|Leituras de Julho| Um mês de amores inesquecíveis e de uma lamentável decepção

terça-feira, agosto 04, 2015


Olá, pessoal!

Hoje é dia de fazermos aquele balanço de tudo que li no mês anterior. Julho foi um mês bem fraco. Normalmente leio entre 8 ou 9 livros livros, mas julho foi um mês magro. Estou até meio desanimada, tendo em vista, que julho era para ter sido um mês produtivo e tal, até porque estive participando da #ALMF2015, mas não rolou. Vários livros foram deixados para trás, outros foram substituídos, enfim, as coisas não saíram bem como eu esperava.

De qualquer maneira não posso lamentar pelo resto da vida, por isso, prefiro guardar uma boa lembrança das boas leituras que fiz ao longo do mês. Ao todo foram 7 livros lidos, incluindo A Ilha de Bowen (livro de booktour). Apesar da quantidade modesta foi um mês muito especial porque pude ler livros que estavam já algum tempo na minha lista de desejados.


Julho foi um mês de descobertas inesquecíveis com o belíssimo Beleza Perdida de Amy Harmon, o maravilhoso Dois garotos se beijando do meu divo David Levithan; com O Homem Perfeito Vanessa Bosso provou que ela sabe muito bem o que significa perfeição, entre outros que deixaram sua marca especial. E, infelizmente, coube ao queridinho John Green levar o troféu "abacaxi literário" porque pelo amor de Deus!!! Cidades de Papel foi o ÓH!

Bem, a maioria dos livros já foram resenhados no blog e, caso você queira tirar a prova dos nove ainda dá tempo de conferir a minha opinião sobre cada um. Por enquanto vamos a um resuminho básico das seguintes leituras:

  

Beleza Perdida - Amy Harmon

Gente! Esse livro é a coisa mais linda! Eu amo livros NewAdult e como fã do gênero eu não poderia deixar de ler esse livro. Beleza Perdida é uma releitura do conto de fadas A bela e a Fera. Esse já seria um bom motivo para despertar a minha curiosidade, mas ao começar a leitura do livro eu já sabia que se tratava de uma história bem diferente. Mesmo com tal referência o livro consegue surpreender o leitor por sua originalidade. Como é de praxe o livro narra a história de dois jovens bem diferentes e que tentam se encaixar dentro de sua comunidade. O casal que protagoniza Beleza Perdida é um daqueles tipos que ficarão para sempre marcados como um dos melhores casais da literatura. A narrativa é simplesmente angustiante. Lindo, sensível, enriquecedor. Vale cada lágrima.
Leia a resenha aqui.



O Homem Perfeito - Vanessa Bosso

Ah!!! Esse livro é muito, muito engraçado, divertido, bem escrito, fofo. Esse foi o primeiro livro a ser lido pela #ALMF2015. Eu o escolhi aleatoriamente, e felizmente, foi uma das melhores leituras do ano. O livro é um chick-lit daqueles bem clichês. Mas é exatamente por esse motivo que ele merece cada uma das estrelas que levou. Vanessa Bosso é muito diva, escreve superbem, brinca com a imaginação do leitor o tempo todo e faz com que desejássemos ser a protagonista Mel, mesmo com todas as confusões em que ela se mete ao longo da narrativa. E o tal homem perfeito; ele é realmente tudo e mais um pouco do que nós desejamos. O Homem Perfeito é o tipo de livro que faz com que seu maxilar fique doendo de tanta risada.
Leia a resenha aqui



Dois Garotos se Beijando - David Levithan 

O que dizer dos livros de David Levithan? Tá bem, vou repetir pela enésima vez. Lindos, intensos, fofos, cheios de mensagens enriquecedoras, etc. São tantas as qualidades de David que fico sem palavras para descrevê-lo. Basta que você tenha a certeza que Dois Garotos se Beijando é mais um daqueles livros que te faz refletir sobre sua conduta moral, ainda que o autor não se utilize de um discurso político para tal. David mais uma vez irá abordar o relacionamento entre jovens que estão se descobrindo. O livro não tem um apelo sexual. Vale lembrar que David faz questão de frisar a importância do amor nas relações e, nesse caso, não foi diferente. Nesse livro, o autor foi ainda mais brilhante por abordar a AIDS de maneira tão sutil e delicada. Como eu sempre digo: Levithan é VIDA. 
Leia a resenha aqui



Cidades de Papel - John Green

No mês do lançamento do filme corri que nem uma louca já que eu ainda não havia lido o livro. Sabe como é; toda aquela euforia que antecede lançamentos e tal, e depositei todas as minhas fichas no livro e... Prefiro deixar meus pensamentos vagarem. Cidades de Papel foi um dos livros mais CHATOS que já li. É sério! Será que eu sofro de algum distúrbio? Por que eu não entendo. O livro é chato, a narrativa é muito elaborada, mas chata, enfadonha. Margo é ridícula e Quentin é um babaca. John Green não é a última Coca Cola do Supermercado. E tenho dito.
Leia a resenha aqui



 

 
O Menino de Vestido - David Walliams

Em O menino de Vestido David Walliams mais uma vez não decepciona. O livro assim como os seus demais livros possuem diversas ilustrações para o deleite do leitor. Nele iremos conhecer a história de um menino de 12 que vive com o irmão mais velho e o pai. Dennis é um menino que gosta de jogar futebol e de colecionar revistas Vogue. Sua fascinação pelo mundo da moda irá levá-lo a muitas confusões. Por se tratar de um livro infantojuvenil o leitor conseguirá captar facilmente a mensagem do autor. É um livro divertido, com uma linguagem de fácil entendimento e recomendado para todas as idades. Este livro foi mais uma leitura da #ALMF2015
Leia a resenha aqui




Mar da Tranquilidade - Katja Millay

Escolhi esse livro para compor a minha lista de leituras para a #ALMF2015. Eu não tinha a menor ideia do que se referia o livro, tendo em vista que costumo ler alguma opinião antes de me aventurar em livros desconhecidos. Foi bom não ter lido nada a seu respeito, pois, assim pude me entregar às cegas para o maravilhoso Josh Bennet e, claro, morrer de inveja de Nastya Kashnikov. Aliás, a parte tenebrosa eu dispenso. Mar da Tranquilidade é um NewAdult TOP . A narrativa é um pouco lenta, mas acredito que esse é um de seus diferenciais. O casal que protagoniza a história vai na contramão daqueles que normalmente vivem se pegando nos livros do gênero. Ponto extra para a autora que soube construir uma história intensa e verdadeira deixando de lado os clichês que assombram esse tipo de narrativa.



A Ilha de Bowen - César Mallorquí

Ler esse livro foi realmente um desafio. Até o momento eu não tinha lido nada sobre ficção científica. Livros de aventura não fazem parte do meu cotidiano e por esse motivo decidi aceitar o convite da Mila do blog De Livro em Livro. A Ilha de Bowen é um livro de aventura narrado no século XX cheio de mistérios e conspirações. O livro recebeu diversos prêmios importantes da literatura e só, por isso, ele já merece nossa atenção. Gostei muito de me aventurar em terras desconhecidas e de conhecer a escrita do autor. O livro é bem grande, mais de 500 páginas, daí você já imagina que a história é bem movimentada.
Leia a resenha aqui



É isso aí, pessoal! Curtiram as minhas leituras? Já leram algum dos livros?
Conta pra gente o que você achou!

Até mais!

Me acompanhe também nas redes sociais: Facebook ♥ Twitter ♥ Instagram ♥ Skoob ♥ Google+


Você também pode gostar

8 comentários

  1. Oi Zilda, td bem?
    Adorei suas leituras! *-* (tbm tenho esse minion, haha)
    Beleza Perdida é o meu SUPER HIPER ULTRA MEGA BLASTER desejado do momento! kkkk Preciso dele na minha vida!
    Mar da tranquilidade é outro que quero muito ler, parece ser muito sensível e bonito.
    "Margo é ridícula e Quentin é um babaca. John Green não é a última Coca Cola do Supermercado. E tenho dito." kkkkkkkk Menina, até hj só li ACEDE e QUEVA do John Green, pois foram os únicos que realmente me interessaram pra ler. Eu gosto muito dele como escritor, mas já tenho meu pé atrás em relação a Cidades de Papel, apesar de ainda querer ler. Vi muuuitas resenhas negativas!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Já li o homem perfeito e adorei a Vanessa arrasa sempre,
    e quero muito ler beleza perdida, muito mesmo,
    e espero gostar bastante

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café

    ResponderExcluir
  3. Também não consegui alcançar minhas metas de julho, Zilda. Mas o que importa é continuar lendo :)
    Vou ler Beleza perdida esse mês, e morro de medo de Cidades de papel por conta desse tipo de comentário. Só que acabo ficando na dúvida, porque adorei o Teorema Katherine...

    Beijos,
    www.naestradadafantasia.com

    ResponderExcluir
  4. Muita gente diz que Cidades de Papel é o melhor do John Green e muita gente diz que é o pior, é muito contraditório, hahah :)) Só assisti ao filme mas gostei bastante ^^
    Beijão!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
  5. Adorei suas leituras!!!

    Só lindezas... desses quero muito ler Dois Garotos Se Beijando. Ainda não li, acredita?

    Bjksssssss

    Lelê

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?! Conheci o blog agora, mas já adorei! Já estou seguindo o blog e curtindo a fan-page. Parabéns :))

    Nossa quantos livros!!! :D
    Quero muito ler ''A Ilha de Bowen'' e ''Beleza Perdida''.
    Abraços do Dan
    •bookdan.blogspot.com
    •facebook.com/leituradan
    •twitter.com/@leitura_dan

    ResponderExcluir
  7. Saudações Zilda! Que bacana! Estou estagnada na leitura, ultimamente é so trabalho, trabalho, trabalho! Beijos e abraços!

    ResponderExcluir
  8. Oi Miga
    Gostei muito de suas leituras!!
    Eu tentei ler cidades de papel, mas a leitura não fluiu e eu até troquei o livro.
    Quero muito ler Dois Garoto se beijando.
    Ai, eu gostei muito de ler Mar da tranquilidade!!

    Super beijo

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto