|Resenha| Desejos - Alexandra Bullen @galerarecord

segunda-feira, maio 19, 2014


Se você pudesse ter qualquer coisa, o que desejaria?
Para Olivia Larsen, nada poderia mudar o fato de que sua irmã gêmea, Violet, se foi. Até que um misterioso vestido de festa é deixado à sua porta, e ele é capaz de lhe conceder um único desejo.
A única coisa que Olivia quer é ter a irmã de volta. Agora, as garotas têm uma nova chance de viver tudo o que sempre sonharam. De quebra, descobrem que existem mais dois vestidos com o mesmo poder, ou seja, mais dois desejos novinhos em folha! Mas mágica não pode resolver tudo e Olivia precisa confrontar os fantasmas de seu passado para aprender a rir, amar e viver novamente.



Algumas coisas nunca saem de moda e, certamente a releitura de contos de fadas é uma delas. Sempre curti esse tipo de história e foi por esse motivo que decidi ler Desejos. Obviamente que a belíssima ilustração da capa colaborou muito para a escolha, mas o fato é que fiquei bastante curiosa em conhecer a abordagem da autora. Confesso que não criei nenhuma expectativa em relação ao livro e, de fato isso ajudou bastante no processo da leitura. 

Em “Desejos” Olivia Larsen perdera sua irmã gêmea Violet em um trágico acidente. Quase um ano após sua morte, Olivia ainda não consegue superar a perda da irmã. Além de ter que lidar com a dor da perda, Olivia é obrigada a se mudar com os pais para a cidade de São Francisco, cidade na qual sua mãe Bridget irá trabalhar. Após a morte de Violet, Olivia vê sua vida virar de ponta a cabeça. A família que outrora fora unida e feliz, agora passa por um momento muito delicado. Enquanto a mãe se dedica compulsivamente ao trabalho, seu pai Mac passa horas do dia reformando a antiga casa para onde se mudaram.
Como se a vida não estivesse sendo cruel o bastante, Olivia é obrigada a enfrentar mais uma grande mudança: adaptar-se a uma nova escola, fazer novos amigos, ou seja, esquecer o passado e tentar superá-lo. 

Aos olhos de Olivia sua vida não tem mais sentido sem o apoio e a amizade de sua irmã Violet. Olivia nunca foi de muitos amigos e, por esse motivo ela não consegue fazer novas amizades assim que chega a São Francisco. Pelo contrário, Olivia faz de tudo para passar despercebida. Neste ponto Olivia e Violet eram muito diferentes. Olivia era a irmã quieta, insegura e que não tinha a menor vontade de aparecer. Já Violet era a popular, bem quista por todos, naturalmente linda e despojada. Essa diferença passa a ser ainda mais notável quando Olivia começa a frequentar a escola preparatória Golden Gate. 
Nada de realmente novo é apresentado. Alexandra nos apresenta o mesmo universo que já estamos acostumados: o círculo dos populares que tomam conta do pedaço e o aparecimento do garoto dos sonhos de qualquer garota.

Soren é a figura representativa do príncipe no conto de Alexandra. Em tempos atuais o príncipe já não anda de cavalo. Nada disso, aqui, Soren surge de skate. Olivia sente-se atraída imediatamente pelo garoto de olhos verdes e cabelos desgrenhados. A desconstrução da figura do príncipe é notória e, isso faz com que a narrativa de Alexandra se destaque. De qualquer maneira, não espere grandes mudanças no que diz respeito à construção dos personagens.

O chefe do escritório aonde sua mãe irá trabalhar oferece uma recepção para recebê-los. Olivia nunca curtiu muito esse tipo de evento, sem Violet, essa tarefa parece ainda mais penosa. Sem ter o que vestir, pois seu armário não oferece muitas opções, Olivia encontra no meio das coisas de sua irmã um belo vestido. Porém, ele precisa de pequenos reparos. Olivia vai à busca de uma costureira e encontra uma loja bem próxima de sua casa. O local é meio assustador e possui um nome bem peculiar: Mariposa Missionária. Posey, a costureira, a recebe de uma maneira nada convidativa, mas aceita consertar o vestido. Contudo não é o vestido de Violet que ela recebe na sua casa após alguns dias de espera. O vestido que Posey enviara é ainda mais bonito. É com ele que Olivia vai à recepção sem ter ideia que o vestido seja mágico e que lhe poderá conceder um desejo.

Alexandra Bullen começa ditando um ritmo bem lento a narrativa, quase sonolento até o surgimento dos irmãos Miles e Bowie. É durante uma recepção de boas vindas no escritório onde a mãe de Olivia irá trabalhar que ela conhece os dois. Miles é um garoto no estilo nerd, que está sempre demonstrando indiferença e apatia. Já Bowie, é uma garota que tenta ser bem mais madura do que realmente é, sempre vestindo roupas que tentam impactar com seu estilo hard-rock. 

Ainda que Miles e Bowie tentem amenizar seu desconforto fazendo com que ela se sinta à vontade, Olivia não consegue interagir. Sentindo uma dor aguda ela deseja mais do que tudo ter sua irmã Violet de volta e, por fim, seus primeiro desejo é atendido. A partir daí, a narrativa de Alexandra começa ganhar vida, pois anteriormente somos obrigados a aturar Olivia e seus lamentos.
Tá bom! Vamos ser mais solidários com a dor da menina. Poxa vida! Ela acabara de perder sua irmã e ainda por cima tem que mudar de cidade, conhecer novas pessoas, começar do zero. Pelo menos por enquanto vamos aliviar.

Calla, a garota que ocupa o status de popular na escola é outra personagem que não convenceu. Não consegui criar nenhuma conexão com a personagem apesar de sua importância. Soren também não deixa marcas, mesmo sendo ele - o príncipe. Já Violet – a irmã-gêmea- morta-fantasma, essa sim, merece os louros. Violet é engraçada, ousada, carismática – o oposto de Olivia.

Após o retorno de Violet é que comecei a simpatizar com a narrativa de Alexandra. Alguns pontos que não foram esclarecidos anteriormente começam a fazer sentido tornando possível a assimilação do contexto geral. Confesso que senti pena de Olivia em diversos momentos e não imaginei o quanto a narrativa de Alexandra fosse tão tocante.

Considerando que a história seja direcionada ao público juvenil, “Desejos” conseguirá surpreender até os leitores mais maduros. A autora conseguiu encontrar um meio de abordar um tema tão delicado sem deixar de lado a magia presente nos contos de fadas. Aliás, não esperem nada muito glamoroso no sentido literal da palavra. 
Ainda que o livro faça jus ao gênero Alexandra não recorreu tanto à fantasia que possivelmente encontramos nesse tipo de leitura. Os dilemas enfrentados por Olivia são reais, não fantasiosos. A importância da estrutura familiar está presente ao longo da narrativa e faz com que reflitamos a respeito do assunto. 
Desde que o mundo é mundo conhecemos diversas releituras de contos de fadas e, isso não é novidade pra ninguém. Mas a ideia de reinventar essa abordagem é que faz com que esse tipo de história nunca perca sua magia. Em Desejos talvez você encontre semelhanças com a história do Patinho Feio, ou quem sabe fragmentos semelhantes à gata borralheira. De qualquer forma, se você já assistiu algum dos diversos filmes da Disney a história de Alexandra será aceita facilmente.

A ideia representativa do vestido faz com que possamos fazer várias leituras sobre sua abordagem. Que garota não desejaria possuir um vestido dos sonhos e que ainda por cima lhe concedesse três desejos. Através dessa alusão Alexandra nos ensina uma grande lição. O desejo de ser diferente do que realmente somos e o verdadeiro valor das coisas são duas das muitas mensagens apresentadas no livro. De uma maneira bem sutil a autora vai construindo uma narrativa sólida ao longo das 381 páginas.

A única coisa que me incomodou foi à rapidez com que a autora apresentou o final da história. Não havia necessidade para tamanha afobação já que a história dava margem e folga para ser finalizada. Apesar de ter gostado bastante do livro não vi necessidade em estender a história por mais um livro. Essa coisa de tornar histórias únicas em séries não me agrada. Enfim, vamos aguardar os próximos capítulos para ver onde isso vai dar. Num somatório geral eu diria que Alexandra Bullen levou nota 9.0 em sua estreia.


De qualquer maneira gostaria de recomendar a leitura a todos. Se você é daqueles que curte uma história fofa, e que “acredita” na fórmula pronta dos contos de fadas possivelmente irá curtir a leitura. Finais felizes são sempre bem vindos e a ficção está aí pra isso. 


Título: Desejos 
Série: Wish - Livro 01
Autor(a): Alexandra Bullen
Editora: Galera Record (selo Júnior)
ISBN: 9788501086938
Gênero: Juvenil
Número de páginas: 381

Você também pode gostar

7 comentários

  1. Oi :)

    Primeiramente parabéns pela resenha, está incrível!

    A história desse livro não me agradou, principalmente devido a alguns aspectos clichês que encontrei, apenas lendo sua resenha, Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii baby...
    Achei bonitinha essa capa. Não sou a leitora mais assídua das releituras dos contos de fadas, mas alguns que li gostei.. Sua resenha está impressionante como sempre. Odeio autor que enrola, enrola pra no final acabar a história correndo...Branca de Neve e o Caçador foi a mesma coisa. Enfim... sei lá amiga... não vou correr pra ler este livro, mas futuramente, se tiver a oportunidade, vou ler...

    Beijinhosss

    TeLa
    http://www.penseiraliteraria.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu também coloquei essa resenha em meu blog e tenho que confessar que gostei bastante da história do livro e o final teve um significado muito fofo. Eu vi que vc n curtiu, mas eu achei que a autora fez um desfecho muito bom. De uma maneira simples e delicada.
    Mas eu gostei da sua resenha e principalmente das fotos =]
    Parabens linda

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu acabei de ler uma resenha negativa deste livro, a sua ficou no positiva com ressalvas. Acho que não vou arriscar.
    A capa é linda, mas essa coisa de conto de fadas não vai rolar, rsrs.
    Não esse mês punk que eu tô. se mês que vem eu estiver mais fofinha aí eu leio, rs.

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto de contos de fadas e esse livro parece ser bem interessante, quem sabe mais pra frente eu leia? Agora estou com vários na fila que fico até meio louca! rs

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá Zilda,

    Essa é a segunda resenha que leio desse livro, parece um bom livro, como você mesmo disse, um livro leve com final feliz é bom as vezes...abraços.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Zilda, quando vi esse livro achei a capa linda, mas não foi uma história que me atraiu logo de cara e ainda mais agora que soube que terá mais livros, isso desanima, os autores só querem saber de lançar séries e mais séries =/
    Adorei a resenha e as fotos tiradas também. Mas fico imaginando como foi o final, afinal a irmã não deve ter ficado com ela para sempre né...

    Beijos!!!
    @jannagranado
    http://livrospuradiversao.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto