NETFLIX BOOK TAG

segunda-feira, abril 10, 2017


Oi, todo mundo! Tudo bem com vocês? 

Hoje estou aqui para responder a Netflix Book Tag que consiste relacionar itens da Netflix com livros. A tag foi criada pela A Darker Shade Of Whitney Conheci a tag através do canal Minha Vida Literária da Aione. Adorei a proposta da tag já que amo Netflix e livros. Vamos às perguntas?


1. Recentemente assistidos: o último livro que você terminou de ler.

O último livro que li foi Amor de Puta, do autor Ricardo Daumas. Foi um livro que me surpreendeu bastante. Iniciei a leitura com os dois pés atrás, confesso. O título foi o que mais chamou a atenção. Foi por esse motivo que resolvi aceitar o convite para resenhá-lo. É um livro com uma história relativamente simples, mas que desperta inúmeros questionamentos e reflexões ao longo de sua leitura. 


Neste livro, Ricardo Daumas traz a história de João Mauricio, executivo de um banco, que é transferido do Rio de Janeiro para São Paulo. Logo estabelece uma conexão com a bela vizinha Celeste, que descobre ser garota de programa. Esta obra é sobre diferentes tipos de amor e também sobre a reconstrução da vida escrito por um autor, que assim como o personagem, se mudou da cidade carioca para a paulistana.
Nunca imaginei que pudesse gostar tanto da história e recomendo a leitura a todos. Logo, teremos resenha dele no blog.


2. Principais escolhas para você: um livro recomendado a você baseado em suas leituras anteriores. 


Desde que li Meu coração & outros buracos negros (Top dos tops - confira a resenha aqui) da autora Jasmine Warga só quero ler livros que abordem questões como depressão e suicídio. Comprei o livro no site da Amazon, logo, vários livros com temáticas semelhantes foram recomendados. Muitos eu já havia lido, eram poucos que eu não conhecia, era o caso do livro  O último Adeus publicado peal Darkside Books. Está aqui na fila de leituras aguardando sua vez. Vejo todo mundo falando superbem dele e não vejo a hora de me render aos seus encantos. Li que é um livro destruidor, daqueles que arrancam nosso coração com a foice, de uma vez só. Estou muito ansiosa.

3. Adicionados Recentemente: o último livro que você comprou.

O último livro físico que comprei foi Quando finalmente voltará a ser como nunca foi do autor Joachim Meyerhoff. Quando eu dei de cara com esse livro na Livraria Nobel eu me apaixonei. Achei a capa tão linda e a sinopse tão intrigante que não pensei duas vezes. E olha que, eu nunca tinha ouvido falar no livro e nem tinha lido nada a respeito. Comprei no escuro. Ele está na minha lista de leituras do mês.


Comprei também um monte de e-books na última promoção da Amazon. Os livros estavam com descontos de até 80%. A louca dos e-books atacou novamente e não perdeu tempo. Comprei Deep, Pequenas Grandes Mentiras, Aconteceu naquele verão, Sempre fui Sua, O mundo pós-aniversário; todos desejados já algum tempo. 


4. Em alta: livros que todo mundo conhece (2 que você leu e 2 que você quer ou não ler).

Os dois livros que eu li e todo mundo conhece (ou pelo menos deveria) são Extraordinário  da R.J. Palacio e Como eu era antes de você da Jojo Moyes. Pelo menos metade da população da Terra já leu, mas se por algum motivo você ainda não faz parte dessa estatística, filho do céu, leia-os, pra ontem.  

Extraordinário vai virar filme esse ano, então, não dá pra ficar dormindo no ponto né?! É um dos livros mais lindos e tocantes que já li na minha vida. É uma história emocionante sobre um menino que possui uma deficiência, mais precisamente, o rosto deformado. O livro é narrado por Auggie, uma criança que sofre horrores por causa de sua aparência. É um livro doce e muito emocionante. Em tempos de tanta discriminação, intolerância, bullying entre tantos outros assuntos sérios nunca uma leitura foi tão necessária. Esse livro é um tiro na cara da sociedade. Leiam!!Leiam! Leiam!


Outro livro hypado e que todo mundo já leu ou pelo menos assistiu a adaptação foi Como eu era antes de você (resenha aqui). Eu amo essa história. Foi meu primeiro contato com a autora, mas confesso que esse não é o meu preferido. Meu favorito é A garota que você deixou pra trás. 
Quem conhece o estilo da autora sabe que ela abusa do drama e, talvez, seja esse o motivo que me faça desejar tanto os seus livros. Eu lembro que assim que o filme foi lançado eu fiquei desesperada para assisti-lo no cinema, mas por algum motivo, isso não foi possível. Passado todo o burburinho da estreia decidi conferir o bendito e puts! Que filme bosta, que adaptação meia boca. 
Eu sei que provavelmente você já ouviu um monte de gente dizendo que prefere o livro ao filme. Eu não sou dessas, mas nesse caso, cacete! Eu fiquei frustrada. O livro é infinitamente mais profundo, mais denso, mais tudo. Sei que tem aquela história de ter que adaptar uma história pra um tempo menor e tal, mas o fato é que eles cagaram com tudo. A única coisa boa do filme são os atores e suas interpretações. A trama possui cortes estranhos, sei lá. Leiam o livro!

Agora 2 livros que eu quero ou não ler

O primeiro que quero ler é Os 13 Porquês, do autor Jay Asher. Por causa de todo o burburinho causado pela estreia da série no Netflix eu PRECISO ler esse livro, apesar de já ter assistido a série e saber exatamente como essa história DEVASTADORA termina. De qualquer maneira quero comparar o livro com a série. Gente, a serie é muito FODA e merece toda a repercussão. 


Outro livro que quero muito ler é GirlBoss, da Sophia Amoruso. O livro também vai virar série e será lançada ainda no final desse mês na Netflix. 


Sophia Amoruso passou a adolescência viajando de carona, furtando em lojas e revirando caçambas de lixo. Aos 22 anos ela havia se conformado em ter um emprego, mas ainda estava sem grana, sem rumo e fazendo um trabalho medíocre que assumiu por causa do seguro-saúde. Foi aí que Sophia decidiu começar a vender roupas de brechó no eBay. Oito anos depois, ela é a fundadora, CEO e diretora criativa da Nasty Gal, uma loja virtual de mais de 100 milhões de dólares, com mais de 350 funcionários. Além da história de Sophia, o livro cobre vários outros assuntos e prova que ser bem-sucedido não tem nada a ver com a sua popularidade; o sucesso tem mais a ver com confiar nos seus instintos e seguir a sua intuição. Uma história inspiradora para qualquer pessoa em busca do seu próprio caminho para o sucesso.

Já vi um monte de gente falando superbem da história e, por conta disso, gostaria de conhecer o livro antes de assistir a série. Só não sei se vai rolar comprar tanto Os 13 Porquês quanto GirlBoss já que ambos estão com o preço nas alturas. Nem o e-book tá valendo a pena. Por essas e outras que acabo sempre assistindo aos filmes e séries antes de ler o livro. É um mal necessário.


5. Comédias: um livro engraçado.


Eu adoro esse gênero. Já li vários livros que me fizeram rir muito, mas o último que li e foi bem marcante foi À Procura de Alguém, da autora Jennifer Probst. Gente, como esse livro é engraçado e fofo e maravilhoso! Conheci o livro através de uma indicação da Pah do Livros e Fuxicos. Eu amei demais e não vejo a hora de ler o segundo volume da série. As histórias são independentes e isso facilita muito, já que não é necessário ler o primeiro para curtir a leitura dos demais. 

Aos 28 anos, Kate está longe de ter conhecido alguém especial com quem dividir a sua vida. Sua carreira de cupido profissional, por outro lado, vai de vento em popa: todos na pequena cidade de Verily, Nova Iorque, conhecem e admiram a Kinnections, agência de relacionamentos que Kate fundou com suas duas melhores amigas. Até que, um dia, um homem tão lindo quanto furioso entra em sua sala. Slade Montgomery é um advogado de divórcios que não acredita em finais felizes e muito menos em agências de relacionamentos. Para ele, a Kinnections é uma grande farsa, criada para ludibriar pessoas frágeis e ingênuas, como sua irmã. Agora, é uma questão de honra: Kate não vai medir esforços para provar a Slade que seus talentos são legítimos e suas intenções nobres, nem que para isso precise encontrar a namorada ideal para ele. Mas um simples toque vai fazer com que essa tarefa se torne muito mais difícil do que ela poderia conceber...
Confira a resenha aqui


6. Dramas: um personagem que seja muito dramático. 



Puts, dramático? Eu amo histórias dramáticas, mas odeio personagens dramáticos. Dá pra entender? Não tenho saco pra muito mimimi, mas não dá pra gostar de drama sem ter que aturar um personagem resmungão ou mimado né? A criatura mais insuportável dos últimos tempos por ser tão dramática foi Margo de Cidades de Papel. Ôh, garota mais chata! Aliás, esse livro é todo chato. Eu fiquei tão puta com essa história que na época tive vontade de colocar fogo no livro tamanha minha revolta. Enquanto todo mundo falava que A culpa das estrelas era lindo e tal, decidi nadar contra a maré e conhecer a escrita do tio John através de outro livro e foi um desastre. Meu trauma foi tão grande que nunca mais li nada do autor e não sei se darei uma segunda chance a ele. Me julguem!
Confira a resenha aqui


7. Animações: um livro com desenhos na capa.

Eu tenho alguns livros com ilustrações belíssimas e muitos estão entre meus favoritos. É o caso dos livros da Rainbow Rowell. Amo Eleanor & Park (acho que já o mencionei aqui..rs), Fangirl, Anexos, Ligações. 


Outra capa linda que tem um lugar especial no meu coração é A máquina de contar histórias do autor Maurício Gomyde. Acompanho o trabalho do autor há muito tempo, desde quando ele ainda publicava seus livros de forma independente. Adoro todas suas capas, mas essa é a minha favorita. Confira a resenha aqui



8. Assistir novamente: um livro ou série que você deseja reler.


Não sou de reler livros, mas se hoje, tivesse que reler algum livro seria Belo Desastre, da autora Jamie McGuire. Esse foi o primeiro livro new adult que li e, desde então, não parei mais de ler livros do gênero. Seria maravilhoso relembrar Travis Maddox, o melhor badboy da literatura (sem discussões porque a fanática aqui não aceita objeções..hahaha). 
Confira a resenha aqui


9. Documentários: um livro de não-ficção que você recomenda a todos.

Não tenho o costume de ler livros do gênero. Quero recomendar um livro que está na minha lista de desejados na verdade. 


Em Para poder viver, a jovem narra em primeira pessoa a peregrinação dela e de sua irmã mais velha para sair do país após o pai ter sido preso por autoridades coreanas. Em uma prosa marcada pela urgência e pela vontade que o mundo saiba as condições que seu país se encontra, Yeonmi, que hoje vive em Nova York, conta como sobreviveu à fome, às doenças e ao governo opressor e impiedoso da Coreia do Norte.


10. Ação e Aventura: um livro cheio de ação.


Aff..escolha difícil essa viu! Não gosto de livros do tipo, mas o último que li foi O Chamado do Cuco que, nem dá pra dizer que tem tanta ação e aventura, mas durante a trama rolam algumas situações que aceleram um pouco o ritmo da leitura. Apesar de não curtir muito o gênero eu gostei bastante desse livro. Foi uma experiência bem legal. Foi o primeiro livro que li da autora (Ooohhh! Eu não li Harry Potter, me julguem) e também não tenho interesse. Confira a resenha aqui


11. Novos lançamentos: um livro que acabou de ser lançado ou que está próximo de ser e que você não vê a hora de ler.

Eu quero muito ler À Procura do Par Perfeito. Eu já o mencionei aqui no post. Faz pouco tempo que li À Procura de Alguém e fiquei apaixonada pela escrita da autora. Eu tô louca para devorá-lo. Mas não é só esse lançamento que está tirando o meu sono. 
Também PRECISO ler A guerra que salvou a minha vida, recentemente lançado pela Darkside Books. Não preciso nem dizer mais nada né? Tá todo mundo lendo, falando, ostentando esse livro nas redes e eu aqui, sofrendo copiosamente por não ter dinheiro para comprá-lo. Aliás, o livro tá os olhos da cara. Assim fica difícil.



É isso, meu povo. Adorei responder a tag e indico a todos que queiram respondê-la. Espero que tenham curtido as minhas respostas. Não esqueçam de comentar hein!
Bjs!

Você também pode gostar

1 comentários

  1. Adorei a tag e suas respostas, tem muitos livros aí que eu quero muuuito ler. Como Girlboss e A Guerra que salvou minha vida.
    Os 13 Porquês é incrível mas ainda não consegui terminar de ver, pareço o Clay escutando as fitas, hahah Vejo um episódio a cada dois dias mais ou menos...
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Sua participação é muito importante.

SIGA-ME NO INSTAGRAM: @zildapeixoto