|Resenha| Tentação sem Limites - Abbi Glines @editoraarqueiro

sábado, abril 05, 2014


A vida de Blaire Wynn não foi nada fácil. Sua irmã gêmea morreu muito cedo, seu ex-namorado e melhor amigo a traiu e ela precisou cuidar da mãe doente até o último dia de sua vida. Depois de tanto sofrimento, o que ainda seria capaz de machucá-la?
O terrível segredo de Rush Finlay. Depois de se apaixonar perdidamente por ele, Blaire descobriu algo cruel que destruiu para sempre o mundo que conhecia. Agora ela está mais sozinha do que nunca e precisa recomeçar a vida longe de todos que a feriram. O único problema é que não consegue deixar de amá-lo. Rush Finlay também não sabe o que fazer. Apesar das tentativas dos amigos e da família para animá-lo, o rapaz segue desolado. Ele já não quer saber da vida que levava, regada a festas, bebidas e mulheres. É atormentado pelas lembranças de um sentimento que jamais imaginara que fosse conhecer e que não pôde ser vivido plenamente. Nem Rush nem Blaire imaginavam que seus universos pudessem se transformar de forma tão radical. Porém, a maior reviravolta das suas vidas ainda está por vir. E ela será tão intensa que obrigará Blaire a engolir o orgulho, voltar a Rosemary, na Flórida, e enfrentar seus inimigos. Rush por sua vez, terá que lutar para consertar seus erros e se provar digno da confiança e do amor dela.


Como pode? Como? Ainda estou me perguntando como Abbi Glines pode ter sido tão cruel. Depois da experiência terrível que tive com o livro Paixão sem Limites, primeiro livro da série, pensei sinceramente que ela não pudesse me surpreender. Eu juro que tentei me identificar com o primeiro livro, fiz um esforço descomunal para me adaptar a sua narrativa, mas naquele momento a coisa não flui. Não gostei da maneira como ela construiu o enredo, detestei sua superficialidade e fiquei irada por ter depositado todas minhas fichas no livro. Mas, apesar do meu descontentamento não pensei em momento algum desistir da série. Pensei que ela não poderia piorar as coisas. Fui otimista. E não foi que a danadinha conseguiu reverter às coisas em Tentação sem Limites. Ah, garota! É assim que se faz um bom romance new adult.

Não sou daquele tipo de pessoa agourenta que fica torcendo para que as coisas deem errado. Não! Pelo amor de Deus! Torci sim para que Abbi pudesse me surpreender e que fosse capaz de me fazer perder a cabeça por Rush. Eu já estava me sentindo praticamente um ser do outro mundo por não conseguir me conectar aos personagens. É claro que ela foi responsável por todo esse desconforto. Mas o fato é que estou me sentindo leve por ter concluído a leitura de Tentação sem Limites sem traumas. 

Em Tentação sem Limites Abbi Glines conseguiu arrancar aqueles suspiros que ficaram presos durante a leitura do primeiro livro. Ela conseguiu me levar ao maravilhoso mundo de Rush Finlay. Por mais que algumas coisas não tenham sofrido tanta mudança assim. A começar pelas incontáveis trapalhadas de Rush e pelo chove não molha de Blaire. O vem cai, meu bem! Mas, não devo meu bem foi bem irritante. Fazer o quê, né! Na vida nada é perfeito. Na literatura também não é diferente.

Ao contrário de Paixão sem Limites, o segundo livro explora um pouco mais a relação do casal. Alguns diálogos e cenas infantis ficaram de fora para dar espaço a um casal um pouco menos complexado. Isso se deve a algumas mudanças que o casal enfrentara após um conturbado desentendimento.
Após a revelação do segredo que impede que Rush e Blaire fiquem juntos a narrativa de Abbi ganha força. A autora mostra maior empenho em construir sua narrativa. 

Alguns personagens retornam para dar fluidez a narrativa e colaboram para o seu bom desenvolvimento. Woods, o chefe de Blaire está ainda mais sedutor. Merecidamente Woods ganhará um livro inteirinho dedicado a ele. O próximo volume da série Twisted Perfection promete abalar nossas estruturas.

Bethy se mostra uma pessoa adorável, digna de confiança. Ela mantém sua posição de amiga, agora mais dedicada que nunca. Cain, o ex-namorado de Blaire surge na narrativa como mero coadjuvante e Grant, o irmão postiço de Rush consegue mostrar um lado que não esperávamos. Nannette, a irmã caçula de Rush está ainda mais insuportável, se é que isto é possível. Pelo amor de Deus, Abbi Glines! Em quem você se baseou para compor uma personagem tão intragável? Uma cunhada suponho. Porque não tem outra explicação. Nan me fez querer entrar no livro para esbofeteá-la. Jesus!

Não entendo muito bem qual foi a estratégia de Abbi se é que ela traçou alguma ao escrever o livro. O fato é que Paixão sem Limites foi um livro que não teve a sua devida atenção e, por esse motivo, não conseguiu corresponder as minhas expectativas. Que fique bem claro que isso é extremamente pessoal. Não quero ser surpreendida por aí com xingamentos e palavras pejorativas..hahaha #quantodrama 

É sério! Acho que fui uma das poucas que não curti o primeiro livro, mas fico feliz que a sua continuação tenha tido outro fim. Abbi Glines roubou meu coração. Fez-me suspirar com Rush, tive vontade de dar um saculejo em Blaire, desejei ser assediada por Woods, quis matar Nannette. Enfim, senti a flor da pele todas as emoções que um bom livro é capaz de despertar.

Agora sim, consigo assimilar o comentário de Tammara Webber quando ela disse que Abbi consegue criar personagens que pulam das páginas, ou que pelo menos que gostaríamos que pulassem. 

É muito difícil falar algo mais sobre o livro sem cairmos no infortúnio de soltar terríveis spoilers, por isso, a única coisa que tenho a dizer é que: Leiam Paixão sem Limites, mas tenha em mente que o livro é uma breve apresentação do que está por vir. Tentação sem Limites é um livro realmente muito melhor do que o primeiro. Fora dada a devida atenção que o romance merecia. 

Por mais que Abbi tenha me pregada uma peça com o primeiro livro confesso que fiquei muito feliz que ela tenha me levado do inferno ao paraíso num curto espaço de tempo. Que bom, né? Final feliz pra todo mundo.

Tentação sem Limites encerra o ciclo de Rush e Blaire maravilhosamente bem. Agora, é desejar que seu próximo livro nos renda bons momentos.





FICHA TÉCNICA
Título: Tentação Sem Limites
Série: Sem Limites - Livro 02
Autor (a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 208

Você também pode gostar

3 comentários

  1. Oi Zilda, que bom que o livro conseguiu te surpreender positivamente. Eu já havia ficado fã da série desde Paixão Sem Limites, Abbi Glines apesar dessas falhas citadas em sua resenha conseguiu me ganhar desde o primeiro parágrafo. Não sei se não fui muito crítica em relação ao enredo, narrativa e afins, mas o fato é que Too Far se tornou uma das minhas séries New Adults favoritas.

    Beijos
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  2. ainda não sei o que pensar sobre a autora.... uns falam bem.. outros mau... nas enfim... depois dessa resenha empolgante, confesso que me deu uma vontadezinha de ler o livro /^^

    ResponderExcluir
  3. Oie!!!
    Ontem eu estava lendo A Corte do Ar, mas não consegui passar da página 50. O livro não é ruim, porém não estava fluindo. Na verdade eu não estava entendendo nada.
    Resolvi então trocar por outro da mesma editora né. E escolhi este.
    Morrendo de medo, confesso. No primeiro livro eu gostei do começo e do final, mas no meio dele eu queria xingar e dar uns petelecos na autora. Que nervoso!!!
    Já que você curtiu tanto o segundo, melhor ainda!!! Me anima mais!!

    Bjkas

    Lelê
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto