|Resenha| Se eu ficar - Gayle Forman @Novo_Conceito

terça-feira, maio 05, 2015


Faz tempo que eu desejava ler este livro, mas por algum motivo eu sempre adiava. Lembro que assim que o filme foi lançado a curiosidade de ler o livro se multiplicou por cinco. Sei que tem muita gente que prefere ler a obra para só depois assistir o filme, mas confesso que muitas vezes eu segui o caminho contrário. Sei que isso soa como uma blasfêmia entre os bookaholics, mas essa é a mais pura verdade.


O fato é que o livro me causava certa desconfiança. Não sei bem explicar o motivo, talvez por achar que poderia ser uma história dramática fraca, sei lá. Então, decidi arriscar e, felizmente a males que vem para o bem. Se eu tivesse assistido o filme primeiro eu teria me odiado por toda a eternidade. Fui pela ordem natural das coisas, li o livro e só depois de terminar a leitura do segundo livro “Para onde ela foi”, isso em dois dias, pude comprovar a tese que muitos defendem: “O livro é sempre melhor!”

Gente! Que filme tosco. Ele não representa nem uma parte do livro. Não passa a mesma emoção e o drama soa superficial. Os atores não ajudam muito. Enfim, isso é papo para outro momento. O que quero dizer é que estou muito feliz de não ter seguido o caminho contrário. 


Se eu ficar é um livro muito especial e que vai ficar marcado na minha memória por muito tempo. Gayle Forman construiu uma história tão bonita, que aparentemente possui uma estrutura comum. Não é mais uma história dramática e, sim uma história crível que nos desperta emoções intensas.

O livro conta a história de Mia, uma jovem que ama o que faz. Mia toca violoncelo. Mas o seu hobby não seria tão questionado se ela não fosse filha de pais roqueiros e tivesse um namorado roqueiro que toca numa banda em ascensão. Por mais diferente que Mia seja, ela não se deixa levar pela dúvida em relação a suas preferências. A música tem uma importância vital na vida de Mia assim como a necessidade de respirar.

Mia e Adam namoram há quase dois anos e Mia nunca presenciou nenhum de seus shows. Ao contrário de Adam, que sempre esteve presente nas apresentações da namorada. Mia na verdade não passa de uma jovem insegura. Ela não entende o motivo pelo qual, um garoto lindo e descolado como Adam possa estar com ela (nem eu). Brincadeira! Os dois se completam e sua união se dá a partir da paixão que ambos sentem pela música. 

A música tem um papel fundamental para o sucesso desse livro. Todas as letras citadas e artistas clássicos como Yo Yo Ma tornam a narrativa ainda mais emocionante. Mas o drama vivido por Mia durante o acidente de carro em que ela, seus pais e o irmão Teddy sofrem logo no início da narrativa é de arrepiar.

A caminho da casa dos avós o carro em que está Mia e a família é atingido por um caminhão. Após o choque Mia consegue ver tudo o que está acontecendo ao seu redor sem se dar conta que ela não está exatamente consciente. Mia na verdade está fora do corpo assistindo os procedimentos feitos pelos médicos no momento do acidente. O espírito de Mia segue para o pronto-socorro onde ela e seus familiares serão atendidos. Atordoada Mia percebe que algo está muito errado, mas não há mais nada o que ela possa fazer. A única coisa que lhe resta é decidir entre partir ou ficar. Lutar pela vida que ainda lhe resta ou se deixar vencer pelo medo? 


Certos livros são capazes de despertar emoções tão intensas na gente que fica até difícil descrevê-las. Não há como não roer as unhas e ficar apreensivo diante o grave acidente de Mia, se já não bastasse o nervosismo e a ansiedade de saber de que maneira a história irá terminar. Lágrimas? Soluços? Normal. Não dá pra conter a emoção, nem precisa. Gayle Forman é tão meticulosa nos detalhes que descreve. Eu diria que ela foi muito feliz em compor cada um dos personagens.

Mia apesar de insegura é uma jovem muito sensível. Teddy – o irmão caçula é um menino adorável, sempre com frases inteligentes que você não sabe de onde vem tanta imaginação. Os pais de Mia são muito doidos. Deixaram de lado a carreira de músicos quando a mãe de Mia soubera que estava grávida. Desde então ambos decidiram se tornar adultos em tempo integral. O pai trabalha lecionando para alunos de ensino fundamental e médio numa escola da região e, a mãe trabalha numa agência de viagens. Adam é aquele típico jovem gato, descolado e supersimpático que toda garota sonha em namorar. A banda em que toca – a Shooting Star- está começando a ficar famosa e isso deixa Mia ainda mais apreensiva. Mas Adam não tem olhos para outra garota. Mia e Adam são como dois opostos que não se atraem, mas que possuem almas semelhantes no que diz respeito ao amor que sentem pela música. 

Outros dilemas são discutidos no decorrer do livro como a apreensão de Mia em relação ao sonho de frequentar uma escola de música renomada. Achei muito interessante a maneira como a autora construiu o relacionamento de Mia e Adam, duas pessoas tão diferentes e que mesmo assim conseguiam passar credibilidade de um casal. Ao longo da narrativa somos direcionados para o passado e presente de Mia onde conhecemos sua visão sobre tudo o que está acontecendo. Seus sonhos, sua música, o amor que sente por Adam, o momento em que Adam entra na sua vida e de que maneira as coisas se desenrolam.

Foi uma experiência muito marcante a leitura desse livro. Gayle Forman possui uma escrita leve, dinâmica. Sendo assim, a leitura flui e nem percebemos o fim da leitura. Ao final do livro ainda podemos ter o gostinho do que está por vir em “Para onde ela foi”. É angustiante, desesperador. Dá aquele nó na garganta.


Não há como não se questionar sobre a força do destino sobre nossas vidas. Pensamos em como o imprevisível pode nos afetar e nos pegar de surpresa. Eu amei o livro justamente pela sua mensagem única de que devemos valorizar cada momento como se ele fosse o último. Às vezes nos preocupamos com tantas bobagens, com coisas que não merecem o nosso desgaste mental e emocional. 

Se eu ficar é um daqueles livros que te faz refletir cada passo, cada movimento, cada escolha. Por esse motivo ele merece ser classificado como excelente. Aliás, vamos deixar esse título Pra onde ela foi. Esse sim é excelente, magnífico, inesquecível. Como eu havia dito anteriormente eu li os dois livros de uma única vez. A partir de hoje engrosso ainda mais o fã-clube da talentosa Gayle Forman.


Me acompanhe também nas redes sociais: Facebook ♥ Twitter ♥ Instagram ♥ Skoob ♥  Google+



Sinopse: Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas. 

Título: Se eu ficar
Título original: If I stay
Autor: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224 Páginas 


Você também pode gostar

5 comentários

  1. Boa tarde Zilda,

    Eu li e resenhei esse livro, gostei mas confesso que esperava bem mais, não conseguiu me emocionar tanto e algumas coisas me incomodaram, mas estou bem curioso em relação ao segundo livro, li muitas resenhas que me animaram, vamos ver....bjs.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Zilda!
    Eu gosto de ler o livro antes de ver o filme, mas não tinha muita vontade de ler este livro até ler sua resenha... Pelo jeito o livro é mil vezes melhor!
    Vou tentar ler!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  3. tive expectativas demais e no final me vi em uma trama boa, mas que não me agradou 100%
    adianto que para mim, para onde ela foi teve melhor colocação em nivel de "querimento"
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. OI Miga
    Sua resenha foi mega positiva e ate me reanimou a lê-lo. Assim como vc eu quase fui assistir ao filme, antes de ler. Resolvi ler primeiro para depois assistir, e no fim não li e nem assisti. Mas minha curiosidade persiste. Pretendo num mento ler.
    Adorei sua resenha e suas fotos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu li esse livro e o segundo e ambos se tornaram os meus livros favoritos, agora só falta assistir o filme, pra saber se eu vou gostar também. Amei sua resenha, principalmente a primeira foto que ilustra o post! ♥
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto