|Resenha| A Vivência de Clarisse - Isabella Danesi @NovoSeculo

segunda-feira, fevereiro 17, 2014


Era para ser um simples intercâmbio na Inglaterra, se não fosse o fato de Clarisse ficar hospedada na casa de sua amiga Gio, uma garota que namora nada mais, nada menos do que um dos integrantes da banda Flight 08 , de quem é fã, assim como outras garotas também.
Igual a um sonho maravilhoso, a brasileira conhece e acaba se envolvendo com Mark, um dos vocalistas da banda. Porém, como saber se realmente essa ficada é para valer ou não? Como é difícil o amor nessa fase da vida! Ainda mais quando o famoso vocalista é cobiçado pela maioria das meninas, que rejeitam e até invejam a estrangeira que, aparentemente, conquistou o coração... do líder do Flight 08. Mais do que uma viagem até outro continente e outra cultura, A vivência de Clarisse é uma jornada para dentro de si mesmo, em que os conflitos da personagem são postos à tona, de forma profunda, sensível e cativante. 


Sabe aquele livro que desde o início lhe deixa meio confusa em relação aos seus critérios de avaliação? Digo isto porque sou uma pessoa que gosta de esmiuçar todos os detalhes de um livro: escrita, diagramação, revisão e etc. No primeiro momento A Vivência de Clarisse me causou um leve incômodo. Calma, eu lhes direi o motivo pelo qual me senti tão incomodada.



O primeiro impacto relativamente desagradável fora a escrita utilizada por Isabella Danesi. Não que eu adote uma escrita formal e elitizada como padrão, mas foi a simplicidade empregada pela autora que não me agradou. Porém, vale fazer uma ressalva muito importante. Pude perceber ao longo da narrativa que o estilo escolhido pela autora fora totalmente adequado e proposital, já que o livro conta a história de uma jovem de apenas 17 anos.


Como o livro é narrado em 1ª pessoa isso faz todo o sentido. Sendo assim é difícil imaginar que uma “adolescente” falaria de outra forma. 
Ao dizer que a linguagem do livro é simples não estou afirmando que ela seja pobre. Pelo contrário. Isabella Danesi apresenta ao longo das 231 páginas de seu romance uma narrativa rica em detalhes históricos. E vai além. Convida o leitor a refletir com a personagem sobre seus medos, falhas e inseguranças.

No primeiro capítulo a personagem se apresenta e nos revela como conhecera Giovanna, uma amiga inglesa que veio passar uma temporada em sua casa. Após alguns meses convivendo com Gio, Clair decide fazer um intercâmbio na Inglaterra. Clair hospeda-se na casa de Giovanna e tem a oportunidade de conhecer bem de pertinho os seus grandes ídolos: a banda Flight 08 composto pelos rapazes: Mark Rush, Scott March (namorado de Giovanna), Brian Polow e Anthony Ruver. 

O pai de Giovanna era empresário da banda e Giovanna namorava Scott há mais ou menos três anos. O fato de Gio estar tão próxima dos rapazes faz com que Clair tenha a possibilidade de conhecer o cotidiano de seus ídolos. Parecia um sonho. Que garota não gostaria de estar pertinho de seus ídolos? 
Só que as coisas não saíram como Clair imaginara. Longe de sua família e de seus amigos, Clair tem de se acostumar a uma nova língua e costumes totalmente diferentes de sua cultura. Além das dificuldades existentes de se estar do outro lado do oceano convivendo com pessoas tão diferentes, Clair tem que aprender a lidar com sua insegurança. A jovem que antes tinha em sua família um porto seguro agora precisa saber se virar sozinha.

Londres realmente é uma cidade encantadora e podemos perceber isso graças a minuciosa descrição da autora. Isabella Danesi nos apresenta os principais pontos turísticos da cidade fazendo um verdadeiro tour com o leitor. É impossível não se encantar com a cidade. Também pudemos conhecer a maneira como os ingleses enxergam os brasileiros. O legal disso tudo foi que a autora não deixou de expor o preconceito vivido pelos brasileiros. 


Em vários trechos ao longo da história a personagem descreve os pontos turísticos passando por praças e museus mais visitados.
O hábito de tomar chá as cinco e o de frequentar pubs também não ficaram de fora. Foi muito legal comparar os nossos costumes com os costumes dos ingleses. Isabella Danesi nos apresenta a uma Londres cheia de beleza e muito riqueza. E por fim, não poderia faltar um romance digno de conto de fadas para agradar aos leitores apaixonados de plantão. 
Ao conhecer Mark, Clair tivera uma impressão muito negativa do rapaz, mas o sentimento que os aproxima é mais forte. Obviamente que ao longo da narrativa vamos torcendo pelo sucesso do casal.

A Vivência de Clarisse é um livro despretensioso, simples, com uma narrativa leve e agradável. Uma das coisas que mais me chamou a atenção foi perceber a maneira como a autora conduzira a história. Temos a leve impressão que estamos lendo um diário, aqui no caso, de uma viagem de intercâmbio. Em algumas situações o narrador dialoga com o leitor convidando a participar da história. São pensamentos soltos, perguntas sobre um determinado assunto abordado que fazem a narrativa ter a semelhança de um diário.
Apesar de toda previsibilidade, A Vivência de Clarisse nos serve como uma grande lição de luta, dedicação e perseverança.

A personagem também tem seu momento filosófico e compartilha com o leitor seus anseios e questionamentos sobre como enxerga o mundo em relação a religião, ao sexo, a política educacional exercida no Brasil e na Inglaterra, e discute alguns pontos sobre o relacionamento familiar.
São tantos os pontos positivos em relação à leitura que os pontos que poderiam ser melhorados passam despercebidos. De qualquer maneira é bom atentar para aqueles pequenos incômodos que ocorrem durante a leitura. 

Foi bem legal poder acompanhar o amadurecimento da personagem aos poucos. E, isso faz toda a diferença já que ninguém amadurece de um dia para o outro. Ainda que o livro seja relativamente curto para tantos acontecimentos a autora soube transcorrer com a narrativa sem maiores abalos. 

A diagramação do livro é especialmente linda e delicada. A capa do livro é belíssima. Como a história de Clarisse é totalmente musical não poderia faltar uma imagem que tivesse uma correlação. Entre a apresentação dos capítulos temos a imagem de um violão para ilustrá-los. 


Quem curte música tanto quanto livros irá se deliciar com citações feitas pela autora ao longo do livro. A música favorita dos Flight 08 de Clair é Stay With Me, tema que embala o relacionamento de Clair e Mark.

Por tratar-se de um romance juvenil acredito que o público alvo irá se identificar imediatamente. Eu que já passei da casa dos trinta me vi totalmente envolvida com a temática e seus personagens. O legal é viajar no tempo e poder relembrar que também já tive a minha época de “girl boy band”. Bem, confesso que depois do surgimento das bandas One Direction e Wanted minha paixonite aguda pelos britânicos voltou com força total. Ah...gente! Deixe-me tietar um pouco vai!


Aliás, se existe alguma semelhança entre as bandas Flight 08 e One Direction é mera coincidência. Pois quem tiver a oportunidade de ler o livro, provavelmente irá comparar Mark com Harry da banda One Direction. Cor dos olhos, cabelos enrolados, modo de se vestir, tudo é praticamente idêntico.


A Vivência de Clarisse é um livro indicado a todas as idades. É indicado aos jovens que estão passando por essa fase cheia de descobertas e transformações, assim como é indicado aos pais que saberão como conviver melhor com seus filhos. Foi uma experiência maravilhosa conhecer A Vivência de Clarisse. Espero que a autora possa nos presentear em breve com outro romance. Despeço-me de Clair, Mark e seus amigos com muito pesar, pois todos deixarão saudades. A Vivência de Clarisse ocupará um lugar de destaque tanto na minha estante quanto no meu coração.




FICHA TÉCNICA
Título: A Vivência de Clarisse
Autora: Isabella Danesi
Páginas: 232
Editora: Novo Século 



Você também pode gostar

7 comentários

  1. Fiquei com vontade de ler!
    Achei a capa incrível e a resenha realmente me convenceu!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Sou parceira da autora e essa é uma das minhas próximas leituras, tenho muito expectativa e acho essa capa muito linda haha
    ótima resenha ;)

    Beijos.
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu li e gostei, principalmente da leveza!!
    Amei a resenha Zilda!! Lindíssima!!
    Também adorei viajar por Londres com essa turma.

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Zilda, acho que já vi esse livro no skoob, ou li alguma release.. Gostei de saber o que achou do livro, parece ser ótimo ter uma perspectiva do que é fazer um intercâmbio..
    Muito bom quando os personagens crescem ao longo dos livros, adoro isso!! E quanto a narraiva, é ler e tentar se adaptar né.. Adorei a foto que tirou e adorei mais ainda a dica!!

    Beijo Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/2014/02/resenha-poseidon.html

    ResponderExcluir
  5. Oi Amiga!

    É primeira vez que vejo este livro, e nossa, vc cosneguiu me deixar bem curiosa e com vontade de ler. E pelo que vc diz, os pontos negativos passam despercebidos, então o livro deve ser muito bom.
    Adorei sua resenha.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  6. Parece ser muito bom esse livro, acabo de adicioná-lo à minha wishlist. Amei sua resenha e ela me motivou a ir correndo na livraria para comprá-lo!

    Beijos,
    chuvadeejaneiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Já estou sonhando com o livro, adorei a resenha, criei expectativas positivas sobre a obra.
    Já adicionando na lista.
    Parabéns
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto