|Resenha| No Escuro- Julianna Costa @univdoslivros

sexta-feira, dezembro 09, 2016


Samantha tem um problema chamado Arthur. O que é bastante apropriado, já que Arthur tem um problema chamado Samantha. Guiada por um desejo que nunca soube explicar, Samantha desenvolve um plano nem um pouco inocente: visitar um clube erótico, ficar com um desconhecido pensando em Arthur e, com alguma sorte, suavizar o desejo impossível que sente pelo colega. Se ela apenas soubesse quem também frequentava o local, talvez ela não tivesse entrado na sala escura. Talvez não tivesse se envolvido com um desconhecido sem conseguir ver seu rosto. Mas, agora, as luzes se acenderam, e é tarde demais. Foi no escuro que algo começou entre Arthur e Samantha. Resta saber como vai terminar.



Já faz um tempo que eu não lia nenhum livro erótico. Lembro que na época da modinha eu lia praticamente tudo. Estava sempre à procura de novos lançamentos e, com o tempo, aquela vontade foi diminuindo e somente agora, percebo o quanto foi bom ter dado uma pausa nesse tipo de leitura.

Quem acompanha o blog sabe que adoro um livro erótico e não tenho problema algum em assumir isso porque #soudessas e, por favor, vamos superar essa mania de julgar o gosto literário do outro. 

Conheci o livro No Escuro, da escritora Julianna Costa por um acaso enquanto navegava pelo Facebook até, que me deparei com um post da editora Universo dos Livros divulgando o lançamento do livro em questão. A capa me chamou atenção imediatamente e, logo, me vi na Amazon à procura do livro. Baixei o livro no Kindle e comecei a leitura imediatamente e só percebi que já tinha lido o livro inteiro em pouco mais de uma hora. Uau! Que livro delicioso. Que casal mais sexy. Que trama quente, envolvente e deliciosa. Foi bom ficar esse tempo todo longe do gênero para que algo tão incrivelmente bem escrito despertasse o desejo de voltar a ler livros eróticos.

Julianna Costa construiu uma história cheia de desejo completamente viciante. Já virei fã da autora e olha que No Escuro é apenas um conto e por se caracterizar como uma narrativa curta esperamos que ele seja realmente impactante e consiga nos envolver imediatamente.

Gostei da forma como a autora apresentou seus personagens e desenvolveu o relacionamento entre o casal. Eu já não via mais tanta graça em relacionamentos aonde a mulher sempre representava submissão em relação ao homem. Era sempre o homem quem conduzia a relação e fazia da mulher seu objeto de prazer, ainda que entre um livro e outro houvesse alguma variação. 

Em No Escuro, a escritora Julianna Costa nos apresenta Samantha, uma mulher segura, determinada, livre, que sente desejo por Arthur, seu colega de trabalho. 
Samantha nega a atração que sente por Arthur por não concordar com sua conduta no trabalho. Arthur é um cara muito atraente e que têm a fama de se aproveitar das pessoas para conseguir o sucesso em suas campanhas publicitárias. Samantha acredita que ele e sua chefe Diana mantenham algum tipo de relacionamento despertando-lhe inveja e luxúria, obviamente. Samantha precisa tirar Arthur da cabeça e a saída que ela encontra é aceitar o convite de sua amiga Alice para conhecer um clube de swing aonde sua amiga, que é jornalista, pretende fazer um trabalho.

A princípio Samantha não se sente muito à vontade, mas aos poucos ela acaba se deixando levar pelo clima de desejo que envolve o lugar. Excitada, Samantha começa a desbravar as instalações do clube até o momento em que ela descobre uma sala completamente às escuras onde apenas vultos são vistos. Samantha entra na sala completamente envolvida com o desejo que paira no ar e percebe que alguém a aborda oferecendo companhia. Samantha se rende ao desejo e entrega-se ao estranho no escuro, mas algo naquele estranho lhe causava certo desconforto. Ela conhecia aquele cheiro, aquele perfume, ela recordava de algo ou alguém que usava aquele mesmo perfume. E sim, era Arthur que usava aquele mesmo perfume. Pra piorar a situação no momento do sexo Samantha confidenciou ao homem que tinha o desejo de chamá-lo de Arthur. 

Bem, pensem numa coincidência absurda, então, Samantha e Arthur se encontram num clube de sexo sem ter a menor ideia de quem são. Mas ao tomarem conhecimento daquela situação absurda eles terão que lidar com a situação já que eles são colegas de trabalho. A partir daí, acompanharemos como Samantha e Arthur irão lidar com toda a situação já que o encontro às escuras revelou muito mais que eles pudessem imaginar. 

Adorei o conto e só percebi que se tratava de um só depois que terminei a leitura, já que tinha devorado a história em pouco mais de uma hora. A minha vontade e empolgação era tanta que eu nem percebi a palavra conto em destaque na capa. Eu só sabia que tinha que ler, o quanto antes..haha... #aloucadesesperada

Fiquei chateada porque eu queria mais,queria muito mais de Arthur. Que personagem mais delicioso. Me apaixonei por ele já nos primeiros parágrafos. Gostei da forma como a autora o construiu. É comum encontrarmos personagens masculinos que buscam apenas o seu próprio prazer. Normalmente são másculos, viris, destemidos. Acabam por se tornar caricatos, esteritipados. Eu queria algo mais próximo da realidade, homens que se mostrassem frágeis e, foi exatamente isso que encontrei em Arthur, por isso fiquei tão encantada com o personagem. 

Samantha também é maravilhosa; uma mulher sexy, bem resolvida que não esconde seus desejos. Gostei de ver a mulher na posição de comando. É Samantha quem domina e isso fez toda a diferença na história porque, caso fosse diferente, seria só mais uma história sobre sexo. Estou tão acostumada a ler livros do gênero exageradamente clichês, beirando ao ridículo que fiquei extremamente encantada com a forma que Julianna construiu sua história.

No Escuro é um conto sobre duas pessoas que cruzam a linha tênue que separa o amor e o ódio. pessoas que se sentem atraídas e que se entregam ao desejo sem pudor. Uma história deliciosamente envolvente capaz de despertar a imaginação dos leitores mais criativos. A partir de agora quero conhecer todos os livros da autora e já tratei de buscar na Amazon seus demais trabalhos.

Recomendo a leitura a todos e, principalmente, àqueles que ainda não tiveram a oportunidade de ler nada do gênero. Julianna Costa provou que entende do riscado e que deixa muito escritor(a) gringo(a) no chinelo. Divou completamente e tornou-se minha autora nacional favorita do gênero. 



Me acompanhe também nas redes sociais: 
Facebook ♥ Twitter ♥ Instagram ♥ Skoob ♥ Google+


Sobre a autora

Julianna Costa nasceu em 06 de maio, em Recife. Em 2011, aos 22 anos publicou seu romance de estréia: "Agnus Dei". O primeiro livro da série "A Idade do Sangue".
Em 2014, lançou o romance erótico "23 Noites de Prazer" pela editora Universo dos Livros.



Título: No Escuro
Autora: Juliana Costa 
Lançamento: 2016
Onde comprar: Amazon

Você também pode gostar

0 comentários

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto