|Resenha| Anexos - Rainbow Rowell @Novo_Seculo

terça-feira, junho 23, 2015


Não é de hoje que venho falando da admiração que tenho por Rainbow Rowel. Ela merece tapete vermelho e muitos confetes. Sou daquelas que conhecem de cór os quotes favoritos de todos os livros, que imprime todo e qualquer material referente as obras disponibilizados na internet, até minha camisa de “Eleanor & Park “anda” praticamente sozinha. Sou fã da autora desde o seu primeiro livro publicado no Brasil. A cada livro lançado Rainbow consegue se superar. Suas histórias transbordam delicadeza.


Meu primeiro contato com Rainbow foi através do livro Eleanor & Park que, até hoje figura como um dos melhores livros que já li. Eleanor & Pak é fofo, doce, delicado. Fangirl também é apaixonante, mas Anexos superou todas minhas expectativas. 
Diferentemente dos demais livros Anexos é um romance maduro que levanta discussões mais profundas sobre relacionamentos deixando um pouco de lado as inquietudes sofridas por personagens mais juvenis. Não que Rainbow tenha deixado de lado sua leveza característica, mas é que no caso de Anexos os temas discutidos são mais consistentes. 

Em Anexos conhecemos a história de três pessoas que tem suas vidas entrelaçadas da maneira mais improvável. Lincoln está em busca de um novo emprego e se candidata para uma vaga de administrador de segurança de internet no jornal The Courier. O jornal fora o último jornal da América a dar acesso à internet a seus repórteres. Isso pode parecer estranho, mas estamos falando do ano de 1999, uma época onde a internet ainda era um território desconhecido. Usar a internet ou estabelecer uma comunicação intranet era praticamente inviável, tendo em vista, que muitos funcionários perdiam horas de trabalho se dedicando a outras tarefas que não fizesse parte do seu trabalho. Por esse motivo houve a necessidade de criar a vaga para qual Lincoln se candidatara, mas o problema é que Lincoln não imaginava que tal tarefa incluísse passar o tempo todo lendo os e mails dos funcionários do jornal. Definitivamente, esse não era o trabalho com que Lincoln imaginava. 

Lincoln era um cara de quase trinta anos que ainda morava com a mãe. Isso não lhe incomodava totalmente já que ele gostava de ser mimado por ela. Lincoln trabalhava no turno da noite no jornal e, por conta disso, ele não tinha uma vida muito badalada. Pelo contrário, Lincoln é um cara de pouquíssimos amigos e que não namorava ninguém há muito tempo. Trabalhar no The Courier dava a Lincoln uma estabilidade, mas ainda sim, ele não era feliz. Lincoln é um cara extremamente solitário.

Lincoln passa a ter outros olhos para sua tarefa até o dia em que ele começa monitorar as mensagens trocadas entre as amigas Beth e Jennifer. As mensagens passam a servir de combustível para a vida de Lincoln. Beth é crítica de cinema e Jennifer é revisora no jornal. Beth e Jennifer passam boa parte do tempo trocando confidências e, isso faz com que Lincoln se envolva cada vez mais, ainda que ele se sinta desconfortável com tal situação. Contudo, Lincoln não consegue deixar de ler os e mails de Beth e Jennifer. 


Intercalando as histórias de Lincoln, Beth e Jennifer, Rainbow vai construindo uma trama bem amarrada repleta de situações a cerca da vida adulta. Cada personagem carrega em si uma dúvida, um questionamento sobre a maneira como cada um vem conduzindo sua vida. Uma das coisas mais interessantes é a maneira como Rainbow coloca seus personagens diante das vicissitudes da vida. Lincoln, Beth e Jennifer expressam sentimentos comuns, vivem conflitos pessoais palpáveis. A autora mostra que a fase adulta também pode ser muito difícil, assim como a adolescência e isso pode ser notado já nos primeiros capítulos. 

Lincoln acaba criando certa intimidade com Beth e Jennifer mesmo sem querer. O engraçado é imaginar que ele nunca tenha encontrado com nenhuma das duas, já que o período de trabalho deles não coincide. Os capítulos narrados por Lincoln são tristes, carregam uma melancolia e faz com que tenhamos vontade de apertá-lo num forte abraço. Fiquei extremamente tocada. Lincoln é um personagem daqueles que nos apaixonamos imediatamente. Lincoln é tímido, educado, extremamente gentil e possui um jeitinho nerd encantador. 


Sou apaixonada pela maneira como Rainbow constrói seus personagens masculinos. Sempre tão dóceis e apaixonantes. Em todos os seus romances eles estão presentes e, em Anexos, Lincoln merece todo o destaque. Contudo não posso deixar de citar a importância dos e mails trocados por Beth e Jennifer. Se não fosse por eles, certamente, toda a mágica do livro não aconteceria. Aliás, quero ressaltar a percepção e sensibilidade da autora em criar uma história tão bem construída. As mensagens são emocionantes, engraçadas, tristes, repletas de um sentimento puro e verdadeiro. 

Beth é adorável e muito bem humorada. Já Jennifer é irônica, meio sisuda, com um humor negro bem questionável. É por meio de suas mensagens que passamos a conhecer um pouco a respeito da vida de cada uma. Suas aflições, dúvidas, gostos e sonhos. 

Anexos transmite leveza e dramaticidade na medida certa. Conseguimos criar uma conexão imediata com os personagens. Rainbow sempre nos faz refletir por meio de histórias doces e bem-humoradas. Conseguimos nos colocar em cada uma das situações descritas. É possível compreender toda a fragilidade de Lincoln, sua insegurança e o receio de se aventurar. 

"Amor. Propósito. Essas eram coisas para as quais não se podia planejar. Essas eram coisas que simplesmente aconteciam. E se não acontecessem? Você passava a vida toda ansiando por elas? Esperando para ser feliz?" 

Eu adoro a diagramação dos livros da autora. A editora Novo Século tem feito um bom trabalho. As cores em tons pastéis, as ilustrações, tudo é de extremo bom gosto. E a revisão também não tem deixado a desejar. 

Estou encantada com a maneira como Rainbow conduziu a história e estabeleceu a conexão entre Lincoln e Beth. Desejei ser amiga de Beth e Jennifer. Tive vontade de embalar Lincoln nos momentos mais tristes e solitários. Enfim, posso dizer que Anexos tomou o lugar de Eleanor & Park por atingir um patamar de excelência. Daqui pra frente vocês vão ter que me aturar porque quando eu gosto de alguma coisa eu não consigo parar de falar a respeito. E Rainbow desperta tanto amor que faltam palavras para descrever o quanto Anexos é especial. 

Anexos é único. Perfeito. Favorito.


Me acompanhe também nas redes sociais: FacebookTwitterInstagramSkoobGoogle+



Sinopse: Beth Fremont e Jennifer Scribner-Snyder sabem que alguém está monitorando seus e-mails de trabalho. (Todo mundo na redação sabe. É política da empresa.) Mas elas não conseguem levar isso tão a sério, e continuam trocando e-mails intermináveis e infinitamente hilariantes, discutindo cada aspecto de suas vidas. Enquanto isso, Lincoln O'Neill não consegue acreditar que este é agora o seu trabalho ler os e-mails de outras pessoas. Quando ele se candidatou para ser agente de segurança da internet, se imaginou construindo firewalls e desmascarando hackers e não escrevendo um relatório toda vez que uma mensagem esportiva vinha acompanhada de uma piada suja. Quando Lincoln se depara com as mensagens de Beth e Jennifer, ele sabe que deveria denunciá-las. Mas ele não consegue deixar de se divertir e se cativar por suas histórias. No momento em que Lincoln percebe que está se apaixonando por Beth, é tarde demais para se apresentar. Afinal, o que ele diria...?

Título: Anexos
Título Original: Attachments
Autora: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Páginas: 219

Você também pode gostar

3 comentários

  1. Oi amiga!!
    Menina acredita que eu ainda não li nenhum livro da autora? mas eu morroooooooooo de curiosidade, e sua resenha me deixou doidaa para ler Anexos.
    Adoro livros com trocas de e-mails, e este parece ser ótimo. Por tudo que você comentou os livros da autora parecem ser incríveis, vou agora mesmo colocar na minha listinha de desejados!!
    Ótima resenha!!

    beijinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Óláá
    Adorei a resenha e espero ler o livro em breve, já está na estante e com certeza estou com grandes expectativas, que om que gostou tanto assim, já a adoro a autora e nem li nada ainda haha

    Beijoos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Zilda,

    é sério que Anexos roubou o pódio que era de Eleanor & Park? Ai meu Deus, eu amei Eleanor & Park... já sei, já sei que vou amar.... claro que vou foi a Rainbow que escreveu e pqp... eu amo tudo que ela escreve, ela me cativou e... pqp... vou pular a fila e passar pra essa leitura.... preciso loucamente.

    xoxo
    Mila F.
    @camila_marcia
    www.delivroemlivro.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto