|Resenha| Meu Coração & Outros Buracos Negros - Jasmine Warga @editorarocco

quinta-feira, janeiro 05, 2017



Um tema amargo, mas necessário. Em Meu coração e outros buracos negros, a estreante Jasmine Warga apresenta aos leitores um romance adolescente que aborda, de forma aberta, honesta e emocionante, o suicídio. Aysel, a protagonista, enfrenta problemas com a família e os colegas de escola, como tantos jovens por aí, e, aos 16 anos, planeja acabar com a própria vida. Mas quando ela conhece Roman num site de suicídio, em busca de um cúmplice que a ajude a planejar a própria morte, num pacto desesperado, a vida dos dois literalmente vira de cabeça para baixo. Aos poucos, Aysel percebe que seu coração ainda é capaz de bater alegremente. E ela precisará lutar por sua vida, pela vida de Roman e pelo amor que os une, antes que seja tarde.



Tenho uma queda por livros que abordam temas difíceis de serem discutidos. Até pouco tempo atrás não víamos com tanta frequência livros com essa temática. Hoje, felizmente, não faltam opções para que possamos falar sobre o assunto. Quando decidi ler Meu Coração & Outros Buracos Negros eu não tinha a menor ideia do que me aguardava, pois eu não havia procurado tantas informações a seu respeito. Já me bastavam a belíssima capa e o breve resumo da obra apresentados na sinopse do livro. 

Bem, não sei como definir o que estou sentindo após concluir essa leitura. Só me lembro de me sentir desse jeito quando li Por Lugares Incríveis (livro favorito da vida já resenhado aqui no blog). Notei algumas semelhanças que me fizeram ficar com um pé muito atrás, confesso; contudo ao longo da leitura fui percebendo que a única coisa que ambos tinham em comum era o fato de explorarem a depressão e o suicídio como tema principal.

Primeiramente gostaria de esclarecer que não devemos fazer qualquer tipo de comparação precipitada em relação aos dois livros porque o que os diferencia é a maneira como cada uma das autoras decidiu abordar o tema. Uma das coisas mais difíceis é discorrer sobre o assunto sem deixar transparecer superficialidade. Fico feliz em dizer que Jasmine Warga soube conduzir sua história com tamanha sensibilidade para tornar de Meu Coração & Outros Buracos Negros um dos melhores livros YA que li durante o ano de 2016. MC&OBN é um livro singelo, apesar do tema profundamente doloroso.

Aysel é uma garota adorável, perspicaz e inteligente, mas infelizmente ela não se enxerga dessa maneira. Aysel se sente muito infeliz e sozinha, ainda que sua mãe e seus irmãos estejam sempre por perto. O grande dilema de Aysel é conseguir levar uma vida normal, contudo desde que seu pai cometera um crime terrível ela jamais conseguira se recuperar. Passados três anos, Aysel carrega uma culpa que a impede de seguir adiante. 

"Aposto que, se cortassem minha barriga, a grande lesma preta da depressão sairia rastejando. Orientadores pedagógicos amam dizer: "Pensamento positivo!", mas é impossível quando se tem essa coisa lá dentro, sufocando cada centímetro de felicidade que se pode juntar. Meu corpo é uma máquina eficiente de matar pensamentos felizes."
Todos na escola a desprezam, sua mãe não sabe como lidar com a situação, sem contar que Aysel e sua meia-irmã não se bicam. Cansada de ser um “estorvo” para a família Aysel decide dar um fim à sua vida e acaba descobrindo um site aonde pessoas que desejam se suicidar procuram por parceiros de suicídio. A ideia é um tanto louca, mas essa é a única maneira que Aysel encontra para que seu plano seja concretizado.

"O problema do suicídio, que a maioria das pessoas não percebe, é ser algo realmente difícil de concretizar. Eu sei, eu sei. As pessoas sempre ficam de mimimi dizendo que "o suicídio é uma saída covarde". E acho que é mesmo...quer dizer, estou desistindo, me rendendo. Fugindo do buraco negro que é meu futuro, me impedindo de crescer e virar a pessoa que tenho pavor de me tornar. Mas o fato de ser uma saída covarde não garante que vá ser fácil."
O Passagens Tranquilas é um site para pessoas que querem morrer. É lá que Aysel conhecem Roman, ou melhor, Robô Congelado, o perfil de Roman no site.
Assim como Aysel, Roman carrega uma dor e tristeza profunda por conta de algo terrível que acontecera anos atrás. Roman passou por um trauma terrível que o tornou um garoto triste e depressivo. Ele também busca por uma parceira de suicídio para dar fim a dor que sente. A partir do momento que Aysel e Roman começam a trocar mensagens a vida ou "morte" de ambos já está traçada e o leitor têm que se preparar para o que vêm a seguir.

(...) Se eu tivesse um namorado, seu nome seria Suicídio. E tenho certeza de que Roman também está apaixonado por ele. É como um triângulo amoroso que dá errado. Ou talvez seja um triângulo amoroso que vai dar certo: nós dois vamos ficar com o cara em sete de abril.
Achei muito interessante a apresentação dos capítulos. É como uma contagem regressiva. A cada capítulo vamos nos aproximando do dia em que Roman escolheu para o suicídio: 7 de abril. Isso é muito angustiante porque passamos a nutrir uma empatia pelos personagens, principalmente por Aysel. Ainda que ela esteja decidida a cometer tamanha insanidade conseguimos identificar uma luz bem lá no fundo. O problema é que a escuridão já tomou conta do coração de Roman. 

Já li alguns livros que falam sobre suicídio, mas até agora, não havia lido nada tão real, tao sólido, tão visceral. Meu Coração & Outros Buracos Negros é um livro extramente melancólico, profundo que deixa um buraco enorme no peito. Jasmine Warga soube conduzir com sensibilidade uma história muito forte que disserta sobre as dores da alma daqueles que sofrem de depressão. É um livro que serve de alerta, que nos ensina a lidar com a dor do outro. Por diversos motivos tantos jovens já passaram por situações semelhantes e sempre que algo terrível acontece, ficamos a nos questionar o que os levou a cometer tamanho desatino. 

"Depressão é como um peso de que não se pode escapar. Ela esmaga você, faz até as menores coisas, tipo amarrar os tênis ou mastigar uma torrada, parecerem uma corrida de trinta quilômetros montanha acima. A depressão faz parte de você; está nos ossos e no sangue. Se sei alguma coisa sobre isso, é o seguinte: é impossível escapar."
Meu Coração e Outros Buracos Negros é uma obra-prima, um livro que todo mundo deveria ler. A capa é belíssima e traduz perfeitamente a ideia que o livro deseja transmitir. O contraste do fundo branco com as letras escuras, a cor preta representando a lesma preta (a depressão). Seria uma dicotomia entre a luz e a escuridão? O bem e o mal? A alegria a tristeza? 

Aysel e Roman são adoráveis, mas os personagens secundários também merecem o destaque. A mãe de Roman, por exemplo, é uma fofa. Foi difícil não sentir ódio de Roman por causa do seu egoísmo. A coitada percebia que o filho não estava bem, mas estava sempre a postos, sempre carinhosa, solícita, preocupada com o comportamento apático do filho. Agora, não podemos dizer o mesmo da mãe de Aysel que não parecia se preocupar muito com a solidão da filha. Jasmine Warga fez disso um gancho muito importante para que pudéssemos reconhecer a diferença entre o posicionamento de ambas as famílias. A participação de Georgia, a meia-irmã de Aysel é de suma importância, assim como a de seu meio-irmão Mike, um garotinho de apenas 10 anos sensível e muito esperto.


Essa foi umas daquelas leituras que devorei em poucas horas, mas confesso que quanto mais eu lia, mas eu desejava que a história se arrastasse. Eu não queria me separar de Aysel e Roman. Eu só queria poder abraçá-los, dizer que tudo ficaria bem. Ao término da leitura ficou um vazio enorme. A sensação de havia algo mais a ser dito, talvez porque a autora deu uma acelerada nas coisas, mas nada que prejudicasse o enredo como um todo. Recomendo a leitura a todos que curtam histórias reflexivas e profundamente dramáticas.

Estejam preparados para fortes emoções. 


Me acompanhe também nas redes sociais: 
Facebook ♥ Twitter ♥ Instagram ♥ Skoob ♥ Google+





Título: Meu Coração & Outros Buracos Negros
Autora: Jasmine Warga
Editora: Rocco
Selo: Jovens Leitores
Páginas: 312
Skoob

Você também pode gostar

0 comentários

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto