos sarados e gostosos, e tatuagens que afloram nossa libido. Fora isso, eles são bem diferentes. Travis é cachorro louco. Obcecado, agressivo, extremamente doentio e por esse motivo que sou apaixonada por ele. Nenhum outro personagem foi capaz de despertar sentimentos tão ambíguos e contraditórios quanto ele. 
Lucas é o oposto. Apesar da sua aparente indiferença em determinados momentos, Lucas se demonstra um ser humano mais equilibrado, pé no chão, extremamente gentil e carinhoso. A relação que ambos mantém com seus respectivos alvos, digo: Abby e Jack são opostas. Por tais diferenças não sou a favor de comparações entre os dois livros em questão. Devemos nos deter apenas a classificação enquanto ao gênero a qual pertence. No mais, o leitor perceberá imediatamente diferenças gritantes sobre os dois. 

Levei muito tempo para me recuperar de Belo Desastre. Aquela sensação de ressaca e vazio se instalou e perdurou por longos dias e quando eu não imaginava passar tão cedo pela mesma situação eis que Tammara Webber me encurrala sem possibilidade de defesa. Fui pega de surpresa. Estive na retaguarda por muito tempo. Outros me tentaram persuadir. Noah ( No Limite da Atração) passou por mim e deixou sua marca, nada tão significativo como Travis, mas Lucas definitivamente irá deixar sua marca muito mais forte. Digo isto ressaltando a sua gentileza e doçura além dos músculos e sua incontestável virilidade.

Você deve estar se perguntando o porquê de tantas comparações a outros protagonistas do gênero? Ora, para entendermos o que difere Easy dos demais livros é preciso partir de suas características mais importantes, se não cairíamos na armadilha de dizer que é tudo farinha do mesmo saco. E certamente não é. 

O gênero New Adult se caracteriza por narrar conflitos que atingem a fase de transição da adolescência para a maturidade, visto que a idade desta transição difere entre jovens daqui para os jovens dos Estados Unidos, por exemplo. O primeiro emprego, o ingresso na faculdade, os conflitos familiares, o sexo, todos esses assuntos são abordados com mais naturalidade e principalmente, eles são abordados sem a superficialidade recorrente dos livros YA. 

Eu poderia passar dias falando a respeito e escrevendo inúmeras listas para destacar a sua importância dentro da literatura, mas o que realmente importa é frisar a importância de Easy dentro do cenário atual. Tammara Webber reuniu vários desses elementos para compor Easy, mas o que leva a autora a categoria dos autores dignos de atenção foi a acertada escolha em inserir um assunto tão delicado a sua narrativa. Falar de estupro nunca foi fácil e, acredito que muitos ainda se sentem desconfortáveis com o assunto. E por esse motivo devemos prestar bastante atenção ao livro. 

Como é comum a qualquer livro que se destaque muitas pessoas tendem a nivelá-lo ou até mesmo compará-lo dizendo que Easy trata-se de mais um New Adult. Como fã do gênero em questão, afirmo dizer que não é este o caso. Após conhecer alguns livros que fazem parte do gênero posso destrinchar as diferenças entre cada um deles, e por esse motivo afirmo que Easy é um livro completo. Eu estaria sendo leviana se não expusesse o que muitos se questionam. Easy é um livro que explora quase todos os elementos presentes no gênero. Porém, Tammara escolheu centralizar seu romance no comportamento de seus personagens. 

O sexo, na maioria das vezes tão focado neste tipo de narrativa fora inserido de forma bem idealizada, quase subjetiva. Não que as cenas de sexo não tivessem tanta importância, pois sabemos que assim como na adolescência, na maturidade ele é tão valorizado quanto. Mas o fato é que a autora decidiu não explorar o assunto como se fosse a mola propulsora que despertasse o interesse do leitor. 
Partindo do ato criminoso de Buck, o sexo com responsabilidade ou sexo tido como arbitrário, ambos são abordados com profundidade e, não apenas como um ato explosivo e puramente instintivo. Vale acrescentar que falar sobre o assunto estupro numa narrativa onde o romance deve ser destacado é tarefa muito difícil. 

Não posso negar que durante a leitura me comportei como uma típica adolescente emitindo sons incompreensíveis e soltando suspiros a cada palavra proferida por Lucas. Isso sem contar as cenas extremamente sensuais e envolventes que só a autora poderia escrever com tamanha simplicidade. Coisas do tipo: “Ai, meu Deus”, “Nossa Senhora”, “Ai, Jesus” , ou seja, a blasfêmia nunca foi tão praticada nos últimos tempos. Levantar o nome do senhor em vão é pecado, mas pecado mesmo é o que a autora faz com o leitor. De um jeito simples, Tammara nos conquista com sua escrita fluída, gostosa e quase despretensiosa. Levei mais tempo do que gostaria com o livro, mas o que realmente eu não desejava era que o livro terminasse. Por mais que eu interrompesse a leitura propositalmente era difícil se desligar da narrativa sem maiores traumas.

Gostaria de ter a oportunidade de dizer para a autora: Muito obrigada! Muito obrigada por me proporcionar tamanha alegria. Alguns de vocês devem estar se perguntando se Easy é o melhor livro do gênero? A resposta é não. Apesar de tantos elogios e recomendações, Easy deve ser intitulado como “um New Adult especial”. Faltou pouco para que ele de fato ocupasse essa posição. Em determinados momentos senti falta de mais ação, ou pelo menos mais tensão entre um diálogo e outro. Mas fora isso, ele corresponde todas as expectativas. 

Outro ponto importantíssimo foi a construção dos personagens secundários. Erin, a melhor amiga de Jack tem sua importância dentro da narrativa assim como a personagem principal. Normalmente, alguns autores decidem explorar tais personagens com superficialidade. Não é o caso de Erin que tomou as rédeas da situação e se mostrou muito mais do que apenas um rostinho bonito com uma personalidade fútil. Tammara destaca o valor da amizade e reafirma o conceito de que as aparências enganam, e muito. E como não poderíamos esquecer Jaqueline. 

Como de costume em romances do gênero a mocinha aqui não é ingênua e tampouco frágil. Jack demostra ser muito mais forte do que aparenta. O trauma vivido pela personagem e a maneira como ela optou conduzir sua vida após o incidente é o reflexo do que realmente acontecem todos os dias com vítimas de estupro. Por isso, Tammara foi cautelosa e ao mesmo tempo incisiva ao descrever os conflitos gerados para compor sua narrativa. 

Mas nem só de tensão é feito o livro. Os trechos mais descontraídos ficam a cargo de Erin que, com suas teorias machistas e conservadoras tornam a vida de Jaqueline muito mais alegre:

"Olha, homens são como cachorros. As mulheres sabem disso desde o início dos tempos. Homens não querem ser perseguidos, eles perseguem. Assim se você quiser pegar um deles, você terá que saber como fazer com que ele persiga você."
Kennedy, o ex namorado de Jack não merece nem consideração, pois demonstra ser um jovem extramente frio e calculista. O oposto de Lucas – “o genro que toda mãe gostaria de ter”. Ou não. A quem julgue as pessoas por sua aparência e por esse motivo Lucas poderia facilmente ser julgado. As tatuagens exibidas em seu corpo traduzem muito bem essa dicotomia entre a sua aparente agressividade e doçura. 

O perfil traçado por Tammara faz com que o leitor se apaixone pelo personagem. Apesar de Lucas ser um atrativo e tanto para que o leitor seja envolvido dou os maiores créditos a Jaqueline. A autora provou mais uma vez que para construir uma narrativa sólida e envolvente não é preciso recorrer ao caricato; que personagens femininas não necessariamente precisam ser frágeis e ingênuas, e na maioria das vezes incoerentes com suas atitudes para provar que podem superar seus traumas. E como não poderia deixar de citar que, ceder ou não aos encantos dos mocinhos é algo completamente plausível diante das circunstâncias. Transitar entre sentimentos tão intensos é tarefa para poucos. 

No mais deixo minha admiração pela autora. Pelo seu cuidado, empenho e dedicação na composição de um livro tão incrível. Difícil é conseguir suprimir a saudade que Easy deixará. A autora disse que pretende escrever uma continuação sobre a perspectiva de Lucas. *para nossa alegria 
Em tempos onde tantos autores recorrem a infindáveis séries para surrupiar nossos bolsos isso é de extrema importância.

Em suma, indico a leitura a todos os leitores sem contraindicações. Aos que ainda não se aventuraram a conhecer o gênero, Easy é uma excelente escolha. Aos fãs do gênero certamente o livro agradará apesar de, Easy ocupar um lugar modesto entre os livros do gênero. Pelo menos por aqui ele vai galgando o segundo lugar entre os melhores livros do gênero lançados até o momento.
Leitura fácil e extremamente viciante Easy pode facilmente se tornar um dos seus queridinhos.




FICHA TÉCNICA
Autor(a): Tammara Webber
Editora: Verus
ISBN: 9788576862468
Ano: 2013
Páginas: 305

Onde comprar

Você também pode gostar

54 comentários

  1. Surtando por aqui,estou com esse livro a tempos,mas nem dei bola para ele,como estava enganada.

    Depois de ler sua resenha vou jogar minha lista paraq o alto e atracar com Easy e como você suspirar e blasfemar bastante por Lucas.

    AMEI a resenha!!


    bjsss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Adorei a sua resenha e fiquei mais curiosa em ler Easy.
    Geralmente começo a ler resenhas e só leio o primeiro paragrafo pois morro de medo de spoiler e tbm tenho preguiça... Mas você escreveu sutilmente e de uma forma muito simples.
    Parabéns! Adorei a forma como citou os personagens e principalmente a forma que você demonstrou que ele não é parecido com os outros YA.
    Parabéns mais uma vez Zilda!
    Já estava na minha lista, agora então é prioridade! rs

    Bjs
    Niii
    http://amordelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Hahaha...que bom, Bia! Easy merece esse esforço..kkk
    Acredito que você vá gostar bastante.
    Boa leitura e muito obrigada pelo carinho de sempre.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Eu já estava ansiosa pra ler o livro antes mesmo de ler alguma resenha sobre a obra. O gênero New Adult também me seduziu de jeito e acho que a maneira como a maioria deste tipo de livro vem apresentando situações diversas e ainda assim, possíveis, acredito que muita coisa original ainda virá. Adorei o paralelo que você fez entre belo Desastre e Easy, embora Belo desastre tenha deixado em mim uma série de interrogações, acho que foi um dos primeiros do gênero que eu li, logo, se continuo amando livros com este perfil, claro que gostei. Será com certeza minha próxima leitura!

    ResponderExcluir
  5. Oi Zilda! Primeiramente impressionado com o tamanho da sua resenha e surpreso em ver que ela não foi enfadonha em nem um momento, o que acontece as vezes com quem faz resenhas grandes mas não sabe o que dizer - o que não foi seu caso. Ficou tudo nu grau muito acima de nos deixar curiosos, eu pelo menos estou mega curioso para ler esse livro. 'Belo desastre' e 'no limite da atração' ainda não li, mas já to com os dois aqui na fila de espera. Só não sei agora que coloco na frente, rsrsrs. Parabéns, excelente resenha.

    www.cabanadoslivros.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi amiga!

    Resenhei este livro ontem, terminei de ler no domingo. Eu tbm adoreii o livro assim como gostei de Belo desastre, mas sei lá, os personagens não me conquistaram e por isso não favoritei.
    Mas o livro é ótimo.
    Adorei sua resenha!!

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  7. Eu sou completamente apaixonada por esse livro! E mais ainda apaixonada por New Adults, sou completamente viciada nesse gênero literário.

    Parabéns pela resenha flor!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Que resenha Zilda! Esse livro está dando o que falar e o que sentir! Estou com ele aqui e gostei muito das comparações (ou melhor diferenciações) entre Easy e Belo Desastre e entre Travis e o personagem de Easy! Eu amei Travis. Mas acho que cada personagem é único e não gosto de mais do mesmo... Logo adorei tudo que vc citou e comparou e quero conhecer esse casal e sua história! Acho que vou me surpreender! Excelente resenha!

    ResponderExcluir
  9. Oi quero ler esse livro o mais urgente possível!
    Ele esta sendo falado muito bem em vários blogs, tenho que ler urgentemente!!!!
    Bjs, me segue por favor se ja segue ignore!E comenta por favor ajudaria muito.
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2013/08/cores-de-outono.html

    ResponderExcluir
  10. Depois dessa resenha, ele já é meu preferido!!
    Estou com ele aqui, começo a ler semana que vem, e estou apaixonada já!!♥
    Você é tão perfeita nas suas resenhas!!! Fico assim, babando, aparvalhada mesmo. Amo muito!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Aaaah finalmente uma resenha maravilhosa de Easy, depois de tanto especular sobre o livro rsrs
    Minha única preocupação: AMEI Belo desastre... Será que não vou gostar de Easy? Pela resenha parece meio impossível rs
    Beijos

    www.meumeiodevaneio.com.br

    ResponderExcluir
  12. Zilda, você me fala de Travis e Noah em uma resenha e fala que o Lucas tá equiparado ali? Sério, como você pode fazer isso com uma pessoa?? ASUHAHSUAHSU Quase morrendo aqui! Agora vou ter que passar esse livro na frente de todos.

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  13. Olá Zilda,

    Por mais que leio elogios desse livro não me desperta interesse, parabéns pela resenha....abraços.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. O livro é muito, muito gostoso de ler. Recomendadíssimo!

    ResponderExcluir
  15. Oi Zilda, eu li vc sabe né, mais não posso fazer comparações com o tão famoso Belo Desastre, apesar de ter na minha estante eu ainda não consegui pegar para ler..
    Amei sua resenha e seu ponto de vista sobre os "New Aduls"
    Lucas é de dar suspiros mesmo.. Aí eu amei esse livro..

    Beijos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. De todos os que li, Easy foi o que mais me envolveu (depois de Belo Desastre... hihi) a forma que a autora fez a Jack, ops, Jaqueline foi bem interessante, afinal muitas pessoas se perdem quando começam a namorar...
    Outro ponto que me interessou, e que vc abordou na resenha, foi a forma que ela mostrou como a vítima de um quase estupro reage, eu torci o máximo que pude para que a Jaqueline tivesse mais força para enfrentar o Buck...

    O Lucas é tão perfeito... aiai... e por mais que eu ame o Travis, o jeito louco dele me preocupa um pouco... rs
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  17. Esse livro é perfeito!! Super bem desenvolvido, casal de protagonistas que realmente cativam. Sem contar em Lucas que own, dá vontade de levar pra casa!!

    ResponderExcluir
  18. Nossa que resenha maravilhosa! Eu adorei "Belo Desastre" e achei que nenhum livro poderia chegar perto dele, mas pelo visto eu me enganei, pois tenho visto muitas críticas positivas sobre esse livro. Sua resenha me despertou ainda mais o interesse de ler "Easy" e com certeza ele entrou na minha próxima lista de compras :D

    Beijinhos.

    www.doceabril.com.br

    ResponderExcluir
  19. Ahhh fiquei mais DOIDA ainda pra ler esse livro tão comentando nos últimos meses.Adorei a resenha e fiquei mega empolgada pra suspirar também pelo Lucas *-* :)

    ResponderExcluir
  20. Ótima resenha!!! Louca para ler esse livro - ainda mais agora!!! Por isso, super participando da promoção!!! :)

    ResponderExcluir
  21. ótima resenha pela história me pareceu um pouco com uma série antiga chama "Felicity" (acho que é assim que se escreve, faz tempo que vi)que uma garota vai para a mesma faculdade de sua paixão mas chegando lá as coisas mudam. Bom gostei da série, e acho que vou gostar desse livro. Um abraço. Amanda Ramos

    ResponderExcluir
  22. Adorei a resenha *-* e acabei ficando com mais vontade de ler o livro *-* huashuashua

    ResponderExcluir
  23. A primeira vista eu não daria muito por este livro, apesar de ter gostado da capa. Você até me fez ficar interessada nele. Nunca vou enjoar deste estilo de livro, hahahaha. Lerei ele com a oportunidade, com certeza. Sua resenha está ótima. Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Eu estava receosa com a história do livro, pensei que seria pesada. Mas depois da sua resenha, percebi que estava enganada. Se antes, estava em dúvida, agora eu quero ler!!!!!!
    Beijos.
    Cila- Leitora Voraz

    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Se eu já estava louca para ler Easy, depois desse resenha não tem nem comparação.
    Foi Beautiful Disaster que me trouxe a esse universo maravilhoso do New Adult, The edge of never já tem o seu espaço nos meus favoritos e agora será a vez de Easy, com toda certeza.
    PS. Amei sua resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
  26. Eu tenho lido resenha que falam que o livro é cheio de altos e baixos e acaba fi ando inconstante, mas sua resenha foi mais positiva. Acho que com personagens bacanas e bem construídos e um bom enredo, não tem como dar errado.

    ResponderExcluir
  27. Eu já li muitas resenhas de Easy mas esta COMPLETA!
    Nenhuma resenha falava tanto dos personagens nem do ex da Jack, gostei disso!
    Eu estou como você, ressaca literária depois de ler belo Desastre e não me recuperei ainda :(
    Quero ler o livro por ser um new adult, não só esse como métrica e No limite da atração que estão na lista ( já leu? ) Mas gostei do seu comentário que diz que o livro não é apenas um new adult ele é completo oque me deixou com mais vontade de ler ainda!
    Parabens pela resenha
    beijos
    tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Resenha muito boa,me deixou ainda mais louca pra ler esse livro, estou simplesmente apaixonada pela história e pela capa. PRECISO ler esse livro *---*

    ResponderExcluir
  29. Me encantei por esse livro primeiro pela capa, me passa uma boa química entre o casal!
    Depois só li resenhas positivas e você foi a primeira dizer que não é parecido com Belo Desastre.
    Eu não li nenhum dos dois, então sairei no lucro!
    Na verdade acho que não li nenhum New Adult ainda!

    Bem to torcendo pra ganhar!
    Beijos
    soueupri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. O lucas é perfeito depois do Travis é claro.

    ResponderExcluir
  31. Amei essa resenha e o livro eu estou loucamente louca para ler! Já me apaixonei pela capa envolvente e o Lucas pelo jeito é um personagem incrível *-*

    ResponderExcluir
  32. Oi flor A história gira em torno da personagem devastada pelo término de um namoro e ela precisa se reencontrar, superar esse relacionamento e lutar por tudo que deixou de lado por ele. E é nesse momento, de fragilidade e confusão, que ela sofre uma tentativa de abuso sexual e encontra o homem que vai mudar sua vida de cabeça para baixo. Entre os conflitos internos vivenciados pela personagem principal surge um romance de tirar o fôlego. Como não se apaixonar por um homem assim? Intenso, preocupado, centrado, vulnerável… Acredito que no livro os personagens são envolventes e existe uma abordagem intensa sobre temas polêmicos, fortes laços de amizade,sobre o crescimento pessoal que o término de um relacionamento pode acarretar, sem mencionar os problemas familiares. A narrativa da autora se apresenta envolvente. Acredito que Easy é mara!!!! Bjus

    ResponderExcluir
  33. SEGUIDOR: WILLIAN


    A história parece ser bem envolvente, cativante, como bem nos demonstra a resenha muito bem escrita.

    ResponderExcluir
  34. Quero ler esse livro, tipo agora JHASHASUAHSUAHSUSH

    ResponderExcluir
  35. Que bom que li essa resenha. Eu já tinha visto esse livro em vários lugares mas nunca tive vontade nem de ler a sinopse. Mas agora eu vi que a história deve ser incrível mesmo! Agora sei que se tiver essa oportunidade, é melhor não deixá-la escapar.

    ResponderExcluir
  36. Olá! Ainda não li nehum New Adult,mas tudo me leva a crer que este sera o primeiro(principalmente se eu ganhar a promoção hahaha), adorei o enredo,e acho que vou ter que providenciar a leitura o mais breve possivel.
    karollopes81@hotmail.com

    ResponderExcluir
  37. SEGUIDORA: ANDRESSA NUNES

    A história parece ser bem envolvente, com um bom ritmo, prendendo a atenção do leitor até a última linha, uma boa pedida.

    ResponderExcluir
  38. Ooohhh, que delícia de livro, estou querendo ler ele desde que lançou :B E esse garoto tatuado aí, hein? (♥). E oh, tbm quero me comportar como uma adolescente lendo ♥♥♥

    Agora que terminei de ler Fale!, Easy seria uma boa pedida pra esse tema de estupro.

    Beijooo!

    ResponderExcluir
  39. Eu estou apaixonada por esse livro, além de ser meu tipo favorito de livro. A resenha esta ótima.. faz com que a gente queira ler da primeira pagina á ultima. Eazy promete!

    ResponderExcluir
  40. Preciso falar que adorei a historia que a autora criou?! Ela é bem to tipo que eu adoro *-* Já estou curiosa pra conhecer Lucas e saber sobre seus misterios, (sonhando com o cara já) ADOREI ADOREI, simplesmente isso a disser sobre o livro!

    ResponderExcluir
  41. Pela resenha pude perceber que este livro é show.É bem o tipo de livro que gosto de ler. Participando e agradecendo ao blog pela promoção.

    ResponderExcluir
  42. show de resenha!
    o livro de início parece parado, mas vai ficando super interessante... o Lucas ja me parece bem encantador! hahahaha..
    realmente o livro é otimo, aborda varios Assuntos, e um baita romance despontando!
    quero ler!!!

    bjoo

    ResponderExcluir
  43. Já faz bastante tempo que quero ler Easy *-*

    Sei que vou me apaixonar pelo Lucas, por ele ser taaao fofo *_*
    Ps: Também sou mega apaixonada pelo Travis <333 rs

    Estou mega curiosa *-*

    Beijos, Indy.

    ResponderExcluir
  44. Essa história parece que é super envolvente, gosto muito de livro desse tipo. E também esse livro faz parte da minha meta de leitura.

    ResponderExcluir
  45. Amiga to louca para ler esse livro, ainda mais sua resenha descrevendo o desenrolar e as sensações, o nome do livro faz jus ao nome Easy, a capa tbm é muito bonita realmente a autora soube aproximar a gente da história!!!!!
    bjkas

    ResponderExcluir
  46. Nossa eu já estava com vontade de ler esse livro, depois de ler essa resenha então fiquei super ansiosa para me delicia com essa história!

    ResponderExcluir
  47. Eu li esse livro no ano passado e curti bastante a história, porém achei que ele teve altos e baixos. Lucas realmente é um fofo e assim como você suspirei por ele e suas tatuagens. Gostei bastante dos assuntos abordados no livro pela Tammara, que já está programando um novo livro de Easy mas contado agora sobre a respectiva do Lucas!!

    ResponderExcluir
  48. Ah, depois dessa resenha... Quero muito ler Easy!!!
    Tbm senti um vazio depois que terminei Belo desastre, pois amei!
    Sua resenha ficou ótima, só me fez ter mais vontade de lê-lo! E eu espero ler logo!



    ResponderExcluir
  49. Ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro desse gênero, mas sempre leio resenhas positivas em relação a eles. Os temas abordados são bem interessantes. Em relação a "Easy", achei a autora bem corajosa por abordar um tema tão pesado como estupro, mas, pelo jeito, a autora soube muito bem trabalha-lo. Outro fato interessante é a ótima construção de personagens secundárias. Enfim, estou bem curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  50. Eu AMO esse livro!!! A história é envolvente e os personagens então, nem se fala! Tammara é realmente incrível. E essa continuação sobre a perspectiva de Lucas, quando será que sai, hein???!!! Já estou ansiosa!!!
    Adorei sua resenha! Bjss

    ResponderExcluir
  51. Gostei muito do livro quando li a sinopse pela primeira vez. Lendo agora com mais calma e atenção a sua resenha,posso afirmar que é o que vou ler nesse momento. Adoro este tipo de leitura New Adult.

    ResponderExcluir
  52. Amei a capa do livro e quando li sua resenha fiquei encantada, a história é realmente envolvente.

    ResponderExcluir
  53. sua resenha faz muito jus ao livro, ai ai Lucas

    ResponderExcluir
  54. Zilda do céu, nem sei o que comentar nessa resenha...
    Dizer que corri no skoob pra colocar na lista de leitura? Dizer que provavelmente será minha primeira compra de livro de março? Dizer que eu já conhecia o livro mas depois da resenha virou questão de necessidade ler?
    Mulher, tá de parabéns, só o que posso te dizer :D

    Beijoux ;*
    @pirulitolimao | http://agarotadalivrariia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto