|Resenha| Caçadores de Tesouros (James Patterson e Chris Grabenstein) @Novo_Conceito

quarta-feira, maio 28, 2014


CAÇAR TESOUROS? ENFRENTAR PIRATAS? MOLEZA! ESSA TURMA É RADICAL! Os pais de Bick Kidd são caçadores de tesouros mundialmente famosos, que desapareceram misteriosamente. Agora, Bick e os seus irmãos Beck,Tommy e Tempestade precisam cumprir a última grande missão de seu pai e sua mãe. Mas a vida dos garotos corre perigo agora que eles estão sozinhos no meio do oceano. Junte-se a esta aventura, na mais perigosa e divertida caçada da sua vida!


Desde o lançamento de Boneca de Ossos, primeiro livro publicado pelo selo #irado da editora Novo Conceito que não via a hora de conferir um dos seus próximos lançamentos. Assim que a editora publicou em suas redes sociais o lançamento de “Caçadores de Tesouros” entrei em estado de alerta. Bem, se existia alguma dúvida que os livros do selo #irado fariam muito sucesso agora não restam mais dúvidas. Caçadores de Tesouros surge como o mais novo queridinho dos leitores.

Como era de se esperar a editora fez um trabalho excepcional em sua diagramação e a revisão do livro está impecável. Além de todo esse cuidado com a edição o leitor ainda ficará hipnotizado diante das belíssimas ilustrações ao longo das 384 páginas. Pensa que acabou? Não! A Novo Conceito ainda nos presenteia com uma edição HardCover! Tá bom pra você? Enfim, o livro é simplesmente magnífico em sua totalidade. Se eu pudesse ficaria por horas descrevendo a beleza desse livro e, ainda assim não seria o suficiente. 

E a pergunta que não quer calar? O conteúdo do livro merece todo esse alvoroço? Minha resposta é: SIM! Caçadores de Tesouros é um livro fantástico, magnífico, fascinante e todos os demais elogios que não caberiam numa única resenha. Particularmente adoro a escrita de James Patterson, mas acredito que ele consegue se superar e atingir a perfeição nos seus livros juvenis. James tem como característica uma linguagem de fácil entendimento, seus personagens normalmente cativam o leitor desde o princípio e suas narrativas fluem naturalmente. Ao juntarmos todas essas características o resultado é apenas um: histórias que tendem a despertar no leitor sentimentos de puro êxtase. 


Em Caçadores de Tesouros James Patterson conta a história dos irmãos Kidd. Já na apresentação do livro temos uma prévia de que iremos nos divertir bastante na companhia dessa turminha. A bordo do barco que possui um nome bem peculiar –O Perdido- é a casa da família Kidd. Durante uma tempestade em alto mar o pai das crianças desaparece inexplicavelmente deixando- as completamente desoladas. Mas Bick , Beck, Tempestade e Tommy “Cabeça-de-Vento” passaram suas vidas em alto mar e já estão acostumados a enfrentar os perigos que ele oferece. Sem a presença do pai e da mãe que também desaparecera seis meses antes durante uma expedição na cidade de Chipre, as crianças irão ter que aprender a se virar literalmente sozinhas. 

Mundialmente conhecido como oceanógrafo e caçador de tesouros, o Professor Tom Kidd está em uma caçada durante seu desaparecimento. Agora, cabe a Bick, Beck, Tempestade e Tommy darem continuidade a sua expedição. Em busca de um mapa de tesouro muito importante, os irmãos Kidd terão de provar que são capazes de dar continuidade a missão de seu pai. Porém é de se esperar que tal missão encontre diversos obstáculos pelo caminho já que os Kidd ainda são crianças. 


Bick e Beck têm 12 anos e são gêmeos. A conexão entre ambos é um dos pontos mais interessantes da narrativa. Os gêmeos protagonizam momentos muito engraçados e dignos de boas risadas durante alguns de seus diálogos intitulados por “Tagarelice dos Gêmeos” onde ambos confrontam suas ideias. 


Bick é quem narra a história, já Beck é responsável pelas ilustrações que iremos encontrar ao longo de todo o livro. Como é comum em livros do gênero as ilustrações são partes essenciais, mas neste caso eu diria que elas tornam o livro ainda mais interessante. A narrativa de James é indiscutivelmente impecável, mas é através da composição dessas ilustrações que a história ganha forma. Para narrar a vida em alto mar a bordo do “Perdido” o autor consegue inserir o leitor dentro da narrativa apresentando-os a detalhes que somente quem vive em alto pode conhecer. Mesmo que você não entenda absolutamente nada sobre barcos, James dará uma aula a respeito facilitando o entendimento a respeito sobre a vida dos tripulantes. 


O grande barato foi perceber que em momento algum o autor quis sensibilizar o leitor em relação a situação dos irmãos Kidd. Mesmo sem a presença dos pais, os irmãos não se entregam ao desespero e continuam bravamente a missão deixada pelo pai. Outro fato importante foi o destaque e o posicionamento de cada um dos personagens dentro da narrativa. Mesmo sendo Bick o responsável por nos descrever a viagem, todos os outros personagens se destacam. Não há quem se destaque mais. Todos, em igualdade roubam a cena em seu devido momento. 

Beck é uma figura. Impetuosa, extremamente inteligente e muito astuta. Ela tem uma opinião forte e não se deixa abalar com o desaparecimento dos pais em momento algum. Já Bick é um coração mole. Sempre esperançoso e amigo inseparável da irmã. Tempestade é praticamente a CDF do grupo. Ela tem uma memória fotográfica impressionante, capaz de memorizar um compêndio marítimo em apenas 15 segundos. Ela é o cérebro do grupo. Tommy, o irmão mais velho, tem apenas 17 anos mas, em muitos momentos você irá duvidar disso. Tommy possui um perfil atlético graças ao longo período auxiliando o pai durante as viagens. É ele responsável pelo comando do ” Perdido” na ausência do pai. 
Figuras emblemáticas não poderiam ficar de fora já que estamos falando de caçadores de tesouros. Porém, não espere que surja das páginas nenhum Capitão Gancho ou nada do tipo. Aqui, os temidos piratas são bem moderninhos e cheiram a parafina. 

A leitura é tão agradável e deliciosa que é praticamente impossível largar o livro ainda que por poucos segundos. Comecei a leitura assim que o recebi durante a tarde de ontem e conclui no fim da noite. Vocês podem perceber o quanto a história prende a nossa atenção. Não tenho o costume de indicar livros destacando-os por gênero ou classificação etária a não ser quando se trata de um livro estritamente proibido para menores de 18 anos, no caso dos livros eróticos. Mas no caso de Os Caçadores de Tesouros a recomendação é livre. Qualquer leitor, independente da faixa etária poderá se identificar com a narrativa. 
A história é dividida em três capítulos totalizando ao todo 67 capítulos. Mas não se assustem com a quantidade, pois os capítulos são relativamente curtos mantendo o ritmo necessário para a fluidez da leitura.


A história dos irmãos Kidd irá conquistar a todos. É um livro para crianças e adultos; pais e filhos. É um livro que destaca a importância dos laços afetivos onde a superação e a união entre os irmãos mostra toda sua força. 
O leitor irá se apaixonar pelos gêmeos Bick e Beck, Tempestade e Tommy, pois eles são realmente apaixonantes. Guerreiros, íntegros, astutos, engraçados, excepcionais. 

Como se trata de uma série o leitor já tem a ideia que muita coisa deixará para ser descoberta somente nas próximas sequências. Pois sempre existirão mistérios e segredos a serem revelados. Aliás, Caçadores de Tesouro está repletos deles. Segredos de família caem como bombas sobre os irmãos despertando-nos a curiosidade desde o início. Quando achamos que James irá dar-nos uma folga, um tempo para ganhar fôlego, lá vem ele outra vez nos lançando em uma nova aventura. Temos que aprender a conter nossa aflição porque a aventura nunca tem fim. De qualquer maneira, não é exatamente isto que esperamos de um livro que tem como foco narrar à vida de caçadores de tesouros contra seus cruéis inimigos? 

Enfim espero que todos possam ter a oportunidade de conhecer essa obra magnífica. Passei por momentos inesquecíveis na companhia dos irmãos Kidd e, agora desejo o quanto antes dar continuação a série. Pelo amor de Deus, Novo Conceito! Publique logo o segundo volume! 


Para finalizar gostaria de parabenizá-los mais uma vez pelo excelente trabalho feito no livro. Nós, leitores apaixonados por boas leituras estamos sempre a procura de boas histórias, seja de aventura, mistério ou humor. E se podemos encontrar tudo isso em apenas um livro por que não dizer: muito obrigado! 

Os Caçadores de Tesouros: um livro perfeito? Não. Ele é muito mais do que isso. Ele é INCRÍVEL! Merecidamente ganha um lugar no topo dos Favoritos.




Lançamento oficial dia 02 de junho.
Título: Caçadores de Tesouros
Série: Caçadores de Tesouros
Autores: James Patterson e Chris Grabenstein
Selo: #Irado
Número de Páginas: 384 


Acompanhe a Cachola Literária pelas redes sociais
Twitter | Facebook | Instagram | Google+


Post por Zilda Peixoto

Você também pode gostar

11 comentários

  1. Tá! Vou ler sábado. Tenho certeza que farei igual você. Começarei e terminarei no mesmo dia, rs.
    A resenha está incrivelmente perfeita. Como não querer ler logo o livro??? Me diga!!

    Muito amor ♥

    Bjks

    ResponderExcluir
  2. Oi Zilda :)

    Estou louco nesse livro. Livros infantis me relaxam e de vez em quando é sempre bom, lerei sem dúvida. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Hello baby...
    Meninaaaa, antes de mais nadaaa... amei o novo visu do blog... super delicado...
    Quanto ao livro, ainda não o recebi, quer dizer, acho que sim, mas só vou buscar na quinta...hehe
    Enfim... ele me parece super legal... Adorei tua resenha e tu sabe que a tua é uma das opiniões que mais valorizo na blogosfera...Eu também adoro os livros juvenis do James Patterson... nenhum que li até hoje me decepcionou... Vou ler amiga... logo logo...

    Beijosss

    TeLa
    http://www.penseiraliteraria.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Zilda você é malvada sabia, fica me deixando com muita vontade de ler todos os livros...Boneca de Ossos ainda não li, mas será uma das próximas leituras e agora você me vem com essa resenha maravilhosa desse livro lindo da NC...só tenho que dizer que ainda bem que ele está em casa me esperando...Fiquei doida para conhecer os irmãos...Parabéns pela resenha.

    Beijos!!!
    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Amei a resenha! Recebi meu livro ontem e não vejo a hora de conferir! Amo o estilo do Patterson mesmo em livros para jovens! E esse livro saiu do forno caprichado pela NC!!!! Adorei!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá Zilda....

    Peraí que depois dessa resenha vou ali pro cafofo ler meu exemplar de Caçadores de Tesouros... FUIIIII
    ♥ ♥ ♥

    xoxo
    Mila F.
    @camila_marcia
    De Livro em Livro
    Devaneios Fugazes

    ResponderExcluir
  7. Olá Zilda,

    Esse livro esta na minha lista de espera de leitura, mas depois da sua resenha acho que vou adiantá-la....super curioso....parabéns pela resenha...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. A tua resenha está maravilhosa, aliás, com sempre assim procede. A gente lê a resenha e dá vontade de comprar o livro.
    Abração.

    ResponderExcluir
  9. Oi amiga!

    Para tudo!! Agora vc me deixou louca amiga, eu adoro os livros deste autor, ainda mais com ilustrações e sua resenha deixa claro que este livro é perfeito. Preciso dele AGORA!!!!

    ótima resenha!!

    Beijos*

    ResponderExcluir
  10. Oi Ziiiiil :)
    James Petterson mandando bem né? Pena que ele me decepcionou com "Bruxos e Bruxas". Que bom que você gostou do livro. Gostei das fotos, e da resenha.... Abraço!

    Te indiquei em uma tag, confere lá: http://likelivros.blogspot.com.br/2014/05/tag-faccoes-divergente.html

    ResponderExcluir
  11. Apesar de ser um livro do James e de eu não ter gostado do Bruxos e Bruxas, que também é dele, acho que vou dar uma chance aos irmãos Kidd. Essa resenha ficou ótima e fez despertar meu onteresse!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto